5 coisas sobre ser criança que você provavelmente já esqueceu

Se seu filho está indo mal na escola ou você não está conseguindo ter um bom relacionamento com ele, você precisa relembrar estes 5 passos.

1,279 views   |   32 shares
  • Quando um bebê nasce, tão frágil e delicado, o que mais ouvimos é: "Nossa! Queria estar na pele dele! Que maravilha de soninho".

  • Quando a soneca acontece, a mãe, ainda confusa, não sabe se come, dorme, toma banho ou lava a pilha de roupas e louças que estão pela casa, e então, enquanto ela decide... O bebê acorda!

  • Mas nem sempre a vida desse anjo será de sonecas e mamadas. Com o crescimento, as responsabilidades aumentam. Costumo dizer que nossa vida é como um jogo de videogame, às vezes fácil, às vezes mais difícil, às vezes no nível "hard".Essa é a fase mais conhecida pelo Chefão.

  • Estamos constantemente passando por fases em nossa vida. Novos colegas de faculdade ou pós-graduação, novo emprego, novo smartphone, etc. As mudanças são difíceis para nós adultos, que sabemos que elas virão. Às vezes estamos tão acostumados que fazemos algo no automático, e aí, quando percebemos, não era o caminho do trabalho que eu deveria ter feito em pleno sábado, era o do restaurante, mas só percebi depois de estar quase chegando.

  • E as crianças?

  • Você se lembra quão difícil foi aprender a escrever seu nome? Aprender as letras, a ler, a somar 2+2, a fazer a tabuada.... Pois é. Essa mesma dificuldade nossos pequenos estão passando hoje.

  • Lembro que muitas vezes perdi a paciência, e por mim, tirar "zero" na prova não seria uma artimanha muito difícil. Difícil seria tirar o suficiente para atingir a média e passar de ano sem a temida recuperação.

  • Mas eu tive um trunfo. Uma carta na manga: MEUS PAIS.

  • Leia: 100 motivos para ter filhos

  • Não posso contar quantas vezes estudamos juntos. Em quantas vezes meu pai cansado do trabalho sentou comigo e me ensinou a resolver uma questão com a fórmula de Bhaskara. E quantas horas minha mãe perdeu tentando decifrar como se resolvia aquela questão de fração, pois eu não estava conseguindo sozinha.

  • Não poderia lembrar quantos cadernos de caligrafia eu "perdi", mas sabe, uma pergunta que tenho até hoje, é como eles apareciam rapidamente novos, sem "orelhas", e cheios de novas tarefas.

  • Não sei quantas redações eu fiz, quantas histórias eu ouvi até adormecer, quantas horas de sono fiz meus pais perderem. Mas eles estavam sempre lá.

  • Então vamos relembrar, talvez tenhamos nos esquecido:

  • 1. As letras são difíceis

  • Nossa! Essa Voltinha do "S" e essa barriguinha do "B" são muito complicadas! - "Minha coordenação não é tão boa ainda mamãe. Mas com certeza eu posso mexer no seu tablet muito melhor do que você!"

  • Advertisement
  • 2. Eles ainda não sabem dividir

  • Dividir é difícil pra caramba!! Sabe aquele chocolate que você compra, morrendo de dó do seu bolso, e que provavelmente só comerá daqui a alguns meses se couber no orçamento novamente, sem levar em consideração que esse não caberia, mas você se deu ao luxo? Então, provavelmente você não quer dividir com ninguém. É mais ou menos assim que a criança se sente. É meu! Se estragar eu não sei se terei outro.

  • Leia: Mães calmas, filhos calmos

  • 3. Eles têm preguiça

  • É muito mais cômodo, tirar sonecas o dia todo, acordar só pra comer, brincar e pronto. Vida ganha! Você se lembra quando só precisava estudar? Aí você cresceu, começou a ter que conciliar com o trabalho, depois com o namorado, depois com o marido, filhos, etc. Foi difícil, não foi? Toda fase nova dá uma certa preguiça. Não sabemos o que virá, e precisaremos nos esforçar pra fazer acontecer. Que tal passar um tempo a mais com nossos filhos para relembrar que não é só a nossa fase que está difícil?!

  • 4. Eles precisam de carinho, atenção e elogios sinceros

  • E quem não precisa? Temos uma carência natural, mas costumo dizer que crianças que estão em fases de transição precisam muito de nossa atenção e carinho. Elas precisam se sentir notadas e amadas. Toda a atenção que damos a eles não será perdida. Elogios sinceros de boas notas são sempre bem-vindos. Mas se as notas boas não estão vindo, cuidado, seu filho pode não ser o único culpado! O que você está fazendo para ajudá-lo?

  • 5. Eles precisam de um amigo

  • Que tal se esse amigo formos nós? E se ele chegar e nos disser o que gostaria de fazer? E se formos seu porto seguro? E se ele tiver a abertura de conversar sobre qualquer assunto sem vergonha ou receio de não ser bem recebido?!

  • Às vezes me pergunto, quem minha filha será amanhã? Olho para o passado e vejo meus pais, olho no espelho e vejo uma mãe cheia de dúvidas, mas com uma bagagem cheia de amor e aprendizados que obtive com pais esforçados, mas também cheios de dúvidas.

  • Leia também: Você espera filhos perfeitos?

  • Todos erramos, isso é certo. Mas criando um elo forte com nossos filhos hoje, tenho certeza que eles se lembrarão disso no futuro e serão bons pais, bons amigos, bons ouvintes, bons seres humanos, pois tiveram bons espelhos.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Hevelyn Klegues é casada, mãe de uma boneca linda e formada em massoterapia. Seus principais livros de cabeceira são sobre como lidar com pessoas, como ser e formar líderes. Quando não está viajando, adora assistir a filmes e seriados de ação e suspense. Ama ler, passear ao ar livre e viajar com a família.

5 coisas sobre ser criança que você provavelmente já esqueceu

Se seu filho está indo mal na escola ou você não está conseguindo ter um bom relacionamento com ele, você precisa relembrar estes 5 passos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr