Pesquisas comprovam que: Falta de conversa interessante no casamento pode causar divórcio

Os dias passam, e a noite vem, e sobre o que conversaram hoje? Pesquisas comprovam que conversas simples podem mudar o rumo de um casamento, confira.

1,806 views   |   43 shares
  • Se você, assim como eu, imaginou que a falta de sexo está à frente na lista dos maiores motivos que causam divórcio em um casamento, se enganou.

  • Uma pesquisa realizada pela empresa Slater & Gordon (Instituição de Advogados da Austrália), levando em conta a opinião de mais de dois mil casais casados há mais de 10 anos, comprovou que a causa mais comum para o rompimento de um relacionamento é a falta de conversa interessante no casamento, aliada a falta de comprometimento dos cônjuges um com o outro.

  • Esses casais, além de participar da pesquisa, resolveram deixar para os outros casais que são atendidos pela empresa de advocacia alguns conselhos que os ajudam a manter uma boa conversa a dois. Confira alguns desses conselhos a seguir:

  • Leia: 4 maneiras de melhorar a comunicação em seu casamento

  • 1. Aprender a ouvir o outro

  • "Saber ouvir e saber calar, nisto consiste o supremo valor do silêncio"(Augusto Branco).

  • Aprender a falar é uma das coisas que mais conseguimos fazer com facilidade desde que nascemos, queremos expor nossos pensamentos, nosso querer, nossa vontade, todavia mais importante do que falar em um relacionamento é saber calar.

  • Carecemos demonstrar que a opinião do outro também é muito válida, que seus desejos são sinceramente compreendidos, que suas angústias são ouvidas com atenção e respeito.

  • Esse respeito não consiste em uma falta de crítica rápida e defesa ligeira, mas sim uma escuta completa e compreensiva, sem interrupções e com um completo entendimento do que foi dito.

  • 2. Dar espaço e abertura para o parceiro

  • Além da necessidade que temos de aprender a ouvir, também precisamos aprender a ser sensíveis com o parceiro, conhecer o momento em que esse quer ter uma conversa e estar aberto para qualquer assunto.

  • Não há necessidade de estar aberto a qualquer hora, qualquer lugar e qualquer momento do dia, existem sim, momentos adequados e melhores para se ter uma conversa, porém você precisa deixar esse momento aberto. Quando sua parceira ou seu parceiro for tentar falar sobre algo, não o julgue de imediato, não reclame tão logo, tente saber do que se trata, e se precisar diga: podemos falar sobre isso mais tarde? Mas falem, dialoguem, discutam sobre todos os tipos de assunto que necessitarem.

  • Advertisement
  • 3. Manter o bom humor durante as conversas

  • Já imaginou ter aquela conversa difícil com seu cônjuge comendo pipoca e dando risadas?

  • Sim, isso é possível, se conseguirmos manter o bom humor e se desejarmos exercitar um pouco mais nosso lado amigo íntimo de nosso cônjuge, pois se você consegue fazer isso com amigos, deve conseguir fazer o mesmo com seu cônjuge.

  • Leia: Riam juntos: 5 dicas para alegrar o seu relacionamento

  • 4. Estar disposto a mudanças

  • Para se ter uma conversa interessante e construtiva com seu cônjuge, esse elemento é essencial: A disposição de mudar.

  • Esquecer seus velhos hábitos e manias ensinadas pelos seus pais, ou criadas por você como mecanismos de defesa perante a sociedade e outros, abrir seu coração, seus pensamentos, sua mente, deixar tudo livre para conhecimento e ajuda do seu parceiro, libere-se e busque ajuda da pessoa mais próxima a você que é seu cônjuge, transforme-o em seu analista.

  • 5. Não dormir brigados

  • Normalmente esse ponto é o ponto de decisão, a chave para o sucesso ou insucesso do seu relacionamento. Dormir em camas ou quarto separados, permite que uma porta fique escancarada, a porta da dúvida e dos ressentimentos, que têm a tendência de só aumentarem com o dia seguinte e os pensamentos e acontecimentos do outro dia.

  • Feche a porta da discórdia, tranque com as chaves seu coração, seja humilde, mesmo que você ache que tenha razão e não tenha errado, não deixe para amanhã ter essa conversa, não permita que pensamentos malignos e insanos invadam seu casamento, cresça, não faça birras infantis, tenha coragem e demonstre seu verdadeiro amor nessa hora.

  • Além desses conselhos relacionados a conversas entre o casal, os participantes da pesquisa, que são considerados pelos entrevistadores como boas influências, no que se refere a casamento, ainda indicaram outros conselhos:

    • Não desistir do casamento tão facilmente

    • Ser sempre honesto com seu cônjuge

    • Exercer maior tolerância

    • Ter expectativas reais do outro

    • Ter uma boa vida sexual juntos.

  • Que você e eu possamos ter conversas mais construtivas, mais amorosas, mais sábias com nossos cônjuges, que possamos os transformar em fiéis companheiros e melhores amigos.

  • Leia: 29 tópicos para uma conversa interessante entre casais casados

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Bacharel em Direito, Mediadora e Conciliadora de Família, realiza palestras para noivos e recém-casados sobre relacionamentos, especialista em Psicologia Jurídica, esposa, mãe e genealogista.

Pesquisas comprovam que: Falta de conversa interessante no casamento pode causar divórcio

Os dias passam, e a noite vem, e sobre o que conversaram hoje? Pesquisas comprovam que conversas simples podem mudar o rumo de um casamento, confira.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr