Síndrome do túnel do carpo, saiba o que é e o que faz a você

Dores nos pulsos e nas mãos indicam que alguma coisa está errada. Veja se você tem esses sintomas e procure ajuda médica.

68,977 views   |   550 shares
  • Depois de alguns anos trabalhando todos os dias em frente ao computador percebi que aquele cansaço nas mãos e braços que me acometia no final de cada dia estava ficando pior. A ida ao médico, tão procrastinada, teria que acontecer já que eu não conseguia mais suportar os pequenos choques que comecei a sentir, de um dia para o outro, nos meus dedos das mãos.

  • Com o susto veio também o diagnóstico: Síndrome do túnel do carpo. Depois disso não tive como fugir dos anti-inflamatórios e das sessões de fisioterapia. Em alguns momentos de crises extremas era necessário também imobilizar uma das mãos e até boa parte do braço.

  • De acordo com os especialistas essa síndrome surge normalmente em pessoas que fazem movimentos repetitivos com as mãos - no meu caso com o computador - ou trabalhos manuais e é muito conhecida como LER – Lesão por esforço repetitivo. Mas também existe relação da síndrome com mulheres durante a menopausa e gravidez devido às alterações hormonais; traumas no punho - como fraturas e quedas; doenças inflamatórias – como artrites; medicamentos e tumores também podem levar aos sintomas.

  • Por que ocorre a dor?

  • Quando o nervo mediano, que passa pelo punho justamente no chamado "túnel do carpo", sofre algum tipo de compressão a dor nas mãos pode aparecer. Tudo porque o túnel por onde o nervo passa é muito estreito, fazendo com que qualquer lesão leve a dor. Alguns estudos levam a crer que o túnel do carpo das mulheres seja mais estreito, e as que têm a síndrome, mais estreito ainda, fazendo com que mulheres tenham uma incidência maior do problema de saúde.

  • Os sintomas mais comuns além da dor são choques, dormência, formigamento e fraqueza nas mãos. Todos eles podem ser sentidos depois de longos e cansativos dias de trabalho. Em alguns casos o desconforto pode ir até a altura dos ombros e pescoço.

  • Quando ir ao médico?

  • Quando os sintomas aparecem e se repetem por alguns dias, procurar um especialista é uma boa forma para descobrir se você tem a síndrome ou se está sofrendo de outra doença. Entre eles, clínico geral, reumatologista ou ortopedista são os mais indicados para definir o problema e o que fazer para amenizar as dores.

  • Como é feito o tratamento?

  • O tratamento mais comum para esses casos tem o uso de anti-inflamatórios, fisioterapia e imobilização do punho com a síndrome. Em casos mais avançados podem ser utilizadas infiltrações de corticoides diretamente no nervo e até cirurgia para a liberação do túnel.

  • Advertisement
  • Prevenção

  • A prevenção é sempre o melhor remédio para quase todos os problemas. Para a síndrome do túnel do carpo algumas atividades podem diminuir o risco ou aliviar os sintomas:

    • Faça pausas rápidas quando estiver em atividades repetitivas.

    • Exercite os pulsos girando-os e estique as palmas das mãos e dedos. Alongue os braços e o pescoço também.

    • Não durma em cima das mãos, com as mãos e braços para cima (junto da cabeça) ou com os braços para fora da cama. Todas essas alternativas fazem com que a dormência apareça.

    • Utilize tala nos pulsos. Ela não deve estar apertada, e sim confortável e pode ser encontrada em qualquer farmácia.

    • Procure equipamentos que ajudem na hora da digitação como apoios para teclado, mouses e cadeiras com apoio para os braços.

  • Não fique com dor. Procure assistência médica logo que as dores aparecerem.

  • Leia também: Dicas valiosas de ergonomia para o lar

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Caroline é uma jornalista catarinense que optou por ser mãe em tempo integral depois do nascimento dos filhos. Ama escrever e ainda acredita que pode mudar o mundo com isso.

Síndrome do túnel do carpo, saiba o que é e o que faz a você

Dores nos pulsos e nas mãos indicam que alguma coisa está errada. Veja se você tem esses sintomas e procure ajuda médica.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr