8 dicas essenciais para uma viagem romântica mundo afora

Viagens românticas são inesquecíveis. Basta escolher o destino que mais agrada o casal e saber economizar na hora de organizar a viagem. Veja aqui algumas dicas para que suas férias sejam perfeitas.

792 views   |   shares
  • Viajar, relaxar, visitar lugares paradisíacos, conhecer novas realidades, seja qual for seu principal objetivo, nada melhor que umas boas férias para renovar as energias. Mas, para montar um plano de viagem que caiba em seu orçamento e que seja exatamente o que sonhou você deve atentar a alguns pontos importantes. Este artigo visa ajudar você e seu parceiro a encontrar o melhor modo de passarem seus dias de férias onde desejarem, sem deixar a conta bancária no vermelho.

  • 1. Viagens para os EUA

  • Visitar os Estados Unidos é o sonho de muitas pessoas. Alguns desejam conhecer os parques temáticos de Orlando, outros preferem seguir para Nova Iorque e outros ainda desejam torrar um pouco de seu dinheiro nas compras em Miami. Independentemente do destino escolhido, a primeira coisa que você deve ter em mente é que tirar passaporte e visto para entrar nos EUA é algo demorado. Caso você esteja com o passaporte brasileiro vencido ou ainda não tenha um, saiba que demora alguns meses para que o documento esteja em suas mãos. Só então você deve comprar o pacote de viagem. Depois disso, o Consulado americano vista seu passaporte, autorizando que você entre em seu território. Portanto, se você deseja seguir para este país, tenha em mente que precisará realizar todos os trâmites com antecedência.

  • Uma vez escolhido o estado e a cidade de destino, vale a pena cotar os preços dos pacotes com mais de uma agência de viagem. Verifique também a opção de comprar passagens e estadias em separado. Se você acumula milha aérea ou pontos em cartões de crédito, pode ser financeiramente mais interessante que comprar um pacote.

  • Se você não pode ou não quer ficar em hotéis luxuosos, opte por locais mais simples, como hotéis mais baratos ou hostels. Você gasta menos com hospedagem e economiza para fazer suas compras, comer melhor e visitar mais lugares.

  • A temporada que vai ficar no país depende exclusivamente de quanto tem para gastar. Não se esqueça de fazer uma previsão de gastos antes de fechar a viagem. Assim, não gastará mais do que pode. Outro ponto importante quando falamos em dinheiro é o parceiro. Não o deixe constrangido fazendo contas somente de acordo com as suas possibilidades financeiras. Ele também deve participar e ter liberdade o suficiente para dizer que não pode pagar por tantos dias de férias ou pelo destino que você escolheu.

  • Advertisement
  • 2. Viagens para os países europeus

  • Viajar para a Europa é algo bem romântico e muito interessante para os brasileiros agora que o continente europeu está passando por crise econômica, pois os pacotes com este destino estão com os preços um pouco mais baixos. Contudo, os valores dos artigos nos países da Zona do Euro continuam caros.

  • Portanto, quem deseja fazer compras deve optar pelos EUA. A Europa é para aqueles que gostam de conhecer museus, grandes projetos arquitetônicos, obras artísticas consagradas e uma cultura de raízes muito antigas.

  • Como em qualquer viagem para o exterior, você precisa tirar o passaporte. Somente com ele você pode transitar pelos países que fazem parte da Zona do Euro. Basta carimbar o documento no país pelo qual está entrando no continente, que você terá total liberdade para circular por até 90 dias pelos seguintes países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grã-Bretanha, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia e Suécia, Croácia, Islândia, Noruega, Suíça e Rússia. Já, Sérvia, Bielorrússia e Moldávia exigem visto prévio.

  • Os viajantes que desejam conhecer vários locais podem optar por hospedagens que não pesem no orçamento, como albergues, hostels e os famosos Bed & Breakfast ingleses. Muitos deles não exigem reserva com muita antecedência e outros, tendo vaga no momento do check in, aceitam o viajante para uma ou mais noites.

  • Antes de se embrenhar pela Europa, saiba que é importante planejar a viagem com seu parceiro, escolhendo os locais que mais desejam conhecer, verificando a distância e os transportes disponíveis entre as cidades e os estabelecimentos existentes para hospedagem em cada ponto de parada. Com o trajeto montado, vocês podem ter uma ideia prévia do quanto irão gastar e de quanto tempo podem ficar em cada local.

  • Se vocês não têm ideia de como organizar a viagem, podem escolher pacotes nas agências de viagem ou mesmo conversar com algum amigo que já esteve na Europa e pedir ajuda para montarem o itinerário. Existem também vários guias que podem ser muito úteis na hora de decidir o que visitar.

  • 3. Viagens pelo Brasil

  • O turismo no Brasil é caro, mas pode valer a pena se você souber economizar nos itens como passagens e hospedagem. Dependendo do destino, opte por pousadas ou hostels (sim, existem estes estabelecimentos em diversas cidades brasileiras). Você ainda pode escolher viajar de carro, em vez de voar. Mas só faça esta escolha se suas férias forem longas, pois infelizmente as estradas do país não são bem conservadas, o que pode exigir redução drástica de velocidade em alguns trechos. Assim sendo, o cálculo do tempo gasto no deslocamento pode não ser confiável.

  • Advertisement
  • 4. Viagens pela América Central

  • A América Central tem locais muito bonitos a serem visitados e conhecer a cultura de algumas regiões é um verdadeiro aprendizado para o turista. Países como Jamaica, Cuba, México, Panamá, Belize e as ilhas do Caribe são destino certo para quem deseja ter experiências diferentes como vislumbrar o Canal do Panamá, o Buraco Azul (Belize), a beleza do povo jamaicano e aCatedral de Havana (Cuba), além de inúmeras outras coisas.

  • Lembre-se de que sem passaporte brasileiro não há como deixar o país. Porém, as únicas nações centrais que exigem um visto para entrada são Cuba, Jamaica, República Dominicana e Porto Rico.

  • Pesquise bem as acomodações, pois muitos dos países que você irá visitar não possuem bons hotéis ou albergues confiáveis. Para sua maior segurança, vale comprar um pacote em agência de turismo, pois ela conhece os melhores locais para hospedagem. Mesmo que você opte por não adquirir um pacote de viagem, ainda é importante pedir o auxílio de seu agente de viagens para montar um cronograma e reservar acomodações.

  • 5. Viagens pela América do Sul

  • Nenhum dos países da América do Sul exige visto para brasileiros. Mas o passaporte é necessário, já que é o único documento que comprova a origem e os dados de uma pessoa em qualquer parte do mundo. Assim como no nosso país, viajar para os vizinhos pode ser algo dispendioso. Então, organize suas finanças com antecedência para não ter surpresas durante a viagem. Além disso, evite visitar países que têm problemas com guerras de guerrilha.

  • 6. Viagens para a África

  • Este continente possui uma beleza infinita e o movimento turístico em seus países tem aumentado, principalmente quando há disponibilidade de observação da fauna local, como ocorre na África do Sul. Conhecer as pirâmides do Egito também é algo incrível. Contudo, a beleza das paisagens não esconde a pobreza extrema da maior parte da população africana. Então, você e seu parceiro devem ir preparados para encontrar pessoas que necessitam de muita ajuda humanitária.

  • Advertisement
  • 7. Viagens pela Ásia

  • Vale a pena conhecer a cultura dos asiáticos, pois é algo completamente diverso do que os ocidentais estão acostumados a ver. O Japão é interessante por causa da modernidade que se contrapõe aos rituais milenares. Esta dicotomia é capaz de nos ensinar que podemos evoluir sem esquecer nossas raízes. A Índia tem valor cultural inestimável, mas grande parte da população vive abaixo da linha de pobreza, o que pode ser um choque para o turista. A China é um motor da economia mundial, em franco crescimento. Conhecer suas engrenagens pode ser algo valioso, assim como suas obras arquitetônicas. Sugiro que os países em conflito, como Afeganistão e Coreia do Norte não entrem em seu roteiro, por questões de segurança.

  • 8. Viagens pela Oceania

  • Austrália e Nova Zelândia são os destinos mais disputados deste continente. Possuem cidades muito bonitas, praias lindas e o povo é afável. Contudo, essa é uma viagem um pouco cara. Comprar um pacote pode sair bem mais em conta que fazer tudo sozinha.

  • O destino da viagem é importante, pois você deve gastar seu tempo e dinheiro conhecendo locais e culturas que lhe despertem curiosidade. Mas, se você está planejando tirar férias com seu parceiro, não o deixe de lado na hora de decidir para onde vão. Sem a opinião dele, uma viagem que poderia ser prazerosa e divertida para ambos acaba se tornando motivo de afastamento entre o casal.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Fernanda Trida é jornalista, médica veterinária, dona de casa, esposa, mãe de Marcela, com três anos, e de João, com um ano de idade.

8 dicas essenciais para uma viagem romântica mundo afora

Viagens românticas são inesquecíveis. Basta escolher o destino que mais agrada o casal e saber economizar na hora de organizar a viagem. Veja aqui algumas dicas para que suas férias sejam perfeitas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr