10 dicas básicas para superar uma traição

É possível sim superar uma traição quando o casal deseja e se empenha em conseguir.

2,805 views   |   19 shares
  • As razões para a traição são muitas e infelizmente acontece mais do que se imagina. Porém, aquele casal que deseja continuar junto pode vencer os traumas e até melhorar a relação superando o ocorrido.

  • Quando o casal verdadeiramente se ama e deseja permanecer junto, não haverá obstáculos para o sucesso, mesmo com dificuldades. A vida é repleta de fases e o amor pode superar todas as barreiras.

  • Mas para que isso aconteça e o casal fique bem após uma traição, algumas dicas são preciosas:

  • 1. Cuidar mais de si mesmo

  • Tanto para o traído quanto para o traidor, trabalhar consigo mesmo no ápice da dificuldade, que normalmente ocorre na descoberta, aumenta a autoestima e não permite que a culpa destrua o relacionamento consigo mesmo e com o parceiro. Dedicar um tempo para pensamentos construtivos como focar nos objetivos e planejar, traçar metas, buscar melhorar a saúde, enfim, ter um tempo a mais para si ajuda para que os dois consigam restabelecer a relação e superem o trauma.

  • 2. Perdoar sinceramente

  • O perdão não é não tocar mais no assunto, é aceitar que o companheiro teve uma fraqueza e que ele é um ser humano como qualquer outro, passivo de erros. Envolve a paz interior, tratar o cônjuge com amor, não ficar falando disso a todo o momento e muito menos para terceiros sobre a traição. E levar a vida adiante, vencendo a mágoa até que ela não exista mais.

  • 3. Evitar drama

  • É comum do ser humano preocupar-se demais com a opinião alheia. Sendo assim, para quem foi traído é muito mais fácil manter o papel de vítima. Mas a pessoa que faz isso demonstra fraqueza e o relacionamento complica à medida que o tempo vai passando, pois o cônjuge passa a imaginar que cada um dos amigos sabe do ocorrido e estarão do lado dele, podendo chegar ao ponto de ele não querer sair mais, não receber os amigos e querer se isolar de tudo e todos.

  • 4. Opiniões alheias

  • E já que estamos falando dos amigos, todos querem ajudar, e muitos acabam piorando a situação. É difícil saber até onde vai um bom conselho, já que são divergentes entre si e não existe sequer um que seja uma fórmula perfeita. Filtrar estas opiniões ou até evitar receber conselhos deixando de abordar o assunto e seguir o coração nas decisões talvez seja o melhor a fazer.

  • Advertisement
  • 5. Evitar a paranoia

  • Normalmente o cônjuge que foi traído sente uma insegurança enorme e passa a bisbilhotar a vida social e virtual do companheiro. O pensamento de que isso vai evitar uma recorrência é falso, afinal as pessoas são imprevisíveis. Amor também é confiança e se o casal optou por permanecer junto e superar, é necessário que as coisas voltem ao normal, sem desconfianças nem conversas ríspidas culpando o cônjuge de ter abalado a relação.

  • 6. Não planejar vingança

  • Para muitos esse é o melhor a fazer a fim de sentir paz, ou seja, pagar na mesma moeda. Porém, não funciona desta maneira e a vingança apenas promove mais negatividade para ambos, prejudicando ainda mais o casal. Aceitar permanecer juntos apenas para que o cônjuge sinta na pele o que o outro passou por uma traição não é bom para ninguém, ainda mais se houver filhos envolvidos. O relacionamento será superficial e cheio de rancor e depois da vingança o único desejo será o de nunca mais ver ou falar com o companheiro.

  • 7. Evitar extremos

  • Assim como se fechar e exigir que o cônjuge aceite a nova situação já que a culpa é dele, exagerar no tratamento carinhoso para forçar uma mudança também não é interessante. Continuar sendo quem realmente é, apenas crescendo com a superação, ajuda muito mais no relacionamento. É claro que metas podem ser traçadas a dois para que ajudem um ao outro a superar, mas agir completamente diferente da essência pessoal é mostra de insegurança.

  • 8. A vida dos outros é diferente

  • Observar casais que passaram por isso e superaram é ótimo para servir de exemplo, mas é preciso lembrar que as pessoas são diferentes e que nem sempre o que fez bem para um fará para outro. O melhor mesmo é sentar com seu cônjuge e abertamente falar de seus medos e dificuldades, sem culpar ou agredir, para que juntos tracem uma forma de vida personalizada a fim de vencerem seus desafios.

  • 9. Resguardar o relacionamento

  • Atitudes como sair contando para todos a traição e divulgar fotos ou vídeos comprometedores para se vingar do companheiro não ajudam a retomar a relação e ainda são passíveis de processos judiciais. Por outro lado, falar abertamente de como a situação foi superada e que a relação de vocês vai muito bem pode causar alguns problemas. A relação deve ser preservada entre o casal, isso evita negatividades e possíveis arrependimentos posteriores.

  • Advertisement
  • 10. Mudanças

  • Elas são um recomeço. Mudar os móveis, trocar de residência, sair com o cônjuge para conhecer novos locais, fazer novos amigos, iniciar uma academia a dois, mudanças sempre trazem renovação e novo ânimo.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

10 dicas básicas para superar uma traição

É possível sim superar uma traição quando o casal deseja e se empenha em conseguir.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr