Enxaqueca, dor de cabeça: qual a diferença?

Enxaqueca também é uma dor de cabeça. Mas por que ela é tratada de forma diferente das demais dores de cabeça? Quais a diferenças?

3,000 views   |   89 shares
  • Não existe nada mais desagradável que sentir dor, ainda mais sendo dor de cabeça. Parece que todo o corpo fica mal junto, o dia fica ruim e não importa onde estamos, se sentirmos dor, acaba com tudo: passeios, conversas, jantares, ritmo de trabalho, etc.

  • Mas qual a diferença entre uma dor de cabeça comum com a enxaqueca? Existe realmente alguma diferença entre elas?

  • Leia: Dor crônica, o que é e o que fazer

  • Vamos então aos pontos relevantes

  • Se você sente qualquer tipo de dor, significa que algo não está normal em seu organismo. Não se alarme! Na maioria das vezes não é nada de grave, apenas alguma situação que precise de cuidado específico.

  • Referente à dor de cabeça em si, existem inúmeras situações que a disparam: sinusite, rinite, problemas no fígado, estresse, tensão muscular, falta ou excesso de sono, mudanças climáticas bruscas, algumas doenças (como dengue, por exemplo) e até mesmo causas alimentares (que pode ser desde intoxicação alimentar até mesmo a certo grau de intolerância a determinado alimento).

  • No caso da enxaqueca, ela não é o sintoma de uma outra doença, ela é a própria doença - costuma ser latejante e atingir um dos lados, varia de intensidade média a forte, e luzes, claridades e movimentos tendem a piorar a dor. A única forma de diagnóstico é uma conversa com seu médico, que irá analisar suas condições através de entrevistas para descobrir se não é um sintoma de fato.

  • Diagnóstico

  • Não existem exames laboratoriais para se diagnosticar uma enxaqueca, durante a análise também pode-se chegar às causas que levaram a desenvolver a enxaqueca (ou a dor de cabeça) e quais as melhores formas de tratamento a serem adotadas para lhe ajudar com seu problema. Por isso a consulta médica é primordial para que seja diagnosticado de maneira correta, e, a total honestidade do paciente é fundamental para que o médico o auxilie de maneira apropriada.

  • Leia: 10 tipos de dores no corpo que o médico precisa saber

  • Tenha sempre em mente o mais importante: jamais se automedique. Mesmo que a dor seja grande, a automedicação pode ser perigosa e até mesmo agravar a dor, dependendo do caso. E, sempre procure um médico quando aparecer qualquer sintoma.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Mayara Taguti é graduada em Direito pela Anhanguera Educadional, ama livros, música e cinema. É Assistente Jurídico em um Escritório de Advocacia, professora de inglês básico para alunos de todas as idades e ama o que faz.

Enxaqueca, dor de cabeça: qual a diferença?

Enxaqueca também é uma dor de cabeça. Mas por que ela é tratada de forma diferente das demais dores de cabeça? Quais a diferenças?
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr