5 truques científicos para pedir desculpas

A ciência pode ajudar você a encontrar a melhor forma de ter êxito em seu pedido de desculpas.

1,523 views   |   16 shares
  • Saber pedir desculpas é fundamental para mantermos relacionamentos saudáveis e, principalmente, para nos sentirmos em paz. Até mesmo sem querer, muitas vezes, cometemos erros ou ofensas, ninguém está livre disso. A maneira como reagimos quando estamos errados fala muito sobre o nosso caráter.

  • As pessoas se sentem motivadas em manter a própria imagem inabalável, por isso assumir erros não é algo confortável. Ter que admitir que nossas palavras ou ações machucaram alguém ameaça o que consideramos ideal em nós mesmos e causa frustração. É como dizer: "Desculpa, eu não sou tão bom como gostaria". O fato é que essa é a verdade e precisamos aprender a lidar com a realidade de que sendo seres falíveis, em algum momento, teremos que nos desculpar com alguém.

  • Baseado em um estudo realizado pela Universidade de Ohio e liderada pelo pesquisador Roy Lewicki, enumerei atitudes consideradas eficazes no momento de se desculpar.

  • 1. Autenticidade

  • É fundamental que o pedido de desculpas seja a manifestação do seu genuíno sentimento de pesar pelo ocorrido. Uma autêntica demonstração que você está assumindo a responsabilidade pelo que fez e tem consciência das consequências.

  • 2. Que não seja uma troca

  • O único interesse do pedido deve ser a manifestação do que você sente por ter errado e nada mais, portanto, não espere nem mesmo ser desculpado(a). Importante ter em mente que pedir desculpas é um ato de quem falhou, desculpar é uma opção do outro que precisa ser respeitada.

  • 3. Não se perca em justificativas

  • Para não perder o foco o ideal é falar pouco, alongar a conversa pode fazer com que se perca o objetivo. Se existe alguma explicação plausível para o que fez, seja breve em expor. E muito cuidado para não inventar justificativas ou tentar distorcer as coisas do tipo: "Eu errei, mas você também não agiu certo comigo". Cuidado para que o pedido de desculpas não se transforme em cobrança e piore ainda mais a situação.

  • 4. Busque reparar seu erro

  • Não basta se arrepender e nem mesmo pedir desculpas, fundamental mesmo é transformar o arrependimento em ação. Portanto, sempre que for possível, faça algo que possa ser revertido de bem para a pessoa prejudicada. Ter a oportunidade de reparar um erro é engrandecedor e provoca grande paz.

  • Advertisement
  • 5. Mude o comportamento

  • Claro que é urgente pedir desculpas diante de nossas falhas, mas isso ainda não coloca fim na situação, o que realmente é efetivo é a mudança de comportamento, visando não cair mais no mesmo erro.

  • Ainda segundo o estudo, Lewicki considerou que o reconhecimento da responsabilidade é o que possui maior peso na escala de aceitação do pedido de desculpas. Assim, a admissão do erro deve ser o que move as ações citadas acima.

  • Em suma, para um pedido genuíno de desculpas é primordial que a pessoa tenha consciência que errou, deseje sinceramente reparar seu erro e manifeste seu sentimento de arrependimento para a pessoa ofendida ou, de alguma forma, prejudicada, mudando a sua maneira de agir.

  • Desculpar-se nunca vai ser divertido, mas a experiência também não tem de ser terrível e, com certeza, vale muito a pena!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

5 truques científicos para pedir desculpas

A ciência pode ajudar você a encontrar a melhor forma de ter êxito em seu pedido de desculpas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr