O seu filho pode estar correndo perigo dentro de casa

Seu filho corre perigo mesmo dentro de sua casa. Saiba como evitar acidentes que podem ser até fatais.

781 views   |   9 shares
  • Quando meus filhos eram pequenos, sem casa própria, eu tinha certa dificuldade em encontrar uma casa ou apartamento para morar. Se fosse apartamento, tinha que ter grades nas janelas, se fosse casa tinha que ter uma série de itens seguros. Sempre fui muito cuidadosa quanto a isso. Talvez seja uma das razões de meus filhos não terem muitas cicatrizes e nunca terem quebrado ossos. Só uma vez, meu filho mais velho quebrou os dois dentinhos da frente aos três anos de idade, quando brincava de velotrol com o avô.

  • Devido à curiosidade comum que toda criança tem, existem itens em casa que podem causar acidentes graves e até fatais.

  • Por isso a segurança de seus filhos deve ser prioridade ao escolher imóveis, móveis, eletrodomésticos e brinquedos.

  • Leia: Como aprender sobre cuidados infantis

  • Imóveis

  • É importante adaptar a casa aos seus filhos e aos poucos ir adaptando os seus filhos à casa. Quando são pequenos eles não têm noção de perigo. Devem ser protegidos de quedas e acidentes. Principalmente em escadas e tomadas elétricas. Quintais com plantas tóxicas, garagens, itens armazenados em garagem.

  • Há pouco tempo na cidade em que moro, uma mãe atropelou seu bebê de 2 anos ao tirar o carro da garagem, infelizmente ele não sobreviveu. Por isso todo cuidado é pouco. Mantenha fechadas as portas de saída e portas de banheiros. Mantenha o vaso sanitário com a tampa e as tomadas protegidas.

  • Móveis

  • Berços e camas devem ter o selo do Inmetro quanto ao quesito "segurança". Embora não seja garantia, pelo menos é melhor que um item que possa ter tinta com chumbo, descascar, quebrar e ter pontas ou ter espaço entre as grades que possa prender a cabeça.

  • Não deixe as crianças pequenas sozinhas em sofás e camas. Há o risco de quedas. Móveis perto de janelas serve de escalador. Gavetas abertas servem de degraus.

  • Leia: Tendo uma casa blindada contra acidentes

  • Utensílios domésticos

  • A área de serviço deve ser um local proibido às crianças de até 6 anos de idade, mas em especial as menores de 3 anos. Máquinas de lavar, ferros de passar, tábuas de passar, armários com produtos de limpeza são atraentes e extremamente perigosos nessa faixa.

  • Advertisement
  • O fogão é um dos maiores problemas para crianças. Elas podem puxar panelas que estejam com o cabo para fora e se queimarem com óleo ou água quente. Podem mexer nos botões e deixar vazando gás ou tocar na porta do forno quente. O botijão de gás deve ficar protegido em um armário ou do lado de fora da casa.

  • Tomadas devem estar sempre protegidas e fios elétricos recolhidos. Isqueiros, fósforos e outros itens que produzem fogo também devem estar fora do alcance delas. Crianças têm muita curiosidade com o fogo.

  • Televisões e outros aparelhos eletrodomésticos têm que ser fixos e estáveis, pois podem ser "puxados".

  • Produtos tóxicos

  • O maior índice de intoxicação infantil acontece dentro de casa e com crianças por volta dos 3 anos de idade. É o período de maior curiosidade delas.

  • Por isso os itens que devem ser mais inacessíveis a elas são:

  • 1. Produtos de limpeza

  • Sabão, alvejante, desinfetante, inseticidas, etc. Devem estar à altura do rosto de um adulto. De preferência em armários fechados à chave. Cuidado com os "degraus" que possam facilitar a criança subir e alcançar esses produtos. Se houver a menor chance, elas alcançarão. Portanto, banquetas, mesas, escadas jamais devem dar acesso a esses produtos.

  • Cosméticos, perfumes, remédios e bebidas alcoólicas, devem receber o mesmo cuidado. Fora do alcance e em armários fechados.

  • 2. Objetos cortantes

  • Facas, garfos, copos de vidro, espelhos, espetos de churrasco, devem estar também fora do alcance dos pequenos.

  • 3. Água

  • As crianças jamais devem ser deixadas sozinhas em banheiras e piscinas. Isso significa em hipótese alguma. Não atenda telefone, porta, ou qualquer pessoa se sua criança estiver na banheira. Não deixe qualquer acesso a uma piscina para a criança. Ainda que seja uma piscina infantil. São muitos os casos de crianças que se afogam nas piscinas de suas próprias casas. Não deixe que brinquem com baldes ou vasilhas com água sem um adulto perto. A criança pequena pode se afogar em 15 cm de água.

  • Cuidado também com pisos escorregadios e áreas molhadas. 80% dos acidentes domésticos são quedas e escorregões.

  • 4. Brinquedos

  • Siga à risca as normas de segurança de brinquedos para crianças com menos de 3 anos. Elas levam tudo à boca. Partes pequenas podem ser engolidas e massinhas, giz de cera, giz de cal, etc. podem ser ingeridos. É importante também não deixar brinquedos espalhados em que se possa tropeçar.

  • São muitos os perigos e maiores ainda os cuidados que devemos ter para proteger nossas preciosidades. Faça os testes a seguir e veja se sua casa é segura para seus pacotinhos de felicidade.

  • Advertisement
  • Sua casa é segura?
  • Seu filho corre perigo enquanto você não está por perto?

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

O seu filho pode estar correndo perigo dentro de casa

Seu filho corre perigo mesmo dentro de sua casa. Saiba como evitar acidentes que podem ser até fatais.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr