6 elogios que estão arruinando a felicidade de seus filhos

Você acha que elogio nunca é demais? Então descubra como eles podem arruinar a felicidade dos seus filhos.

12,601 views   |   127 shares
  • Quem nunca ouviu o ditado "Elogiar nunca é demais"? Se você já ouviu e é praticante dele, tome cuidado, a ciência vem demostrando que na realidade não é bem assim. Na hora de elogiar, se as palavras não forem bem escolhidas, o efeito do elogio pode ser exatamente o inverso do que se esperava.

  • Alguns estudos foram feitos relacionados a esse assunto e eles demonstram que, ao fazer um elogio você coloca uma expectativa, ainda que implícita, para a criança e isso pode fazer mal para ela, principalmente, se a criança já tiver uma baixa autoestima.

  • Não quero dizer para ninguém parar de elogiar, os estudos demonstram apenas que o elogio deve ser feito dentro do contexto adequado e sem exageros. Assim, você não vai criar pressão para as crianças, e elas não se sentirão forçadas a atingir altos níveis de qualidade e nem terão medo de falhar. Ou, no sentido oposto, elas não correm o risco de crescerem acreditando serem melhores do que os demais e totalmente insensíveis.

  • Leia: 10 frases emocionalmente prejudiciais que os pais devem evitar dizer aos seus filhos

  • Então fique atenta a estes elogios ou eles podem arruinar a felicidade de seus filhos.

  • 1. Dizer: "Você é o melhor em tudo"

  • Quando você elogia uma criança dessa maneira existem dois grandes problemas: Em primeiro lugar o seu filho vai se sentir na obrigação de superar todo mundo, o tempo todo, para atender às suas expectativas, o que pode gerar nele insegurança e frustação ao perceber que uma criança pode ter se saído melhor em alguma tarefa. Além disso, por querer corresponder ao elogio, existe a possibilidade da criança se tornar extremamente competitiva, querendo sobressair em relação aos coleguinhas a qualquer custo.

  • 2. Elogiar focando no talento ao invés de elogiar pelo esforço

  • Muitas crianças possuem um talento natural para algumas atividades. É claro que devemos reconhecer e elogiar esse talento. Mas se o elogio focar apenas a habilidade natural da criança e não o seu esforço, ela pode entender que só vale a pena se empenhar em atividades que ela se dá bem, e, talvez, ela fique com medo de tentar novos desafios e fracassar. Entretanto, se o elogio for focado em sua perseverança, ela vai entender que para adquirir a habilidade é preciso esforço e paciência. Um bom exemplo disso é uma criança que sabe desenhar muito bem, ao invés de elogiar dizendo "Você nasceu para desenhar, ficou perfeito". Diga: "Que orgulho, você caprichou no seu desenho".

  • Advertisement
  • Leia: Filho único: como mimar sem estragar

  • 3. Elogiar para conseguir algo em troca da criança

  • Quem durante a infância nunca ouviu "Você é tão legal, por isso vai emprestar seu brinquedo para fulano" ou ainda, "Você é tão educada, vai lá dar um abraço na titia"? Muitas vezes, com as melhores intenções os pais usam do elogio para induzir a criança a alguma atitude. Mas os pais precisam compreender que o elogio deve ser espontâneo e não um objeto de manipulação. Quando você desejar que seu filho tenha determinada atitude explique os motivos em vez de elogiar apenas para alcançar seus objetivos.

  • 4. Elogiar exageradamente a beleza da criança

  • Frases como: "Essa menina é igual uma boneca de tão linda que é" ou "Você é tão perfeito que quando crescer vai se tornar o homem mais lindo do mundo" quando repetida inúmeras vezes podem gerar na criança uma busca por um padrão inalcançável, motivando cirurgias plásticas ainda na adolescência, ou mesmo favorecendo o desenvolvimento de anorexia e bulimia. É claro que não estamos falando de um elogio esporádico, ou em uma situação específica. O problema são as repetições constantes e exageradas que podem fazer com que a criança, à medida que for crescendo queira manter ou alcançar um padrão de beleza que alguém viu nela um dia.

  • 5. Dizer: "Você é muito inteligente"

  • Esse elogio tem total relação com o primeiro e o segundo tópico, mas por já ter sido alvo de um estudo americano e assunto de diversasmatérias, decidi destacar aqui. Elogiar a inteligência da criança pode gerar nela o medo do fracasso e de decepcionar os pais, por isso, a criança pode parar de se propor novos desafios, afinal, se ela tentar e não conseguir, ela pode achar que vai perder o orgulho que os pais sentem por ela.

  • 6. Parabenizar a criança por tudo

  • Parabenizar a criança por suas conquistas é mais do que certo, o cuidado que devemos ter é apenas em relação aos excessos. O erro está em parabenizar a criança por uma obrigação que já tinha sido combinada que seria da responsabilidade dela, ou por um compromisso assumido. Ao elogiar nesses casos, você passará para a criança a sensação que tudo que ela fizer deve ser notado e admirado. E quando crescer ela irá achar que todos devem elogiar seu trabalho e suas obrigações, e se isso não acontecer ela pode ficar desanimada e decepcionada com as pessoas à sua volta.

  • Advertisement
  • Leia: Se você ama seus filhos, diga não a estes 5 pedidos deles

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Mineira nascida e criada em Belo Horizonte, ama viajar e estar próxima de sua família e amigos. Casada e apaixonada pelo marido, vive em eterna busca pelo auto-conhecimento. Acredita que o melhor investimento na vida de qualquer pessoa é aquisição de novos conhecimentos. Apaixonada por ler e escrever, adora dividir seu conhecimento e suas experiências em seu site sobre o mundo feminino, com a certeza de que pode fazer a vida das pessoas mais feliz. Formada em Direito e Servidora Pública do Estado de Minas Gerais.

Website: http://alemdevaidade.com.br/

6 elogios que estão arruinando a felicidade de seus filhos

Você acha que elogio nunca é demais? Então descubra como eles podem arruinar a felicidade dos seus filhos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr