5 lições que você pode ensinar a seus filhos ao irem juntos a partidas de futebol

Ao levar seus filhos para assistir a uma partida de futebol, não desperdice a oportunidade de ensinar-lhes estas valiosas lições. São ensinamentos que eles levarão para a vida!

18,664 views   |   216 shares
  • Levar seus filhos a um estádio de futebol para torcer pelo time do coração poderia ser uma atividade em família como outra qualquer, exceto se você for o tipo de pai ou mãe que se preocupa em tirar grandes lições das experiências que tem, e, principalmente, transmiti-las a seus filhos. Se este for seu caso, você não pode deixar passar estas 5 lições valiosas:

  • 1. Valorizar o tempo em família e as atividades familiares

  • Quando você reserva tempo para sair com seus filhos, seja a uma partida de futebol ou a um passeio de bicicleta, por exemplo, uma lição que está sendo ensinada - e eles a levarão para a vida - é que sair em família, passar tempo com ela, é tão importante para você quanto trabalhar e cumprir suas obrigações cotidianas. Se o(a) virem sorrindo, divertindo-se nesses momentos, eles reconhecerão o prazer que você sente por estar em sua companhia. Eles irão se sentir amados e valorizados.

  • Quando tiverem suas próprias famílias, eles tenderão a imitar seus exemplos de sucesso. Imagine quantas gerações você poderá influenciar através de uma simples atividade em família.

  • 2. Torcer a favor e não contra, demonstrando empatia e compaixão pelo adversário

  • Pode parecer contraditório, mas torcer pelo time do coração é diferente de torcer contra o adversário. Focar na derrota do oponente, isto é, não se dar por satisfeito até que ele saia humilhado de campo, passa uma mensagem de vingança e ódio, o que acaba gerando preconceito, perseguição e desejo de destruição.

  • É importante deixar seus filhos cientes de que, apesar de torcer pela vitória de seu time, você não quer o mal do time adversário. E algumas maneiras de fazê-los compreenderem isso, é condoer-se quando um de seus jogadores se machuca, ou chamar atenção para seus rostos tristes por terem perdido a partida. Eles precisam saber que por trás de cada escudo bordado nas camisetas adversárias há um coração de um pai, filho, esposo ou irmão, que gostaria de ter feito sua família feliz naquele dia.

  • E a lição que tirarão disso fará toda a diferença ao longo da vida. Eles não verão como inimigos aqueles com quem vierem a disputar uma partida esportiva qualquer, uma vaga de trabalho, uma promoção etc.

  • 3. Lealdade também na derrota

  • Quando o time ganha, é ovacionado, exaltado. Mas, e quando perde? Manter-se leal ao seu time na derrota ensina uma valiosa lição: nem sempre aqueles que amamos, em quem confiamos, sairão vitoriosos e corresponderão às nossas expectativas. Eles poderão "pisar na bola", ser derrotados e, mesmo, causar-nos decepções. Mas o nosso apoio será um forte incentivo para que se reergam e lutem em busca da vitória. É uma lição aplicável a todas as relações interpessoais.

  • Advertisement
  • 4. Aprender com as derrotas

  • Há dias de vitória e de derrota, dentro e fora dos campos. Como poderíamos valorizar o doce se jamais houvéssemos provado o amargo? Além de o fracasso ser parte natural da vida, pois é impossível (e seria entediante) vencer sempre, ele nos ajuda a desenvolver atributos nobres, como humildade, empatia, compaixão. Além disso, é depois da derrota que se pode dar a volta por cima e "virar o jogo". Poucas coisas geram mais entusiasmo do que abraçar novas oportunidades.

  • 5. Controlar as emoções e respeitar as diferenças

  • Quem nunca "zoou" um amigo torcedor do time adversário depois da derrota do seu time, ou gabou-se pela vitória do próprio time? É natural entre as torcidas e pode até ser divertido, desde que dentro dos limites do bom senso. Infelizmente, há aqueles que não levam a derrota, nem mesmo a vitória, na esportiva. Enaltecem a rivalidade a ponto de levá-la para o lado pessoal, o que acaba resultando em brigas e insultos, dentro e fora dos estádios, além de depredações e ofensas nas redes sociais.

  • Como pai ou mãe, você precisa deixar claro que qualquer forma de insulto ou violência é inaceitável. E o equilíbrio deve começar por você. Ao controlar suas emoções, evitando acessos de raiva - que costumam ser extravasados por meio de ofensas aos jogadores do time oponente, ao juiz e aos torcedores do time adversário - você estará demonstrando que é possível manter o controle mesmo com a adrenalina nas alturas, e que deve haver respeito ao próximo sempre, independente das circunstâncias e de "que lado do campo" ele esteja.

  • Pela forma como controla suas emoções, e o incentivo que dá a seus filhos para fazerem o mesmo, você poderá ajudar a educar uma geração mais tolerante e pacífica, não só dentro dos estádios, mas para a vida.

  • Aí estão mensagens importantíssimas que, caso os pais se empenhem em transmitir a seus filhos - principalmente por meio de seu exemplo, tornarão os estádios locais mais seguros para toda a família. Além de ajudarem os filhos a se tornarem mais bondosos e empáticos, e a aprenderem a lidar com a frustração.

  • A Centauro, cujo compromisso é apoiar a democratização do esporte em nosso país, é uma defensora ferrenha da paz e harmonia nos estádios de futebol, principalmente através da presença de mais famílias em jogos. Visite sua loja virtual, escolha a camiseta e os acessórios do time do coração e vá aos estádios torcer pacificamente com sua família.

  • Advertisement
  • Não deixe de participar de nosso teste:

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

Advertisement
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr