Não deixe seu coração sofrer: Aprenda a perdoar o mal no mundo

Joyce Meyer disse: "Encher-se de amargura e rancor é como beber veneno esperando que ele mate seus inimigos." Quando você não está disposto a perdoar e deixar ir a dor, apenas está se machucando ainda mais.

4,088 views   |   13 shares
  • Depois de uma notícia sobre um trágico acontecimento recente, uma amiga querida fez uma pergunta pungente sobre como ela poderia perdoar esse mal. Em face de todo o mal que nos rodeia, é fácil ser puxado para baixo, bem como questionar qual o papel que o perdão desempenha em nossas próprias vidas.

  • Aqui estão cinco maneiras de deixar o perdão curar suas feridas:

  • 1. Entenda que sempre haverá o mal neste mundo

  • Até Cristo voltar, o mal será parte da experiência terrena. Quando Adão e Eva comeram do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, isso lhes permitiu compreender verdadeiramente o bem porque puderam conhecer o mal. Há uma canção intitulada "Simple Equation" da banda Madness, cujo refrão diz em parte: "Sem baixo, não há alto [...] o dia que separa a noite. É nas sombras que reconhecemos a luz."

  • Cada indivíduo tem o dom de escolher o bem ou o mal. No Antigo Testamento, o profeta Josué afirmou o que cada um deveria fazer "Escolhei hoje a quem servireis." (Josué 24:15) Como cada um tem o dom de escolha, devemos permitir que cada um o exerça de acordo com seu livre arbítrio. Isso não significa desculpar o comportamento errado. Na verdade, cada um deve enfrentar as consequências do próprio pecado. Mas, é preciso lembrar que parte da nossa experiência na terra será lidar com as escolhas erradas dos outros. Lewis B. Smedes disse: "Perdão é uma invenção de Deus para conciliar um mundo em que, apesar de suas melhores intenções, as pessoas são injustas com o outro e machucam um ao outro profundamente."(Perdoe e esqueça: Curando as feridas não merecidas)

  • 2. Saiba que todo mundo deseja ser perdoado

  • O Salvador disse: "Se vós não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai não vos perdoará as vossas." (Mateus 6:15) Ao perdoar os outros por seus pecados contra você mesmo ou a outrem, você está manifestando o seu discipulado. George Herbert disse: "Aquele que não consegue perdoar aos outros, destrói a ponte sobre a qual ele mesmo terá que passar se quiser chegar ao céu, pois todos têm necessidade de ser perdoados".

  • 3. Mesmo se você não consiga dizer as palavras: "Eu te perdoo", perdoe assim mesmo

  • Corrie ten Boom foi uma mulher holandesa que escondeu judeus dos nazistas. Ela foi presa e passou um tempo em um campo de concentração. Depois da guerra, viajou por toda a Europa falando sobre o perdão e o papel de Cristo em nossas vidas. Depois de um discurso, ela foi abordada por um ex-agente da SS que tinha sido um de seus carcereiros. Ele estendeu a mão para cumprimentá-la e Corrie percebeu que não conseguia responder ao gesto. Então, ela fez uma oração silenciosa, "Jesus, eu não consigo perdoá-lo. Perdoe-me." Então ao tomar sua mão, ela disse que uma coisa incrível aconteceu"Desde meu ombro ao longo do meu braço até minha mão uma corrente parecia passar de mim para ele, enquanto do meu coração saltou um amor por este estranho que quase tomou conta de mim." (The Hiding Place, p. 238)

  • Advertisement
  • 4. Deixe de lado a raiva, os ressentimentos e mágoas

  • Quando você abriga ressentimentos desse tipo está apenas prejudicando a si mesmo e atrasando seu próprio crescimento espiritual. Dr. Sidney Simon disse: "Perdoar é libertar-se e fazer melhor uso da energia consumida uma vez por rancores, ressentimentos e mágoas. É redescobrir as forças que sempre tivemos e redirecionar nossa capacidade ilimitada para compreender e aceitar os outros e a nós mesmos”.

  • 5. Aprenda a "fazer o bem aos que vos odeiam, e orar pelos que vos maltratam."

  • (Mateus 5:44) O melhor exemplo disso ocorreu na comunidade Amish, no estado da Pensilvânia, (EUA) em 2006. Em resposta a um horrível acontecimento em que um homem entrou em uma escola e atirou em 10 meninas, matando cinco e ferindo as outras, a comunidade Amish estendeu a mão para a família do atirador, comparecendo aos seus serviços fúnebres e convidando-os para os de suas filhas e até mesmo partilhando, com eles, recursos enviados para as famílias das vítimas. Eles foram capazes de reagir dessa maneira porque veem a si mesmos como discípulos de Cristo e querem viver seus ensinamentos totalmente.

  • Joyce Meyer disse: "Encher-se de amargura e rancor é como beber veneno esperando que o inimigo morra." Quando você não está disposto a perdoar e deixar ir a dor, apenas está se machucando ainda mais. Não se detenha no negativo e no mal do mundo. Enfrente-o vivendo sua vida como Cristo quer que você a viva. Quando faz isso, é possível "não deixar seu coração sofrer", pois sua fé em Cristo o sustentará através de todas as provações da vida. (João 14:01)

  • Traduzido e adaptado por Stael pedrosa Metzger do original Let not your heart be troubled: Learning to forgive the evil in the world, de Robyn Carr.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Robyn Carr is a graduate of Brigham Young University, the mother of 5 and grandmother to 1. She currently lives in North Carolina.

Não deixe seu coração sofrer: Aprenda a perdoar o mal no mundo

Joyce Meyer disse: "Encher-se de amargura e rancor é como beber veneno esperando que ele mate seus inimigos." Quando você não está disposto a perdoar e deixar ir a dor, apenas está se machucando ainda mais.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr