10 truques de parentalidade que são geniais

Ser pai e mãe não é o mesmo que tornar-se pai e mãe, isso requer comprometimento e responsabilidade. E a parentalidade proporciona 10 coisas que são geniais.

908 views   |   15 shares
  • A palavra parentalidade é pouco conhecida no Brasil, mas é de grande uso em outros países de origem portuguesa, como Portugal; entretanto, tende futuramente a substituir o termo família.

  • A parentalidade refere-se a tornarem-se pais, mas de uma forma consciente, ela os faz pensar plenamente sobre suas responsabilidades. O casal deixa de ser apenas pai e mãe, mas assumem seus papéis parentais de tornarem-se pais e mães.

  • Esse envolvimento de tornarem-se pais, faz com que eles se empenhem e se comprometam a desempenharem suas funções. Os pais passam a ter plena consciência de estarem presentes na vida dos filhos, mantendo contato direto com eles, sem que um jogue a sua responsabilidade de pai ou de mãe para o outro.

  • O educar consciente dos pais é bem esclarecido, eles têm plena consciência de que suas atitudes valem mais que suas palavras e que os filhos seguirão o exemplo deles. Se forem pais fortes emocionalmente, eles terão filhos fortes.

  • As intenções desses pais são bem esclarecidas sobre o bem-estar dos filhos, eles sabem que precisam cuidar de sua própria autoestima, pois se eles estiverem bem, os filhos ficarão bem. Ambos agem com clareza mental, assegurando a satisfação das principais emoções e necessidades dos filhos e suas limitações, sem usar de violência ou castigos desnecessários. Eles orientam e educam da maneira apropriada, impondo regras e manifestando o amor incondicional que possibilitará o pleno bem-estar e desenvolvimento dos filhos.

  • Existem 10 truques de parentalidade que são geniais:

  • 1. Sorria

  • Sim, crianças costumam ser arteiras por muitos motivos, muitas das vezes é para chamar a atenção dos pais. Algumas delas são hiperativas e há aquelas que bagunçar faz parte de sua natureza. Mas, isso não será motivo para se desesperar e nem chorar como muitos pais o fazem, procure o lado bom das coisas.

  • Todas as bagunças têm algo divertido, ao invés de reclamar, foque no lado positivo. Um exemplo disso: A filha pegou sua maquiagem e se pintou toda, ao invés de ficar brava, dê boas risadas desse momento, pois é provável que ela tenha ficado com cara de "palhacinha." Procure tirar fotos, lembranças assim são únicas. E quando estiver tranquila, explique a ela o porquê de não mexer nas coisas da mamãe.

  • 2. Elogie

  • Advertisement
  • Os filhos precisam ser elogiados, constantemente, e cabe aos pais fazê-lo, pois eles carecem da aprovação deles. Por essa atitude vinda por parte dos pais, isso fará com que os filhos sintam-se seguros e amados. E, quando surgirem desafios no qual eles não saibam qual a escolha certa a fazer, será nos pais que eles buscarão conselhos.

  • 3. Erros

  • Toda criança tem a certeza de que os pais são as pessoas mais fortes e corretas do mundo. É fundamental que os pais se permitam errar para que os filhos percebam que mesmo as pessoas que eles acreditam serem perfeitas também vão falhar, assim sendo, eles serão capazes de assumir e aceitar suas próprias falhas e das pessoas a sua volta.

  • 4. Exemplo

  • A maioria dos pais usa as palavras para exigir dos filhos um comportamento exemplar, quando eles mesmos não vivem nada daquilo. No entanto, o pai e mãe que tornam-se pais, procuram viver o que falam, e seus filhos automaticamente, agem da mesma forma que eles, não porque os pais mandaram, mas sim, porque eles viram seus pais fazerem.

  • Um exemplo disso: Se os pais não querem que os filhos falem palavrões, quando na verdade eles são os primeiros a falarem, dificilmente os filhos não irão copiar seus atos. O melhor a se fazer é encontrar um meio de se policiarem.

  • 5. Sejam presentes

  • Algumas pessoas acreditam que depois que o filho aprende a andar ou tornam-se adultos eles não carecem mais de afeto; engana-se quem assim pensa, eles carecem de muito carinho e cuidado, porque o amor é necessário até o último instante de vida.

  • Se o seu filho precisa de colo com 3 anos, você dará e mesmo que ele se torne um adulto de 30 anos e ainda lhe peça um "colo", você deve fazê-lo. E se o cônjuge também desejar é certo dar-lhe também, pois essas necessidades são parte do que nos mantém seguros, pois nos foram inseridas dentro de nós desde a nossa infância.

  • 6. Não ter medo

  • Os pais precisam enfrentar seus medos para que eles tornem-se pais, e isso requer deles muita coragem e sabedoria para desenvolverem suas funções com comprometimento e responsabilidade sobre o papel de cada um.

  • Ter um ponto de equilíbrio e uma válvula de escape para afugentar os medos se faz necessário na vida desses pais. Assim sendo, eles terão a certeza que se fizerem o seu melhor, os filhos sempre encontrarão neles o seu porto seguro, e que nesse porto, o amor incondicional será indissolúvel.

  • Então, eles poderão crescer homens e mulheres felizes, porque tiveram as bases necessárias para tornarem-se as pessoas que são.

  • Advertisement
  • 7. Assumir responsabilidades

  • Tanto os pais como os filhos precisam viver o princípio da responsabilidade sobre suas ações.

  • Os pais que se comprometem com a família, ensinam os filhos o valor de assumir os compromissos.

  • Existem pais que tentam poupar os filhos de seus próprios atos, independente de qual seja a idade dos filhos, cabe ao pais ajudá-los a assumirem seus erros. E na hora da correção os pais jamais devem usar de violência, pois isso fará com que os filhos se escondam nas mentiras, devido ao medo.

  • Quando os pais respeitam e se importam com o bem-estar dos filhos em todos os aspectos, esses filhos na vida adulta farão boas escolhas e não se sentirão intimidados sobre suas responsabilidades de assumirem suas faltas e sempre dizerem a verdade.

  • 8. Saiba ouvir e saiba falar

  • Usar as palavras certas na comunicação com os filhos e saber silenciar quando preciso é uma forma de demonstrar respeito e amor por eles. Às vezes, eles só querem encontrar no pai ou na mãe, aquele amigo que sabe atentamente ouvir e, pacientemente, orientá-los em suas dúvidas e anseios.

  • Olhar nos olhos deles, desligar o celular, televisão e sair da frente do computador é uma maneira de dizer aos filhos que sim, você se importa com cada palavra que eles dizem e que nada no mundo é mais importante do que aquele momento em que você está junto dele. Quanto ao falar, o melhor a ser feito não é dizer o que eles precisam fazer, mas, ajudá-los a encontrar suas próprias respostas. Eles são capazes e cabe aos pais lembrá-los disso.

  • 9. Perdão e compaixão

  • Ensinar os filhos a enxergarem as consequências de suas escolhas é o dever dos pais, mas viver punindo eles por um erro que eles já pagaram, se torna desumano e os pais devem não só ensinar, e sim, colocar em prática os princípios de perdão e compaixão.

  • Escolher humilhar os filhos em público para que se sintam envergonhados e ainda acreditem que a vergonha é benéfica e que proporciona a cura para os erros dos filhos é uma atitude equivocada, esses pais estão ausentes de amor e ainda não tornaram-se pais de verdade, pois aqueles que tornam-se pais, sabem que o perdão e a compaixão pelos filhos são tão necessários quanto a responsabilidade de ensinarem a assumirem seus atos.

  • 10. Amar

  • Os pais podem proporcionar os melhores ensinamentos para que seus filhos tenham boa conduta na vida como também podem presenteá-los com muitas coisas. Entretanto, nada disso terá valor algum se o princípio de amar e ser amado não estiver presente no relacionamento familiar.

  • Advertisement
  • Sabe-se que mais do que palavras, o amor em si requer atitudes, no entanto, quando se trata dos filhos é importante que os pais digam-lhes muitas vezes o quanto os amam, pois os filhos carecem de ouvir "eu te amo".

  • Os filhos saberão que são fortes, corajosos e que podem superar todas as coisas, porque o amor que esses pais transmitem aos filhos tem o poder de fazê-los melhores.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.

10 truques de parentalidade que são geniais

Ser pai e mãe não é o mesmo que tornar-se pai e mãe, isso requer comprometimento e responsabilidade. E a parentalidade proporciona 10 coisas que são geniais.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr