Dê um fim ao sofrimento causado pela opinião alheia. Segredos para se libertar da mente dos outros.

Como realmente sou? Sou o que esperam de mim? Descubra quanto de importância você dá para a opinião dos outros.

1,736 views   |   17 shares
  • Na adolescência é normal a preocupação que surge com a visão que os outros têm sobre nós. É natural buscar uma aceitação no meio que desejamos fazer parte, e por não termos muita maturidade e experiência de vida, acabamos por copiar os outros.

  • Mas será que são somente os adolescentes que se preocupam com o que os outros pensam? Claro que não. Vivemos numa sociedade onde as pessoas muitas vezes estão mais preocupadas em parecer do que ser. E nos enganamos dando tanta importância a opiniões alheias. Se for criticada, se acostume com isso, pois vivemos em sociedade e a opinião de outro faz parte do viver em sociedade. Não mude sua maneira de agir devido a comentários realizados sobre você.

  • Você precisa ter bem forte em sua mente que a opinião de uma pessoa é somente mais uma opinião no mundo, não a fórmula da sua felicidade ou da verdade ou sobre o seu sucesso.

  • Não leve tão a sério o comentário alheio, pois você não sabe o tipo de vida e valores que tornaram tal ser humano como ele é. Não estou dizendo que não deve se importar com que os outros pensam, e sim que não deve moldar a vida para agradar aos outros.

    1. Procure se conhecer, saber o que lhe move a agir da maneira que anda agindo.

    2. Antes de agir sempre pense no que os outros podem pensar. Em pequenas e grandes decisões.

    3. Se sente presa ou vigiada?

    4. Você costuma agir realmente como gostaria?

  • Não há nada mais angustiante que a incerteza, então não desgaste sua energia tentando descobrir algo que além de não ter como descobrir não importa realmente. Desculpe lhe decepcionar, mas você não é tão importante quanto pensa, por mais que alguém pense em você umas 20 vezes por dia ainda assim não faz parte de 5% dos pensamentos dela.

  • O homem mais correto na história da humanidade, Jesus Cristo, não agradou a todos. Temos quatro estações no ano: verão, primavera, outono e inverno e nenhuma delas agrada a todos, então não se preocupe tanto com a opinião alheia.

  • Todos nós pensamos ou julgamos alguém em algum momento da nossa vida. Então, sua opinião mudou a vida de alguém? Alguém mudou completamente a maneira de agir devido a sua opinião ou pensamento? Não. Então é assim que deve funcionar na sua vida. Não se aprisione com o que talvez os outros achem sobre você. Algumas dicas para se libertar desse sofrimento:

  • Advertisement
    1. Tenha em sua mente que não será possível agradar a todos sendo natural. Então, se modificar para agradar o outro será mais difícil, desgastante e inútil.

    2. Você não precisa ser aplaudida em tudo que faz.

    3. Você precisa se conhecer. Reavaliar seus valores, metas e desejos. Um diário ajuda muito, para ver o quanto você amadurece em pensamento e visão da vida.

    4. Se amar, ter autoestima faz toda a diferença. Seja natural.

    5. Busque alguém que você admira para lhe ajudar nesse início de transição.

  • Se ao diagnosticar alguns fatores que demonstram essa necessidade de aceitação do outro, e não conseguir mudar isso sozinho(a) procure um profissional na área da saúde emocional/mental. Ele é a melhor pessoa para lhe ajudar na superação desse desafio.

  • Então que tipo de homem e mulher deverá ser?

  • Deverá ser feliz, sendo você mesmo e não se corrompendo.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Sempre atenta a buscar o que tiver de melhor para o enriquecimento pessoal e familiar, ama viajar e trocar informações por isso está sempre estudando.

Dê um fim ao sofrimento causado pela opinião alheia. Segredos para se libertar da mente dos outros.

Como realmente sou? Sou o que esperam de mim? Descubra quanto de importância você dá para a opinião dos outros.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr