6 dicas para aliviar o enjoo matinal na gravidez

O mal-estar dos primeiros meses de gestação pode ser amenizado com atitudes simples, como um biscoito salgado pela manhã. Veja aqui outras ideias.

4,164 views   |   40 shares
  • O primeiro trimestre da gravidez normalmente é marcado por muito enjoo além da emoção de saber que um bebezinho está a caminho. Na minha primeira gestação, antes mesmo de saber da gravidez, acordava todos os dias pela manhã e tinha a sensação que a minha cama e eu tínhamos caído dentro de um buraco. Abria os olhos e, mesmo antes de levantar, a impressão de que iria cair era muito real. Dizia para o meu marido "tenho que ir ao médico porque acho que estou com labirintite". E foi assim até o quarto mês, quando todo o mal-estar se transformou numa fome incontrolável.

  • Leia mais: 10 sintomas certeiros da gravidez

  • Depois desse período, os enjoos apareciam esporadicamente. Mas, então, eu já sabia o que fazer para não me sentir tão mal.

    1. Comia algo salgado logo que levantava. Normalmente meu marido me dava alguns biscoitos de água e sal ou torradinhas para comer. Funcionava muito bem. Comia alguma coisa também antes de tomar banho, pois o calor do banheiro fazia a minha pressão cair e eu me sentia muito mal. Os banhos de um minuto e meio já começaram, para mim, na gestação, não só depois que o meu bebê nasceu.

    2. Alimentava-me a cada três horas. Se ficasse com fome eu iria passar mal, com toda certeza, inclusive com cenas de desmaio para deixar a coisa bem dramática.

    3. Bebia suco de limão. Eu amo suco de limão. Fiz um estoque na minha casa. Uma água geladinha também caia bem. Mas não junto com as refeições. Porque, se não, acontecia o inverso.

    4. Comida com muita gordura ou fritura era uma sentença certeira para o enjoo. Especialistas dizem que comida picante também influencia no mal-estar. Então, se você gosta, é bom dar uma parada, pelo menos no início da gestação.

    5. Em qualquer horário do dia, não deite depois de comer. É tentador e o sono é implacável, mas não deite pelo menos 30 minutos depois da refeição. Além do enjoo você pode ter refluxo.

    6. Escovar os dentes com mais frequência também ajudava a "esquecer" a última refeição.

  • Se você tem muito enjoo converse com o seu médico. Talvez você possa estar desenvolvendo uma forma anormal que se chama hiperêmese gravídica. Aquela doença famosa desde 2012 depois que a duquesa da Inglaterra, Kate Middleton, ficou grávida de seu primeiro filho. Nesse estado a gestante não consegue ingerir comida ou líquido o que pode levá-la a perda de peso e desidratação. Normalmente nesses casos a mulher precisa ser internada em um hospital para receber nutrientes por meio de soro.

  • Advertisement
  • Mas se você tem os enjoos normais de uma gravidez, saiba que um estudo realizado entre 1992 e 2012, pelo Hospital para Crianças Doentes em Toronto, no Canadá, revelou que os enjoos matinais estão associados a mulheres que tiveram menos abortos espontâneos, com bebês que nasceram maiores e mais saudáveis, além de um menor índice de crianças com alguma deficiência. Os bebês dessas mães também apresentaram um bom desenvolvimento. Então, diante do resultado desse estudo, desejo que os enjoos matinais estejam presentes todos os dias e que o suco de limão seja um companheiro forte e implacável nas 42 semanas de gestação de toda mulher.

  • Leia também: Como se manter ativa durante a gravidez

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Caroline é uma jornalista catarinense que optou por ser mãe em tempo integral depois do nascimento dos filhos. Ama escrever e ainda acredita que pode mudar o mundo com isso.

6 dicas para aliviar o enjoo matinal na gravidez

O mal-estar dos primeiros meses de gestação pode ser amenizado com atitudes simples, como um biscoito salgado pela manhã. Veja aqui outras ideias.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr