Devo confessar que fui infiel?

Todos estamos sujeitos a erros. Mas, e na hora de reparar? Confessar é a melhor saída?

4,404 views   |   27 shares
  • André era um homem trabalhador, dedicado à família, caseiro e amava profundamente Clarice, aquela que era sua esposa há 16 anos. Sua única diversão era jogar uma pelada com os amigos nas noites de quarta-feira e sair com Clarice e os três filhos nos fins de semana.

  • Com a chegada do quarto filho, a situação ficou difícil e André precisou fazer horas extras no trabalho para pagar as contas e prover para sua família. Assim como ele, havia uma colega de trabalho que enfrentava problemas financeiros graves e também precisava fazer horas extras.

  • Marina tinha muitos problemas em casa, tanto financeiros quanto no relacionamento. Seu marido era um homem agressivo. E vez ou outra, André a via com os olhos vermelhos por ter chorado. Naquelas noites trabalhando até tarde, fizeram uma boa amizade. André, como tinha um ótimo casamento, pensou em dar alguns conselhos para Marina.

  • Começou então a abordar os problemas dela na tentativa de dar algum conselho que pudesse amenizar as dores da amiga. Começaram a lanchar juntos e aproveitar o tempo para conversar. Certa vez a conversa foi tão profunda que Marina começou a chorar copiosamente. André instintivamente a abraçou. Ela parecia tão frágil, tão necessitada de amor que sem que os dois se dessem conta trocaram um beijo. Daí para terem um caso foi rápido.

  • E agora? André amava a esposa e a amante estava apaixonada por ele. Ele queria dar um basta na situação e retomar seu casamento. Clarice não sabia de nada. Mas, André era um homem que apesar desse deslize não se sentia bem em enganar. Então veio a dúvida: Confessar a sua esposa ou não?

  • Leia: 10 coisas que você deveria saber antes de trair

  • Assim como André, muitas pessoas padecem dessa dúvida. Têm receio de perder seus companheiros por uma aventura impensada. Ao mesmo tempo sabem que se o parceiro descobrir mais tarde será pior.

  • Confessar ou não confessar?

  • Antes de mais nada, é necessária uma profunda introspecção, um mergulho no mais profundo de si e ponderar no que fez, porque fez e por que quer confessar.

  • É importante que o seu cônjuge seja o foco principal nesse momento difícil. Ele vai sofrer de qualquer maneira, se você confessar ou se ele descobrir por si mesmo. Pense que seu marido/esposa fará perguntas. Questionará a relação e seus motivos. Questionará até mesmo o valor próprio.

  • Advertisement
  • Não existe uma fórmula pronta do tipo: Faça isso. Cada casal é diferente. Você conhece seu cônjuge e conhece a si mesmo. É uma questão complexa que exige coragem para se abrir, se mostrar e estar pronto para as consequências.

  • De acordo com a psicóloga Raquel Fernandes Marques, o que se deve considerar além dos valores éticos e morais é se essa revelação fará diferença na relação do casal. Se as coisas vão mudar para melhor ou pior.

  • Leia: Estudos comprovam: Saiba se seu homem tem tendência para trair

  • O lado ruim de confessar

  • Confessar uma traição pode causar profunda revolta, dor e mágoa em seu cônjuge. Pode ser o fim do casamento. Esteja preparado para isso. E como toda a culpa é do traidor, (já que foi ele quem traiu) você terá que conviver com o peso do que fez e e da dor que causou ao seu companheiro.

  • O lado bom (ou menos ruim)

  • Você poderá ter alívio da culpa por ter sido desleal, livrar-se do medo de ter seu passo errado descoberto mais tarde e ter a oportunidade de pedir perdão. A difícil conversa que se seguirá poderá (ou não) trazer à tona problemas que realmente devem ser considerados e, se tiverem sorte, melhorar a relação.

  • O meio-termo

  • Segundo especialistas, se foi algo passageiro, sem importância, num momento de fraqueza, do qual você se arrependeu e está 100% comprometido em não fazer mais, e pode conviver com a culpa sem que ela atrapalhe o relacionamento, é melhor não confessar e evitar tanto o sofrimento desnecessário do parceiro, quanto o fim do casamento.

  • Após tantas considerações, pense: E se fosse com você? O que você faria?

  • Leia: Eu traí minha esposa: 14 coisas que aprendi que você também precisa saber

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Devo confessar que fui infiel?

Todos estamos sujeitos a erros. Mas, e na hora de reparar? Confessar é a melhor saída?
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr