10 coisas que você deve lembrar se passar por um divórcio

Superar e seguir em frente pode ser mais fácil lembrando destes itens, além de sempre ter a certeza de que Deus estará ao nosso lado.

4,886 views   |   17 shares
  • Passar por um divórcio pode ser doloroso e difícil de ser superado. Os desafios que a vida oferece são para crescimento pessoal e todos podem ser vencidos. É possível que o entendimento e aceitação demorem a chegar, porém um dia virão.

  • Há algumas coisas importantes que as pessoas podem se lembrar, caso passem por essa situação, que ajudam e tornam o sofrimento menor:

    1. Evitar falar do ex-cônjuge constantemente, seja contar a história da separação, detalhes ruins do casamento ou falar negativamente a respeito dele. As pessoas em volta até entendem que é necessário desabafar, mas uma hora a situação fica cansativa. Buscar ajuda psicológica e eliminar os pensamentos a respeito do ex-cônjuge ajudam bastante a esquecer e a encontrar alegria novamente.

    2. Não ceder à tentação de enviar SMS, e-mails ou outros tipos de mensagens ao ex-cônjuge reclamando da situação, culpando, acusando e desenvolvendo intrigas. Pode até atingir o acusado, porém, a maior carga negativa fica com quem envia as mensagens.

    3. Deixar de acompanhar a vida virtual do ex-cônjuge também é importante para o restabelecimento. Se não há procura em seus perfis, mas as postagens continuam aparecendo constantemente e incomodam, cogitar deixar de seguir ou mesmo desfazer a amizade pode ser uma ótima saída. Hoje há várias formas mais discretas de manter a amizade virtual necessária devido a filhos e outras ligações que não podem ser desfeitas junto com o casamento. Elaborar postagens como forma de concorrência com ele também não faz bem e todos percebem que vocês estão tentando provar ao outro que está se saindo melhor que ele.

    4. Vestir a pele de vítima tanto no falar quanto no agir não é adequado também. Ambos cometeram erros e possuem falhas, e mesmo que o ex-cônjuge tenha feito algo realmente comprometedor, não vale a pena se fazer de coitadinha. Avaliar o passado percebendo os erros cometidos também ajudam a ter um melhor relacionamento futuro. Forças para continuar a vida podem ser encontradas de diversas formas. O importante é levantar a cabeça e seguir em frente, deixando de lado o mimimi.

    5. Evitar concentrar os pensamentos em "como poderia ter sido se...", também é algo importante. O que passou não tem volta, o que foi dito não tem como ser retirado, não existe um corretor do passado nem máquina do tempo que funcione. Seguir em frente consciente de que as ações podem ser diferentes é muito melhor que remoer o tempo todo.

    6. Muitos lugares frequentados na época do casamento foram marcantes e carregam uma história. Deixar de ir a tais lembretes mantém o humor melhor e frequentar novos lugares desenvolvendo novas histórias ajudam na superação.

    7. O isolamento não faz bem a ninguém em época alguma ou qualquer circunstância. Ficar na frente da TV, em redes sociais, não sair de casa, pedindo para entregar tudo, não ver mais ninguém, tudo isso é uma grande armadilha que pode gerar ou aumentar a depressão. Um certo esforço nos primeiros dias para sair e continuar vivendo poderá ser necessário e importante. Depois fica mais fácil.

    8. Outra coisa necessária nesta fase é não ceder à tentação de suprir a tristeza com alimentação em demasia, ou o contrário, não comer quase nada. Distúrbios alimentares normalmente acompanham quadros depressivos e devem ser considerados e avaliados. Buscar ajuda pode ser necessário.

    9. Importante lembrar que ninguém deve satisfações às pessoas curiosas que estão à volta. É de grande maturidade deixar os outros pensarem o que quiserem a respeito do motivo que desuniu o casal sem ser afetado por isso. O tempo ajudará estes curiosos a entenderem sem que sejam necessárias explicações pessoais dos ex-cônjuges.

    10. Amigos e familiares darão suporte e apoio, mesmo que os pais se mostrem contra o divórcio. Eles sentem imenso amor e entenderão a razão. Há casos surpreendentes de pessoas que tinham vergonha de contar aos pais que estavam se separando por imaginarem que sua reação seria diferente da que realmente foi. Sem dúvida, todos têm pessoas ao redor que os amam e desejam o melhor para eles. Confiar e contar com estas pessoas maravilhosas sempre que necessário pode e deve ser feito.

  • Advertisement
  • Há muito mais a ser lembrado por quem passa por esta situação, especialmente quando há filhos. Superar e seguir em frente pode ser mais fácil lembrando destes itens, além de sempre ter a certeza de que Deus estará ao nosso lado e nos amará independente de nossas decisões estarem certas ou erradas. Buscar o aperfeiçoamento pessoal, independe de estar com alguém ao lado, é perfeitamente possível em qualquer circunstância que a vida nos oferece.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

10 coisas que você deve lembrar se passar por um divórcio

Superar e seguir em frente pode ser mais fácil lembrando destes itens, além de sempre ter a certeza de que Deus estará ao nosso lado.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr