O arrependimento não é o fim, é o começo

Encare seus arrependimentos de forma positiva e construtiva, este artigo vai lhe mostrar como.

1,337 views   |   35 shares
  • Todo mundo comete erros e, consequentemente, experimenta o arrependimento em algum momento da vida. Segundo a psicóloga Ana Cruz escreveu: "O arrependimento é uma resposta emocional diante da consciência dos prejuízos causados para si e/ou para outrem a partir das suas decisões e é 'mui' amigo de um sujeito chamado sentimento de culpa". Reconhecer-se em erro provoca grande dor e a culpa pode ser extremamente danosa para a vida de qualquer pessoa.

  • A culpa surge pela ótica de que o arrependimento é o fim, entender o arrependimento como o início de uma nova fase muda radicalmente a situação. Nesse sentido, o remorso pode ser transformado em alívio e se tornar uma alavanca de saída do erro. Você está passando por isso e não sabe como agir? Pensemos em algumas formas:

  • 1. Livre-se da culpa

  • Lamentar-se pelas faltas cometidas não leva ninguém a lugar nenhum; penitenciar-se não ajudará o trabalho que você tem pela frente de sanar com os prejuízos que suas ações provocaram. Arrependimento só é louvável se significar mudança.

  • É muito triste quando a pessoa se envolve negativamente no remorso e se transforma em vítima sem levar em conta o sentimento de seus afetos. Dessa forma, além do erro cometido, ainda faz com que o peso da própria dor recaia sobre amigos e familiares.

  • 2. Encare a situação

  • Lamúrias esquecidas, agora é assumir a responsabilidade por seus atos, procurando formas efetivas de redimir-se. Conforme consta em minha coletânea de pensamentos no site: Ninguém está livre de errar e provocar sofrimento, mas redimir-se é essencial ao homem de bom caráter. Claro que você tem vergonha por ter agido de forma discordante de seus valores, mas vergonhoso mesmo é não fazer nada em relação a isso.

  • 3. Peça perdão

  • O arrependimento que visa a mudança tem por consequência o autoperdão e a busca de ser perdoado. Não se sinta humilhado por reconhecer publicamente seu erro e buscar pelo perdão dos que você, de alguma forma, tenha prejudicado. O orgulho exacerbado desvia as pessoas da remissão de seus atos nefastos; isso sim é vergonhoso e ignóbil. Pedir perdão revela nobreza de sentimentos e predispõe a pessoa a não repetir o erro, mesmo que o prejudicado opte por guardar mágoa.

  • Advertisement
  • 4. Aprenda com a experiência

  • Dizem que é errando que se aprende, se teve que ser por essa via, então tire o máximo de aprendizado disso. Aproveite a dor de se ver em erro para não querer que se repita, isso é sabedoria. Comprometa-se com a mudança e analise quais as atitudes que precisam ser evitadas para que você não recorra no erro. Se você for capaz de aprender com seus erros, eles podem representar o impulso necessário para o seu crescimento.

  • Os erros são fonte de grande aprendizado e o arrependimento passa a ser positivo quando existe a conscientização das faltas cometidas e a determinação da mudança. Por isso, o arrependimento não deve ser encarado como um fim, e sim como o começo de uma nova e promissora fase da vida.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

O arrependimento não é o fim, é o começo

Encare seus arrependimentos de forma positiva e construtiva, este artigo vai lhe mostrar como.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr