A melhor madrasta do mundo

Onde houver o amor maior, haverá paz.

1,428 views   |   21 shares
  • Esse termo "madrasta" nos remete à imagem que alguns contos de fada nos ilustram, onde madrasta é uma bruxa má, competitiva, invejosa, incapaz de qualquer sentimento afetuoso e amigável. Carregamos essa cultura de que a esposa nova do papai não pode ser boa, talvez algumas até se encaixe nesse perfil, mas isso não é uma regra.

  • Na vida real é possível ser diferente. As mulheres da vida real entendem que para ter um relacionamento sadio é necessário uma convivência em harmonia com a família do novo marido, e isso não se resuma a sogros, cunhados e outros parentes, inclui principalmente os filhos. E o pai precisa preparar ambos, os filhos e nova esposa para essa nova relação.

  • Leia: 5 frases que uma madrasta nunca deve dizer aos enteados

  • Existem muitos exemplos de "boadrasta". O que desencadeia vários problemas é a competição que pode ocorrer entre as partes.

  • É também responsabilidade do pai e cônjuge participar desse processo que é algo novo para todos.

  • Dicas para ser a melhor madrasta do mundo:

  • 1. Procure se aproximar dos filhos dele no seu tempo

  • O momento deve ser estipulado por você. Você precisa se sentir preparada para isso.

  • 2. Não force qualquer vínculo, deixe ser natural

  • Crianças são muito perceptíveis. Se sua amizade for algo forçado, elas perceberão. Por isso no tópico anterior disse que seja no seu tempo.

  • 3. Ao viajarem, lembre-se deles com um presentinho

  • Não tente manipulá-los com presentes, apenas deixe-os saber que você foi para um lugar onde estava feliz e lembrou-se deles.

  • 4. Coloque fotos deles pela casa

  • Para que eles sintam que fazem parte desse novo lar.

  • 5. Nunca procure substituir a mãe deles

  • Até porque as mães são insubstituíveis para seus filhos.

  • 6. Deixe que a sua relação com o pai deles seja natural

  • Aja com naturalidade com o seu cônjuge na frente das crianças, deixe que elas participem de momentos felizes de decisão, lazer, discordância. Assim, elas observarão que o relacionamento de vocês é normal e não um conto de fadas.

  • 7. Deixe um tempo para pai e filho

  • Por mais legal que seja a convivência entre vocês, reserve um tempo onde o pai possa estar sozinho com os filhos, ajude seu cônjuge a entender a importância desse momento.

  • 8. Se já têm filhos com o pai deles, evite comparar

  • Advertisement
  • Essa dica é muito importante, principalmente para casais que têm os filhos do antigo casamento e o do novo casamento. São naturais cenas de ciúmes, mas se você iniciar com comparações e competições, o que era natural pode passar a ser um problema maior.

  • 9. Brinquem juntos

  • Reserve um tempo para brincar com eles. Escolham um jogo que toda a família possa participar.

  • 10. Orem juntos

  • Independente da religião de cada família, orar é sempre bom. Orar pela relação de vocês, pela mãe deles, etc. Se não possuem o hábito, escolha uma ocasião mais agradável para vocês.

  • 11. Imponha limites

  • Limites é a base para qualquer relação saudável.

  • 12. Nunca faça um comentário diminuindo ou comparando a mãe deles

  • Lembre-se que ninguém gosta de ouvir falar mal de sua mãe, ainda mais a nova esposa do pai deles.

  • 13. Se possível, tenha uma relação sadia com a mãe deles

  • Pode parecer estranho, mas isso é muito importante. Não digo que a relação deva ser de amigas de infância ou melhores amigas, mas com respeito já está ótimo.

  • 14. Aprenda a lidar com as birras

  • Aprender com a experiência de quem já passou por algo parecido ajuda você e eles em cada situação que surgir. Todas as demonstrações de afeto devem ser espontâneas, lembrando que toda relação leva um tempo para se tornar forte. É claro que, como em toda vida familiar, o respeito faz toda a diferença. Respeitar o espaço de cada um, o tempo de cada membro da família. Respirar para se acalmar quantas vezes for necessário. Ser honesta com seus sentimentos em relação a eles e você. As birras são naturais, todo filho faz, mas a madrasta precisa ser firme e entender que isso está ocorrendo, pois é algo natural nas famílias que criam filhos. E o conhecimento adquirido sobre como melhorar a educação desses pequenos irá lhe dar segurança para agir da maneira mais correta. Procure não se colocar como vítima da situação, seja forte e equilibrada. Filhos estão sempre aprimorando a capacidade e paciência de seus disciplinadores.

  • 15. Disciplina

  • Algo muito, mas muito importante, é a disciplina que deve haver no lar, para que todos entendam que têm obrigações e deveres. Dessa forma não vira bagunça. É natural no início ter um pouco de dificuldade, mas persevere. Ter uma rotina é ideal tanto quando os filhos moram com o casal ou quando estão como visita. Pois tem hora para comer, tomar banho e dormir.

  • O ideal é que os filhos não tenham a imagem de que com a madrasta é tudo permitido ou negado.

  • Advertisement
  • Pode parecer que é muita coisa a assimilar, mas criar filhos é isso mesmo, um desafio. E só com muito amor mesmo. E isso é importante para que você possa ter uma colaboração sadia para a educação deles.

  • Leia: Quando um novo marido traz filhos consigo: 7 soluções para a madrasta conectar-se com os enteados

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Sempre atenta a buscar o que tiver de melhor para o enriquecimento pessoal e familiar, ama viajar e trocar informações por isso está sempre estudando.

A melhor madrasta do mundo

Onde houver o amor maior, haverá paz.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr