Como apoiar um parente doente

Lidar com doenças é desafiador, rouba as forças do doente e pode até nos esmagar emocionalmente, por isso se faz necessário alguns cuidados especiais não só com o parente doente, mas com nós mesmos.

1,551 views   |   22 shares
  • "Pessoas 'fortes' também precisam de abraços", esta foi a frase postada no perfil da Jane, uma das preciosidades que Deus enviou para a terra.

  • Jane é uma mulher independente, casada, mãe de uma linda menina. Além de suas responsabilidades como profissional, esposa e mãe, todos os dias no final da tarde, ela deixa tudo para ir ajudar seu pai a cuidar de sua irmã mais velha acamada, vítima do Lúpus. A irmã mais velha só permite que a caçula lhe dê banho, faça suas unhas e a deixe perfumada. E as coisas não acabam aí, ela também auxiliava seu pai no cuidado com sua mãe que passou sua vida acometida a uma cadeira de rodas, devido à negligência de um jovem alcoolizado, infelizmente, no dia 2 de abril deste ano, sua mãe faleceu após uma cirurgia de redução no estômago.

  • No início de seu casamento, o marido estava um pouco cansado com a situação, mas Jane foi firme e lhe disse: Não me peça para escolher entre você ou minha mãe e irmã, você sabia de minha situação quando me escolheu para esposa, estou fazendo o meu melhor, não vou lhe obrigar a ficar, por mais que eu te ame, mas eu nunca irei abandoná-los por nada nem por ninguém. Foi ali que o marido percebeu a valiosa mulher que estava ao lado dele. Se ela fazia isso pela mãe e irmã, imagina o que faria por ele. Ele não só permaneceu casado, mas passou ajudá-la em seus afazeres para aliviar sua carga.

  • Cuidar de um parente doente é um fardo pesado e difícil de ser suportado e exige sacrifício, mas assim como nossa heroína Jane, precisamos ser fortes, porque nosso ente querido não pediu para estar acamado, não pediu para ter uma depressão, um transtorno bipolar, um câncer ou qualquer outra doença que lhe roube as forças, assim como nós também não pedimos para ficarmos doentes. Faz parte dos testes da vida.

  • Existem alguns passos que podem nos auxiliar no apoio a um ente querido enfermo. São eles:

  • 1. Aceitação

  • Aceitar que a pessoa que você ama está doente é um dos passos mais dolorosos para lidar com a situação. Querer fugir do problema, evitando o assunto, só tende a piorar as coisas, acabando por enfraquecer o emocional do doente. A doença costuma não só roubar a saúde, mas as expectativas e sonhos de toda família, por isso que aqueles que estão saudáveis, precisam oferecer apoio e sua presença constante na vida da pessoa amada, assim ela terá motivos pelo que lutar e por quem lutar.

  • Advertisement
  • 2. Ajudar e buscar ajuda

  • A doença enfraquece o corpo e dependendo do tipo de doença a pessoa pode se enfraquecer mentalmente, ela irá precisar de sua paciência, cuidado e amor.

  • Haverá dias que ela estará irritada, desanimada e até agressiva. Seja tolerante, tenha certeza que não é a intenção dela te magoar, ela só está cansada do sofrimento que está passando.

  • Lembre-se que por mais que você se esforce, você não é de "ferro", pode acontecer de você se enfraquecer e até se desesperar com o sofrimento da pessoa amada. Quando isso surgir, não se envergonhe, peça ajuda, há profissionais especializados para ajudá-lo. Também busque um apoio familiar para lhe ouvir e lhe direcionar. Você não precisa carregar o fardo sozinho.

  • 3. Integre toda família

  • Por mais doloroso que seja contar aos filhos que o pai ou a mãe está doente, eles merecem saber. Pode acontecer deles se revoltarem, mas com paciência de sua parte e uma boa comunicação, você irá acalmá-los e ter novos aliados para lhe ajudar neste período.

  • Ter toda família envolvida nos bons e nos maus momentos é o que faz a vida valer a pena.

  • 4. Ame o doente

  • "Quando a gente ama, é claro que a gente cuida". Sim, se você ama, você irá cuidar, irá incentivar o tratamento, a fisioterapia, fará o que for preciso para ver a pessoa amada curada, sorrindo e voltando para casa. Talvez ela não seja curada e você tenha que dizer adeus, por mais doloroso que seja o momento da despedida, ao menos você poderá olhar nos olhos dela e ter a certeza de que você fez o seu tudo por ela e é certo de que, antes de partir, é do seu lado que ela vai querer estar. Ela não sentirá medo de fechar os olhos, porque estará em paz, já que sabe que está levando o melhor da vida e deixando o seu melhor, pois o amor que vocês possuem é recíproco e será eterno.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.

Como apoiar um parente doente

Lidar com doenças é desafiador, rouba as forças do doente e pode até nos esmagar emocionalmente, por isso se faz necessário alguns cuidados especiais não só com o parente doente, mas com nós mesmos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr