O que o seu filho adolescente deve saber sobre o amor

Ah, o amor! Lindo quando é verdadeiro e maravilhoso quando é vivenciado! Mas o que os adolescentes precisam saber, para que o amor seja realmente lindo e maravilhoso para eles?

1,814 views   |   34 shares
  • Segundo Vinícius de Moraes,

  • "De tudo ao meu amor serei atento, Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto Que mesmo em face do maior encanto Dele se encante mais meu pensamento.

  • Quero vivê-lo em cada vão momento E em seu louvor hei de espalhar meu canto E rir meu riso e derramar meu pranto Ao seu pesar ou seu contentamento.

  • E assim, quando mais tarde me procure Quem sabe a morte, angústia de quem vive Quem sabe a solidão, fim de quem ama.

  • Eu posso me dizer do amor (que tive): Que não seja imortal, posto que é chama, Mas que seja infinito enquanto dure" .

  • Neste "Soneto de Fidelidade", o grande poeta e compositor Vinicius de Moraes, autor da música "Eu sei que vou te amar", aqui neste link com a bela interpretação de Roberto Carlos, tenta explicar o que é o amor, (que Vinicius não acredita ser imortal) embora outras pessoas realmente acreditem na eternidade do amor.

  • Neste artigo, pretendo explicar o que é o amor para os adolescentes. Mas se você já for adulto, talvez também possa aproveitar alguma coisa.

  • Leia: A influência dos pais na vida sexual dos adolescentes

  • O que é o amor?

  • Muito mais do que um simples sentimento, o verdadeiro amor se aproxima mais da virtude da caridade (o amor do qual o Apóstolo Paulo fala em 1 Coríntios 13), do que do amor erótico, que é o responsável por tantas paixões fulminantes e avassaladoras, das quais os adolescentes são as presas mais frequentes.

  • Os adolescentes são basicamente todos iguais: acham que sabem tudo, amam com fervor (muitas vezes platonicamente), têm muitas espinhas e não gostam de seus pés e nem de seus cabelos (os rapazes vão se arrepender disso quando ficarem careca como eu...).

  • Com a efervescência dos hormônios e a curiosidade de um felino, os adolescentes podem meter os pés pelas mãos, atropelar protocolos e convenções sociais importantes e cometer atos impetuosos e impensados, dos quais se arrependerão amargamente depois.

  • Se eu fosse um adolescente agora e tivesse a chance de ler um texto como esse, talvez eu evitasse tantas cabeçadas doloridas que eu sofri, e não desse tanta dor de cabeça à minha mãe como eu dei.

  • O primeiro amor

  • Eu me lembro muito bem do meu primeiro e segundo amor (ambos platônicos, devido à minha extrema timidez). Como o meu coração batia acelerado quando eu via a garota que eu amava! Sumia toda a capacidade de articular qualquer palavra, e eu ficava embevecido e petrificado, apenas olhando a fonte de meus mais ternos sonhos.

  • Advertisement
  • No meu caso, por serem platônicos, tais amores adolescentes não foram tão difíceis de esquecer, e serem substituídos por outros, também platônicos, à medida que eu ia me tornando adulto. Meu primeiro namoro real, que durou poucos dias, foi com 21 anos de idade. Hoje isso soa como uma aberração, mas na geração passada isso não era tão anormal assim.

  • A maioria dos jovens de hoje, creio eu, não são tão vergonhosos como muitos de nós éramos antigamente, e muitos se envolvem em amores reais com idades cada vez menores. Não é incomum vermos casais de jovens adolescentes com 14 anos ou menos de idade, em affairs tão à vista de todos quanto excessivamente despudorados.

  • Isso parece bom e moderno? Pode ser moderno, mas não é bom e nem sábio, pois uma das mais belas facetas do amor é o romantismo, os olhares cúmplices, o pegar nas mãos pela primeira vez, um beijo roubado.

  • Nada parecido com o escancaramento que vemos hoje, como beijar o maior número de parceiros possível numa noite, ou "ficar" e até mesmo ter relações sexuais no primeiro encontro. Isso tira em grande parte a beleza e o encanto do verdadeiro amor.

  • Quem perdeu seu primeiro grande amor, não se desespere, porque com o passar do tempo ele virará uma boa lembrança e você se apaixonará novamente, dessa vez com mais maturidade.

  • Abrindo o jogo

  • As meninas precisam entender claramente que quanto mais fáceis forem, menos respeito dos rapazes elas terão. Se alguém disser algo em contrário disso, estarão mentindo para vocês.

  • E os rapazes precisam entender que o romantismo não morreu, embora as garotas pareçam não dar mais importância para isso. Elas continuam a gostar de poesia, de receber flores, de ganhar um bombom e de serem tratadas como princesas, que na verdade elas são mesmo.

  • Só para os rapazes terem uma ideia de como se sente o pai de uma garota na primeira vez que ele, o pai, vê a sua preciosa filha, que ele criou com tanto sacrifício e amor com um marmanjo, fique sabendo que a vontade do pai é pular no pescoço do rapaz e o estrangular. Foi assim comigo, mas felizmente eu me contive, e os ex-namorados das minhas filhas ainda estão todos vivos, felizmente.

  • Para as meninas adolescentes, então, sejam espertas e não caiam na lábia dos espertalhões que somente querem se aproveitar de vocês.

  • E para os rapazes adolescentes, saibam que o amor é muito mais do que sexo, e que o coração de uma garota é um finíssimo cristal que pode ser quebrado em mil pedaços se não for tratado com a sensibilidade e a seriedade necessárias.

  • Advertisement
  • O amor pode ser lindo e maravilhoso sim, quando vivido na hora certa, da maneira certa e com a pessoa certa.

  • Leia: Adolescentes e namoro: O poder do exemplo e autocontrole

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Casado, pai de três filhos e avô de quatro netos, estudei oratória e didática. Gosto muito de escrever. Profissionalmente, sou músico e tenho um Sebo Virtual, onde vivo com minha esposa e cercado de livros!

Website: http://blog.higinocultural.com

O que o seu filho adolescente deve saber sobre o amor

Ah, o amor! Lindo quando é verdadeiro e maravilhoso quando é vivenciado! Mas o que os adolescentes precisam saber, para que o amor seja realmente lindo e maravilhoso para eles?
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr