8 coisas que você nunca deve fazer em uma DR

Discutir a relação é uma ferramenta importante para o entendimento entre os cônjuges, desde que se evite algumas atitudes totalmente inoportunas. Saiba quais.

3,940 views   |   38 shares
  • Muitos fazem piadas com as famosas DRs, mas discutir a relação é coisa muito séria e necessária para a harmonia do casal. O problema é quando os cônjuges se perdem e transformam o que seria um diálogo em brigas que só pioram qualquer situação.

  • Assista ao vídeo: DRs que funcionam

  • Listei algumas atitudes a serem evitadas no momento de conversar sobre a relação:

  • 1. Ser agressivo(a)

  • Se emoções negativas norteiam seus pensamentos não é momento de conversar. Frases do tipo "Você está louco" ou qualquer outra cujo teor demonstre enfrentamento vai fazer com que o seu cônjuge reaja. Uma briga é, então, quase certa. Melhor mesmo é esperar os ânimos esfriarem e conversar com afetividade.

  • 2. Ignorar seu cônjuge

  • Nada pode ser tão ofensivo do que ser ignorado, o sentimento de rejeição pode tomar proporções assombrosas. O silêncio injustificado cria frustração e desconecta os cônjuges, esfria e desgasta a relação. Quando menos se espera os cônjuges passam a ser dois estranhos que moram juntos.

  • 3. Culpar o outro

  • Não há nada de construtivo em "jogar" a culpa no outro, discutir relação não tem nada a ver com isso. Pense: se você já decretou que seu cônjuge é o culpado disso ou daquilo ele não terá motivação nenhuma para agir de forma diferente. Com isso você só vai conseguir que ele fique com raiva e das duas uma: ou vai ignorar você ou iniciar uma bela briga. A relação só perde com isso.

  • 4. Generalizar a discussão

  • Cada discussão precisa ter um objetivo próprio e bem definido ou vira uma repetição sem fim das mesmas coisas. Essa é uma das razões mais fortes dos cônjuges perderem a vontade de conversar. Frases do tipo: "Você sempre..." ou "Você nunca..." são totalmente destrutivas.

  • 5. Fazer "tempestade em copo d'água"

  • Tem gente que por qualquer coisa já quer chamar o cônjuge para uma DR; isso é muito enfadonho. A vida, no geral, já tem dramas suficientes, melhor não intensificar isso. Conversar é muito importante, mas algumas coisas podem ser relevadas. Diga alguns "sim" para o que é irrelevante para que o seu "não" tenha peso real quando necessário.

  • Advertisement
  • 6. Cuidado com a palavra "divórcio"

  • Tem gente que adora falar em divórcio para machucar o cônjuge que, certamente, se sente ameaçado. Esse tipo de atitude provoca incerteza e desconfiança, nada construtivo para o relacionamento. Se as DRs viram ameaças de divórcio perdem totalmente a razão de ser.

  • 7. Evitar qualquer tipo de comparação

  • É muito irritante ser comparado com outra pessoa, dizendo algo do tipo: "O marido da fulana é muito mais carinhoso que você" ou "A esposa do fulano é mais compreensiva que você". Isso é nitroglicerina pura e vai acabar estourando em briga, nada justifica comparar pessoas e situações.

  • 8. Não reconhecer as necessidades do cônjuge

  • Ironizar ou ridicularizar os sentimentos do cônjuge é o mesmo que cavar um abismo entre vocês. O mais importante nas DRs é exatamente entender as necessidades um do outro e a partir disso encontrar maneiras inteligentes de entrar num consenso que atenda a ambos.

  • O diálogo é uma grande ferramenta para o entendimento, sendo, portanto, essencial para a harmonia do casal, o ideal é que as DRs tenham sempre o formato de falar claramente o que se sente e ouvir com atenção um ao outro.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

8 coisas que você nunca deve fazer em uma DR

Discutir a relação é uma ferramenta importante para o entendimento entre os cônjuges, desde que se evite algumas atitudes totalmente inoportunas. Saiba quais.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr