Mamografia: O que é e porque você deve fazer

A melhor e única forma de encontrar indícios de câncer de mama antes de se formar tumores é realizar a mamografia solicitada pelo médico.

1,594 views   |   6 shares
  • Um tipo de radiografia que pode salvar vidas, esta é sua melhor definição. A mamografia é feita através de aparelho radiográfico, onde as mamas são pressionadas na horizontal e na vertical para que o tecido mamário seja examinado a fim de encontrar sinais do câncer de mama. O exame pode ser doloroso, por isso o ideal é marcar para uma semana após a menstruação.

  • Leia: 6 alimentos a evitar quando você tem câncer de mama

  • Segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia, mulheres a partir dos 40 anos têm necessidade de realizar o exame anualmente a fim de evitar descobertas tardias onde nada poderá ser feito. Alguns médicos solicitam o exame antes desta idade, especialmente se houver casos de câncer na família ou outros indícios. O profissional sempre saberá o melhor para cada uma em especial.

  • Durante o exame a mulher estará despida da cintura para cima e ficará em pé na frente do mamógrafo. A auxiliar de radiografia dará as instruções. Assim como qualquer outro exame radiográfico, é necessária muita atenção com possível gravidez e retirar apetrechos de metal como brincos e correntes. Não usar desodorantes, talcos, cremes ou qualquer outro tipo de material que possa prejudicar o exame também será pedido.

  • Quem possui próteses mamárias também pode realizar o exame, porém o médico deverá ser informado antes para definir se a mamografia é o exame ideal no caso. Outros tipos poderão ser solicitados como uma ressonância, por exemplo. Isso porque, quando a mama é mais rígida, a mamografia não consegue atingir o tecido mamário em sua totalidade.

  • Esse exame importante é capaz de detectar risco de câncer até dois anos antes do tumor se formar. Por isso é tão importante seguir o calendário e realizar os exames periodicamente. Quanto antes for descoberto qualquer incidência maligna, mais fácil e menos invasivo será o tratamento.

  • Leia: Como educar-se sobre o câncer de mama

  • Ao realizar o próximo exame no ano seguinte, é importante levar o anterior para que uma melhor avaliação seja feita. Se os indicativos são nulos, provavelmente seu médico mudará o exame para ser feito bianualmente.

  • Os resultados do exame serão mais bem interpretados por seu médico. Existe um sistema de classificação por BI-RADS, onde o número 0 determina que deve ser realizado novamente e quanto menor o número de 1 a 6, menores as evidências de risco de câncer.

  • Advertisement
  • Muito divulgado no passado, o autoexame mamário não é tão eficaz para a descoberta precoce do câncer. Por isso a necessidade de realização da mamografia a partir da idade recomendada. Sem desculpas. Caso a mulher encontre um caroço na mama deve procurar por um médico para melhor avaliação.

  • Leia: 9 formas de diminuir o seu risco de ter câncer de mama

  • Nada mais reconfortante que o conhecimento de que a saúde vai bem e que algo que assusta, como o câncer de mama, pode ser detectado com um exame simples e poderoso.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Mamografia: O que é e porque você deve fazer

A melhor e única forma de encontrar indícios de câncer de mama antes de se formar tumores é realizar a mamografia solicitada pelo médico.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr