6 razões para você perdoar seu cônjuge

O perdão é como o amor, quanto mais é exercido, mais se torna parte do ser que o concede.

2,707 views   |   33 shares
  • Não é fácil, mas perdoar ainda é o melhor se tratando de relacionamentos. Muitas vezes o desânimo se instala e a vontade de simplesmente desistir chega. Talvez estas razões ajudem nos momentos delicados e difíceis onde o perdão precisa ser exercido.

  • 1. Paz

  • A paz interior, no ambiente e entre o casal é realmente valiosa. Refletir sobre o que tem realmente mais importância ajuda nesta decisão. Muitas vezes o casal decide continuar de mal um com o outro, com olhares de mágoa e rancor, sem olhar nos olhos, sem tocar e sem dirigir a palavra um ao outro. Será que atitudes como essa realmente são construtivas para o casal? O perdão ofertado será muito mais proveitoso do que olhares de reprovação ou outras negatividades. E mesmo que a culpa não é sua, a paz interior que o perdão traz ganha de qualquer outro sentimento.

  • 2. Porque você também erra

  • Seres humanos são passíveis de erros e ninguém é perfeito. Sendo assim, quando há perdão para o cônjuge, ele acumula uma dívida para lhe retribuir o mesmo. Erros simples, mas que machucam a alma podem ser esquecidos e superados com o perdão mútuo. E a vida será assim, uma vez um errando, na outra o companheiro, e o perdão sendo concedido a cada um.

  • 3. Porque o casamento está em primeiro lugar na sua vida

  • Quem mantém este pensamento vai longe. Quando os esforços do casal se concentram em seu relacionamento, o que for necessário para que tudo fique bem será feito. E isso inclui dar o perdão independente da falta cometida. Mantendo o casamento como prioridade fica mais fácil resolver questões simples e corriqueiras. Perdoar sinceramente fará parte deste protocolo.

  • 4. Preceito

  • Caso tenha crescido em um ambiente cristão, conhece a importância do perdão no âmbito religioso. Perguntaram a Jesus quantas vezes deveriam perdoar a alguém uma ofensa, e a resposta do Mestre foi que fosse perdoado até setenta vezes sete. Há muitas interpretações para esta passagem, mas analisando o contexto a partir do que foi escrito apenas, devemos perdoar 490 vezes o mesmo erro da mesma pessoa. Refletindo sobre isso podemos supor que uma pessoa não consegue repetir o mesmo erro por tantas vezes, e fica claro que devemos perdoar a todos os erros de todas as pessoas. Com o cônjuge não é diferente.

  • Advertisement
  • 5. Amor

  • Quem ama perdoa, e essa frase já foi ouvida por todos algumas vezes. Mas a verdade é que o amor pode superar tudo, inclusive a mágoa adquirida através dos erros do cônjuge. E ao oferecer o perdão, o amor se fortalece e cria vínculos mais fortes ainda entre o casal. A tristeza pelo erro do cônjuge com certeza virá e poderá demorar um pouco, e só será vencida através do amor sincero e do perdão.

  • 6. Exemplo

  • Estamos sempre sendo observados e criticados. As pessoas notam aos outros com vários fins, para seguir o exemplo ou para passar a informação adiante. Por isso o melhor é fazer o certo, pode inspirar amigos, familiares, filhos e outras pessoas à volta.

  • O perdão é como o amor, quanto mais é exercido, mais se torna parte do ser que o concede.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

6 razões para você perdoar seu cônjuge

O perdão é como o amor, quanto mais é exercido, mais se torna parte do ser que o concede.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr