10 pequenos hábitos que podem matar um casamento

Há coisas que não matam o casamento de uma hora para a outra, mas matam o amor aos poucos.

71,843 views   |   1,240 shares
  • Às vezes estamos tão habituados a agir de determinada maneira, que paramos de nos preocupar com o fato de nossas atitudes estarem afetando nosso cônjuge e nosso casamento. Há coisas que não matam o casamento de uma hora para a outra, mas matam o amor aos poucos. Abaixo estão 10 entre elas:

  • 1. Não reconhecer os esforços nem agradecer

  • Marido, quando foi a última vez que você agradeceu pela refeição que sua mulher preparou? E pela roupa que ela passou? Ou pelo cheiro agradável que ficou na casa que ela limpou? E você, mulher, lembra-se da última vez em que agradeceu a seu marido por ele prover o sustento da família? Ou por ele carregar algo pesado? Ou consertar algo estragado?

  • Embora sejam tarefas simples e cotidianas, há muito esforço empregado em cada uma delas. É tão bom saber que nosso cônjuge aprecia o que fazemos. Por outro lado, é bem frustrante quando ele demonstra não se importar. Jamais deixe de demonstrar sua gratidão pelo que seu cônjuge faz.

  • 2. Não elogiar

  • Além de um "muito obrigado", marido e mulher amam receber elogios. Quando eles param de elogiar um ao outro, transmitem a mensagem de que não veem nada de mais um no outro, não admiram um ao outro. E a admiração está diretamente relacionada ao amor. Sem admiração dificilmente há amor.

  • 3. Não saber esperar

  • Coisas simples como andar ao lado do cônjuge, em vez de correr na frente; esperar o marido para almoçar quando ele se atrasa; esperar pacientemente a esposa se aprontar, sem reclamações fazem toda a diferença no casamento. Se o cônjuge não estiver disposto a esperar, ele dificilmente estará disposto a fazer maiores sacrifícios que cedo ou tarde serão requeridos no casamento.

  • 4. Desatenção

  • É muito frustrante tentar conversar com o marido ou a mulher e perceber que ele(a) está mais interessado no que está sendo dito na TV, ou no WhatsApp ou no Facebook, do que no que você tem a dizer.

  • Leia: 5 sinais de que você está mais casado com seu smartphone do que com seu cônjuge

  • 5. Falta de colaboração

  • A casa é um ambiente de uso partilhado, portanto é de responsabilidade de todos os que moram nela. O fato de o marido trabalhar fora não o isenta da responsabilidade de contribuir para sua organização. A falta de colaboração não apenas sobrecarregará a esposa, mas transmitirá uma mensagem de indiferença, de pouco caso para com seu sacrifício.

  • Advertisement
  • 6. Falta de toques desinteressados

  • É algo que pode fazer muita falta entre os casais, principalmente para as mulheres. Beijos apaixonados no meio da cozinha, sentar de braços dados no sofá, andar de mãos dadas, abraços apertados são toques que devem fazer parte da rotina de um casal que se ama. Muitos casais só se tocam nos momentos íntimos. Se o homem só tocar sua mulher quando tiver interesse sexual, ela vai se desiludindo gradualmente, a ponto de perder a fé no romantismo e de ver o sexo como uma obrigação e não mais como algo satisfatório.

  • 7. Cobranças e mais cobranças

  • Sei que há pessoas que precisam de constantes sacudidas para se lembrarem de suas obrigações. No entanto, assim como é irritante conviver com alguém que não faz nada até ser cobrado, é horrível viver sob pressão constante. Uma relação dessas não vai longe, a não ser que ambos cheguem a um acordo e se empenhem em melhorar.

  • 8. Falta de companheirismo

  • Um dos ingredientes mais importante em uma relação é o companheirismo. Se o marido ou a mulher não topa acompanhar o outro numa caminhada, num passeio, em um jantar na casa de amigos ou em uma visita aos sogros, cedo ou tarde eles perderão o hábito de estar juntos, mesmo em lugares mais triviais. Em pouco tempo desejarão não estar mais morando sob o mesmo teto.

  • Leia: 5 razões para dar prioridade ao seu marido

  • 9. Críticas constantes

  • Não há prazer nenhum em conviver com alguém que só enxerga nossas imperfeições. As críticas podem afetar profundamente a autoestima do cônjuge e destruir a alegria de uma vida a dois.

  • 10. Parar de reparar um no outro

  • Pode parecer estranho, mas há casais que somente se olham de relance em vez de olharem fixamente, repararem um no outro. Falo sobre prestar atenção nas coisas positivas, sejam elas físicas, comportamentais, emocionais, espirituais. Se nossos olhos não estiverem voltados àquele(a) que está ao nosso lado, cedo ou tarde ele se voltará a uma outra pessoa.

  • Queremos um companheiro ao nosso lado e não um estranho, muito menos um adversário. Casamo-nos para sermos bem tratados, compreendidos e amados. Se esses maus hábitos não forem corrigidos a tempo, o amor certamente enfraquecerá. E para o divórcio bater à porta é somente questão de tempo. Não permita que isso aconteça com vocês. Comecem as mudanças agora mesmo!

  • Advertisement
  • Leia também: 13 sinais de alerta para um casamento prestes a ruir

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

10 pequenos hábitos que podem matar um casamento

Há coisas que não matam o casamento de uma hora para a outra, mas matam o amor aos poucos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr