10 razões para compartilhar suas senhas virtuais

Ter ou não ter, eis a questão? Devemos ou não compartilhar com o cônjuge nossas senhas das redes sociais? Confira excelentes razões para dizer sim a essa pergunta.

1,737 views   |   17 shares
  • Você é um livro aberto para seu cônjuge? Ou melhor, você é um Facebook aberto para seu cônjuge? Ou seja, não há problema algum para você dividir suas senhas das redes sociais com seu cônjuge?

  • Muitos casais preferem garantir sua individualidade e privacidade no que tange a esse assunto, outros, porém, compartilham abertamente suas senhas, suas conversas e suas contas com seus parceiros, isso depende de cada casal e cada casamento.

  • Existem muitas coisas negativas e positivas em todas as decisões que tomamos na vida, não há como prever todas as circunstâncias e ações das pessoas que recebem nossa ação.

  • Citamos abaixo algumas 10 razões positivas de quando compartilhamos as senhas de redes sociais com nossos cônjuges, analise:

  • Leia: O lado negro das redes sociais

  • 1. Ser honesto virtualmente também

  • Uma das principais causas de divórcio hoje em dia é a infidelidade, todavia, onde se inicia essa ruptura conjugal? Quais são os elementos que antecedem a ação da pessoa infiel?

  • A antropóloga Mirian Goldenberg assevera que a sedução virtual começa passo a passo, com aproximações exageradas, apelidos indevidos e intimidades contadas, etc.

  • A desonestidade virtual pode acarretar, sim, em uma traição. Quem rouba 10 centavos é capaz de roubar um banco, pois deu seu primeiro passo.

  • 2. Evitar dúvidas ou desconfiança

  • Aqueles pensamentos e dúvidas que brotam em nossas cabeças quando nosso cônjuge afirma que está fazendo um trabalho importante trancado no escritório de casa em frente ao computador podem ser retiradas quando temos total acesso às senhas do cônjuge.

  • 3. Tornar-se um só verdadeiramente

  • Quando nos casamos aprendemos que precisamos nos tornar um só, uma única pessoa, isso é bíblico: "(...) e os dois se tornarão uma só carne, dessa forma eles já não são mais dois, mas sim uma só carne. " (Marcos, capítulo 10, versículo 7).

  • Se somos um, podemos sim compartilhar as senhas um do outro e fortalecer essa união.

  • 4. Trabalhar unidos virtualmente

  • Muitas pessoas usam as redes sociais como meio de trabalho hoje em dia, para divulgação de suas empresas e seus serviços, é muito comum. Então para casais que trabalham juntos, essa ferramenta de acesso às senhas de redes sociais pode ser muito necessária e útil.

  • Advertisement
  • 5. Precauções relacionadas a cantadas

  • A infidelidade em uma relação, conforme afirma a especialista Regina Beatriz Tavares da Silva não é apenas física, ou seja, relacionada à ação sexual em si, mas antes ela é moral, sendo a fidelidade a lealdade e ética que o casal mantém.

  • Especialmente nas crises conjugais que todos enfrentam, sempre surgem pessoas mal-intencionadas resolvendo ser mais amigas ou amigos do que necessário, então todo cuidado é pouco.

  • 6. Evitar traições e adultérios

  • Seguindo a ênfase do item anterior, manter em aberto as senhas das redes sociais pode evitar flertes virtuais, cantadas indevidas e conversas secretas com má intenção, não há como dizer que sou completamente fiel ao meu cônjuge se mantenho amigos secretos, ou conversas indevidas que podem sim resultar em adultério.

  • 7. Resolver problemas com publicações inadequadas

  • No decorrer do dia um dos dois pode perceber algo publicado por alguém em sua página social que seja contrário aos seus princípios ou que você não gostaria que estivesse ali, você pode pedir para seu cônjuge que está com mais tempo para retirar essa publicação.

  • 8. Mantém a relação real e não apenas virtual

  • Existem pessoas que mantêm perfis falsos nas redes sociais, criam uma vida fantasiosa ou uma nova vida para assim tentar fugir dos problemas matrimoniais que enfrentam, essas pessoas estão dando um passo gigante para o rompimento da relação afetiva com a família.

  • 9. Demonstração de amor maior pelo cônjuge

  • Algumas pessoas afirmam que precisam ter privacidade das senhas sociais para que suas conversas com amigos não sejam vistas, porém, em seus sofrimentos mais intensos, em suas crises financeiras mais graves não serão esses amigos que irão lhe socorrer, valorizem mais seu amigo mais amigo, seu cônjuge.

  • 10. Por respeito e consideração mútua

  • Ter respeito pelo seu cônjuge, implica em não ter ou tomar atitudes reprováveis em relação ao outro, não ofender, não magoar, isso não apenas no que diz respeito a palavras propriamente ditas, mas também em palavras escritas em redes sociais.

  • Todo cuidado e amor é pouco no que se refere a seu casamento, independente das decisões que são tomadas entre vocês de dividir ou não suas senhas, o mais importante item certamente é o respeito e a consideração, isso dever nortear suas ações, palavras e publicações em redes sociais.

  • Advertisement
  • Leia: As mídias sociais e o casamento: 5 dicas para fazer sua relação sobreviver

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Bacharel em Direito, Mediadora e Conciliadora de Família, realiza palestras para noivos e recém-casados sobre relacionamentos, especialista em Psicologia Jurídica, esposa, mãe e genealogista.

10 razões para compartilhar suas senhas virtuais

Ter ou não ter, eis a questão? Devemos ou não compartilhar com o cônjuge nossas senhas das redes sociais? Confira excelentes razões para dizer sim a essa pergunta.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr