7 coisas que você nunca deve fazer com raiva

Quando você está surtando de raiva, tarefas rotineiras podem acabar transformando-se em um verdadeiro desastre. Aprenda como evitar que isso aconteça.

4,264 views   |   47 shares
  • Envolver-se em uma discussão acalorada não irá apenas lhe deixar de mau humor. Isso também pode vir a comprometer sua capacidade de realizar tarefas simples do dia a dia – e até a colocar em risco as pessoas a sua volta.

  • Aqui, separamos uma lista de 7 coisas que você nunca deve fazer enquanto estiver sob a influência da raiva.

  • 1. Você não deve dormir

  • Ir dormir pode reforçar ou "conservar" as emoções negativas, sugere um estudo do Journal of Neuroscience, que descobriu que o sono preserva melhor as memórias emocionais. Esse estudo verificou que o sono ajuda a processar e consolidar as informações adquiridas enquanto estamos acordados, segundo afirma o neurologista Dr. Allen Towfigh, de Nova York. Então, ir para a cama logo após uma discussão provavelmente fará com que a experiência seja consolidada de forma mais eficaz. O ideal, segundo o Dr. Allen, seria permanecer acordado por um período de oito horas.

  • Leia: 3 lições para destruir sua vida até morrer de raiva

  • 2. Você não deve dirigir

  • Conduzir um veículo motorizado enquanto estiver furioso pode ser muito perigoso. Quando você está com raiva, seu corpo se prepara para um possível ataque, afirma o Dr. David Narang, PhD, psicólogo clínico em Santa Monica, Califórnia. Além disso, a raiva dá a uma pessoa visão de túnel - você enxerga em frente, mas não consegue ver, com sua visão periférica, uma pessoa ou outro carro atravessando a rua. Se você tiver que dirigir enquanto estiver com raiva, o Dr. David sugere abrir bem os olhos e propositadamente olhar ao seu redor para evitar essa "visão de túnel".

  • 3. Você não deve comer

  • Tentar aliviar a raiva com comida pode não ser uma boa ideia. Segundo a Dra. Kathy Gruver, PhD, "quando estamos com raiva, muitas vezes fazemos escolhas alimentares pouco saudáveis", diz ela. A verdade é que ninguém pensa em afogar as mágoas comendo um prato de brócolis. As pessoas geralmente caem de boca em alimentos com alto teor de açúcar, gordura e carboidratos. Além disso, nesse estado de emoções alterado, no qual o corpo pensa que está em perigo, a digestão não funciona de maneira correta. O que pode resultar em prisão de ventre ou diarreia.

  • Leia: 8 dicas para substituir um semblante carrancudo por um sorridente

  • Advertisement
  • 4. Você não deve postar no Facebook

  • Transmitir seus sentimentos de raiva para seus amigos e familiares no Facebook ou outras redes sociais pode lhe levar a um constrangimento desnecessário. Além do que, mesmo que você venha a se arrepender e remover a postagem, as consequências desse ato impensado podem ser irreversíveis. A mesma regra se aplica ao envio de e-mails ou mensagens de texto pelo celular.

  • 5. Você não deve ingerir bebidas alcoólicas

  • Tomar um copo de vinho para se acalmar depois de uma discussão, trará justamente o efeito contrário, afirma o Dr. David Narang. "O álcool faz com que seja mais provável você externar sua raiva porque remove controle dos impulsos." O álcool reduz a inibição, pois atua principalmente nos lobos frontais do cérebro, que são responsáveis ​​por controlar os impulsos que nos impelem a prejudicar os outros ou a nós mesmos. A falta desse controle pode levar a estragos mais permanentes ao fazer coisas que você irá se arrepender mais tarde.

  • 6. Você não deve ignorar sua pressão arterial

  • O risco de um ataque cardíaco nas duas horas seguintes a uma explosão de raiva, especialmente entre pacientes que já sofreram ataques cardíacos anteriormente, aumenta quase cinco vezes. "Se você está propenso a ter pressão arterial elevada, uma das coisas mais inteligentes a se fazer quando está com raiva é verificar isso", afirma Dr. Bradley Bale, MD. "Indivíduos que ficam irritados devem saber como sua pressão arterial responde. Se ela aumenta, eles precisam trabalhar diligentemente para administrar sua raiva com exercício, melhora do sono, e técnicas de biofeedback."

  • 7. Você não deve rebater

  • Pensar obsessivamente em como você foi lesado ou injustiçado por outra pessoa não resolve nada. Se estiver na mira da raiva de alguém, você pode ser capaz de acalmá-lo, em primeiro lugar mantendo sua própria calma. Comece a falar com a pessoa de uma maneira que corresponda o seu nível de emoção e então, gradualmente, ela irá tornar-se mais calma e mais estável.

  • Leia: Quem fica bravo perde: 5 conselhos para resolver conflitos em casal

  • Ceder à emoção da raiva e agir precipitadamente nunca é uma boa ideia. Se no momento da discussão você perceber que não tem condições de se manter calmo, simplesmente se afaste e vá a algum lugar onde pode ficar sozinho por alguns minutos.

  • Advertisement
  • Com a cabeça fria com certeza conseguirá ver mais claramente a melhor saída para o conflito em questão.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Marilia Condé Aguilar é advogada, escritora, esposa e mãe. Adora pesquisar e está sempre em busca de soluções práticas para ajudá-la a equilibrar suas responsabilidades familiares e profissionais.

Website: http://lar-umpedacinhodoceu.blogspot.com.br/

7 coisas que você nunca deve fazer com raiva

Quando você está surtando de raiva, tarefas rotineiras podem acabar transformando-se em um verdadeiro desastre. Aprenda como evitar que isso aconteça.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr