Educando os filhos: como não se deixar influenciar por outros pais

Vivemos em um mundo onde a originalidade é valorizada, mas pouco utilizada. É incrível como nos deixamos influenciar por outros e ainda achar que o pensamento, a roupa, as compras, etc. são ideias nossas.

800 views   |   11 shares
  • A mídia nos bombardeia desde o momento em que acordamos até a hora em que vamos dormir com ideias de que precisamos ou devemos comprar algo e que nossa alegria ou felicidade está atrelada a tal compra, seja de um produto, uma imagem, e até mesmo de ideias.

  • Somos animais sociais, já dizia Aristóteles. Dependemos uns dos outros para viver, talvez venha daí a necessidade primária de ser aceito como parte do meio em que se vive. Fazemos e adquirimos coisas como meio de aceitação social.

  • Todos querem que sua família, seus filhos sejam livres e donos dos próprios destinos, no entanto, vemos famílias repetindo os mesmos comportamentos, padrões e até erros de outras famílias, seja consciente ou inconscientemente. Sabemos que não é possível viver sem quaisquer influências do meio, mas podemos trabalhar em nossos lares no sentido de discernir o que é proveitoso e o que não é na conduta de nossos familiares.

  • Leia: 3 maneiras incorretas de educar os filhos

  • Materialismo x espiritualidade

  • Quando um casal decide casar-se, já começam as influências. Tem que ser uma bela cerimônia, cara e com tudo dentro da moda. Aí famílias se endividam para uma celebração que deveria ser mais espiritual que material.

  • Quando nasce o filho, pais de primeira viagem se sentem inseguros e buscam orientação nos seus próprios pais ou em outras pessoas, sobre como educar, alimentar, vestir e se relacionar com seus filhos. Delegando ao mundo sua tarefa de educar e nutrir seus filhos.

  • A influência externa ou o modo como os filhos têm sido criados, parece não ter dado muito certo. Vemos jovens cheios de bens materiais e vazios de sentimentos, fazendo ou comprando coisas só porque os outros fazem ou têm. Adquirindo hábitos e valores vazios e distorcidos apregoados por aqueles que desejam o lucro a todo custo. Ainda que seja a custo da individualidade, originalidade e caráter humanos.

  • As famílias

  • A família em meio a tudo isso se sente perdida, os pais, na maioria das vezes, são jovens e ainda inseridos dentro deste sistema consumista e massificante.

  • Sendo assim, o que os pais podem fazer para não entregar a educação dos filhos à sociedade ou a outros? Como criar os filhos sem se deixar influenciar pelo meio ou por outros pais?

  • A resposta não é simples, nem fácil. Envolve maturidade e disciplina dos pais, exercício da vontade e orientações sólidas. Ninguém pode transmitir valores que não tem dentro de si mesmo.

  • Advertisement
  • Leia: 10 sinais preocupantes de que você não sabe educar um filho

  • O dever dos pais

  • Seja você pai pela primeira vez ou já tenha alguns filhos, saiba que essa mordomia é sua e não deve ser passada a terceiros (isso inclui babás e creches). Por isso, busque sabedoria na conduta de sua família. Busque a Deus e Seus ensinamentos, pois Ele pode dar sabedoria e discernimento para cumprir esse papel. Deus não chama os qualificados, mas Ele qualifica aqueles a quem chama. Por isso não tenha dúvidas, ore a Deus que ele lhe orientará sobre como criar os seus filhos

  • Mas, não espere que Ele faça tudo. Busque conhecimento, desenvolva disciplina, empodere-se como pai/mãe e ouça seus sentimentos. Não se importe muito com o que os outros digam ou opinem. Saibam filtrar o que é bom e eliminar a influência negativa.

  • Algumas ideias já se provaram eficazes e apenas como sugestão tente adaptá-las à realidade de sua família. O amor familiar e o bem-estar dos filhos devem ser a diretriz principal. Por isso, algumas práticas são fundamentais:

    • Fale a seus filhos com amor

    • Brinque com eles sempre que puder

    • Ensine-lhes o caminho certo por palavras e exemplo

    • Tratem-se (o casal) com amor e isso trará segurança aos filhos

    • Não briguem na frente deles

    • Conversem com seus filhos e ouçam o que eles têm a dizer

    • Não exijam perfeição de seus filhos

    • Ensine-os a ter compaixão, tendo vocês, pais, primeiramente para com eles

    • Não os deprecie nem ria deles

    • Crianças precisam de ensinamento e exemplo, não de surras ou qualquer castigo físico

    • Não os deixe vazios de amor e ensinamentos ou eles buscarão em outras fontes

  • Leia: 10 qualidades que os pais precisam ter para educar corretamente os filhos

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Educando os filhos: como não se deixar influenciar por outros pais

Vivemos em um mundo onde a originalidade é valorizada, mas pouco utilizada. É incrível como nos deixamos influenciar por outros e ainda achar que o pensamento, a roupa, as compras, etc. são ideias nossas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr