Como a depressão está afetando o seu relacionamento

Ninguém está livre de ter depressão um dia, isso é um fato. Mas além de afetar o indivíduo, ela pode afetar as pessoas que estão ao redor, saiba como.

1,725 views   |   15 shares
  • Sabemos que a primeira pessoa a ser afetada pela depressão é o próprio indivíduo que a retém. Assim como em qualquer outra doença, podendo ser permanente ou episódica, a depressão possui diversos tratamentos dependendo de cada caso clínico.

  • Mas no que se refere à depressão, a doença está escondida na mente do indivíduo e muitas vezes não basta apenas tratar o indivíduo, mas também as pessoas imediatamente próximas: a família.

  • Concordamos que a família, que sejam filhos, pais ou cônjuges, são afetados juntamente com o paciente, não apenas pela preocupação com o bem-estar daquele que está sofrendo com a doença, mas também pelos efeitos que esta doença causa no indivíduo e no ambiente familiar.

  • 1. Identifique

  • Primeiramente é bom se certificar de que realmente seja depressão. Para isso, observe se aparece estes sintomas: mudanças bruscas no humor, alteração do sono, perda ou ganho de apetite, desinteresse, perda da vontade de viver ou menosprezar a própria vida, baixa autoestima, frustração, impotência, apatia, entre outros. Lembre-se que é sempre recomendado a opinião de um especialista para que seja dado o diagnóstico e tratamentos adequados.

  • Uma vez estabelecido o fato que a depressão existe e está presente em nosso meio, como identificar e impedir que ela afete nossos relacionamentos?

  • 2. Observe-se e observe ao seu redor

  • Se você notar que está brigando e se irritando excessivamente com as pessoas ao seu redor por motivos sem muita importância ou sentindo um repentino e profundo desinteresse nas pessoas que lhe cercam, este pode ser um sinal que a depressão está agindo e afetando drasticamente seus relacionamentos.

  • 3. Autoavaliação

  • Caso você seja a pessoa depressiva, mantenha-se alerta a estes sintomas e se policie para que isto não desgaste seus relacionamentos. Tente sempre ter em mente que independente do problema que você tenha, quer seja depressão ou qualquer outro, as pessoas ao seu redor podem lhe ajudar e lhe apoiar sempre que precisar, mas nem por isso elas devem ser tratadas como sacos de pancada, onde descontamos todas as nossas insatisfações e frustrações.

  • É bom sempre se lembrar que a ajuda dessas pessoas é fundamental para nossa recuperação, e que a doença vai passar, mas devemos nos esforçar em não perder os vínculos com quem amamos. Isto também é uma questão que nos serve de ajuda para determinarmos nosso progresso.

  • Advertisement
  • No caso de você não ser a pessoa que sofre com a depressão, mas sim a pessoa com quem você se relaciona, lembre-se de que as palavras-chave para esta fase são PACIÊNCIA E COMPREENSÃO, se possível em grandes doses.

  • E nestes casos é sempre bom ter em mente que esta continua sendo a pessoa que você ama e se preocupa, apenas está enfrentando uma fase bastante ruim. O seu apoio pode ser fundamental para ela tal qual um alicerce bem feito em uma construção; se o alicerce for retirado ou abalado, toda a construção desmorona ou se compromete.

  • Por isso sejam pacientes uns com os outros e sempre procurem ajudas especializadas. Por mais que seja apenas uma fase, a depressão ainda é uma doença e precisa de acompanhamento.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Mayara Taguti é graduada em Direito pela Anhanguera Educadional, ama livros, música e cinema. É Assistente Jurídico em um Escritório de Advocacia, professora de inglês básico para alunos de todas as idades e ama o que faz.

Como a depressão está afetando o seu relacionamento

Ninguém está livre de ter depressão um dia, isso é um fato. Mas além de afetar o indivíduo, ela pode afetar as pessoas que estão ao redor, saiba como.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr