6 formas de intimidade que não tem a ver com sexo

Quando se fala em intimidade a primeira coisa que vem à mente é a intimidade sexual. Mas, intimidade não é só sexo.

7,747 views   |   49 shares
  • Todo casal, para alcançar um ótimo casamento e um satisfatório companheirismo, deve ter intimidade. Essa intimidade deve ir além do quarto. Ela deve estar presente em vários outros âmbitos de uma relação saudável.

  • Com as mudanças sociais que ocorreram nas últimas décadas e a mulher saindo para o mercado de trabalho, o tempo entre os casais ficou mais escasso, mas de alguma forma, melhor. A mulher ganhou mais voz e deixou de ser a esposa obediente para ser a esposa ativa e participante como igual na relação. O que realmente se perdeu foi o tempo para conversar e estarem juntos.

  • Mas, isso não é desculpa. Quando um casal quer aumentar a conexão entre si, é possível conseguir ainda que com as agendas cheias e uma casa com crianças. Segundo especialistas das relações maritais, 10 minutos por dia já são suficientes para criar ou reforçar a intimidade entre os casais. Mas, como fazer isso? A melhor maneira não é, claro, na cama, mas conversando e interagindo.

  • Leia: 5 maneiras de cultivar a intimidade

  • 1. Intimidade emocional

  • É a proximidade emocional que se cria a partir do compartilhamento de emoções, sentimentos, desejos e pensamentos. Só é conseguida quando se é totalmente honesto - primeiro consigo mesmo e em seguida com o cônjuge.

  • Conversem, ainda que por apenas 10 minutos, como dizem os especialistas. Desliguem os celulares, sentem-se em um ambiente tranquilo ou saiam para dar uma volta. Usem esse tempo para se aproximarem emocionalmente um do outro, isso pode ser feito pelo mais ocupado dos casais.

  • 2. Intimidade espiritual

  • É muito difícil conciliar crenças diferentes. Por isso é melhor casar-se com alguém que tenha se não a mesma religião, pelo menos a mesma base espiritual. Compartilhar momentos espirituais como orar juntos, ir à Igreja juntos, ou discutir algum assunto religioso e sua aplicabilidade no dia a dia pode criar uma ótima intimidade espiritual no casal.

  • Orem ou meditem juntos pelo menos uma vez por semana e vocês perceberão o bem que fará ao casamento cuidar da espiritualidade.

  • Leia: Como a fé pode unir o casal e melhorar o casamento

  • 3. Intimidade intelectual

  • Envolve a compreensão mútua das diferentes áreas do seu casamento. A maneira de criar os filhos, que valores sua família considera importantes, se querem ter um orçamento, poupar para algo especial, criar metas juntos num ambiente seguro para se discutir.

  • Advertisement
  • Uma boa maneira de conseguir essa intimidade intelectual é através do aprendizado conjunto de como fazer uma planilha, criar um plano de metas ou ler um livro juntos.

  • 4. Intimidade financeira

  • Sem uma boa intimidade financeira seu casamento corre sério risco, já que dinheiro costuma ser a causa nº 2 do divórcio. E o que significa ser íntimo financeiramente? Significa bem mais do que dividir as contas. É necessário compartilhar sua vida financeira com seu cônjuge. Um deve saber o quanto o outro ganha e juntos fazerem um orçamento, metas financeiras, estipular gastos e não fazer dívidas sem acordo prévio.

  • 5. Intimidade recreativa

  • Isso não significa gostarem das mesmas coisas ou compartilharem os mesmos hobbies, mas fazer juntos algo que ambos apreciam. Seja cozinhar uma receita nova, dar uma volta para caminhar e conversar, jardinagem, escalada, acampar, aulas de dança, enfim... O importante é que seja algo que ambos apreciem, que permita conversar, rir, se divertir e ficarem mais próximos.

  • 6. Intimidade física

  • Significa a liberdade e tranquilidade em tocar e se deixar ser tocado. A confiança de dar um abraço por trás, segurar as mãos do outro enquanto assiste à TV. Procurar os braços do seu par quando precisa apenas ser abraçado. Beijar quando se tem vontade, massagear os ombros, aquecer os pés nos pés do outro, dormir de conchinha e tantos outros toques não sexuais que mostram que o casal tem intimidade e aprecia o toque um do outro.

  • A intimidade sexual é fundamental para um casamento feliz, mas não é somente o ato em si, o sexo começa no dia a dia, na maneira como se tratam e se amam. Uma intimidade forte fora da cama é o caminho para uma maior intimidade sexual e um casamento mais satisfatório e duradouro.

  • Leia: 10 princípios essenciais para a verdadeira intimidade

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

6 formas de intimidade que não tem a ver com sexo

Quando se fala em intimidade a primeira coisa que vem à mente é a intimidade sexual. Mas, intimidade não é só sexo.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr