10 sintomas perigosos em bebês (vá ao médico o mais rápido possível)

Alguns sintomas parecem graves e não são; já outros parecem simples, mas são graves. Por isso, na dúvida, leve seu filho ao médico.

5,433 views   |   32 shares
  • 1. Febre

  • As doenças que têm a febre como sintoma são várias e só o médico pode dizer com segurança qual é. Febre baixa pode ser virose ou problemas pulmonares. Febre alta já faz suspeitar de infecção bacteriana, mas existem outras causas como fungos, parasitas, traumatismos, tumores, câncer e hemorragias. A febre baixa não deve ser combatida se a criança não é propensa a convulsões, pois é um sinal de que o organismo está combatendo a doença e livrando-se do agente infeccioso.

  • Se a temperatura estiver entre 37,3 e 37, 8 é chamada de febrícula. Combata a febre quando ela ultrapassar os 39º. De qualquer forma, febre é sinal de problema de saúde e o bebê deve ser levado ao médico o mais rápido possível.

  • 2. Cianose

  • Pode ser central, periférica ou mista. A criança fica com aparência arroxeada ou azulada na pele e mucosas, principalmente ao redor dos lábios e extremidades devido à falta de oxigênio no sangue. Em recém-nascidos pode ser apenas frio. Se após aquecê-lo o problema permanecer, procure o médico imediatamente, esta é uma emergência e põe em risco a vida. Geralmente é causada por diversas razões que só o médico poderá detectar com certeza.

  • 3. Rigidez na nuca e vômito em jato

  • A primeira suspeita nesse caso é Meningite. Começa semelhante à gripe evoluindo para febre alta, mal-estar, vômitos, dor forte na cabeça e pescoço, dificuldade para encostar o queixo no peito e presença (ou não) de manchas vermelhas no corpo (septicemia - infecção generalizada) que pode deixar sequelas de acordo com o tempo sem tratamento e pode ser fatal.

  • 4. Salivação excessiva

  • Na maioria dos casos não é nada anormal. Crianças babam bastante nos primeiros meses de vida. O que deve ser observado atentamente é se seu filho começa a babar muito em determinado momento e se agitar e ter dificuldade para respirar - ele pode estar com as vias aéreas superiores obstruídas e se sentindo sufocado. Pode ser também dor ao engolir por infecção na garganta. Se além de babar seu bebê apresentar rigidez, olhar perdido e boca arroxeada, ele pode estar tendo uma convulsão. Enfim, se a salivação não é comum ao seu bebê, leve-o ao médico.

  • 5. Tosse

  • A tosse é outro sintoma que tem um leque de razões para surgir que vão desde reflexos, contrações na glote, coceira na garganta, alergia, engasgo, falta de ar, dificuldades respiratórias, até câncer, passando por problemas pulmonares, cardíacos, gripes, resfriados, coqueluche, etc. A tosse pode causar ou agravar problemas de saúde como no caso da coqueluche que em recém-nascidos e crianças pequenas é ainda mais grave, pois segundo a especialista Luiza Helena do site Minha Vida, o corpo dos recém-nascidos é muito frágil e a tosse forte causada pela coqueluche pode levar à ruptura de vasos sanguíneos, provocando hemorragias e, em casos mais graves, levando ao óbito". Pode levar também a outras complicações como:

  • Advertisement
    • Lesões cerebrais

    • Otites

    • Pneumonia

    • Parada respiratória

    • Desidratação

    • Convulsão

  • 6. Moleira funda

  • Significa primordialmente que o bebê está desidratado. Observe se há queda no volume urinário e na cor da urina (muito amarela, escura), choro seco, boca seca e barulho ao mover a língua. A desidratação é um sintoma perigoso pois pode levar à morte. Geralmente a causa é diarreia, vômitos frequentes, calor e febre alta. Hidrate seu filho com leite materno, água e soro caseiro enquanto busca ajuda médica. Não espere.

  • 7. Inchaço corporal ou facial

  • Pode ser problema renal, cardíaco, alergia, leucemia, etc. Talvez o seu bebê apresente um pé inchado por ter sido picado por um inseto, mas pode ser um problema renal. Ou ainda ele pode apresentar inchaço embaixo dos olhos porque ele chorou demais ou pode ser um problema no fígado. Procure o médico, é melhor errar por excesso de zelo que arrepender-se.

  • 8. Pele e olhos amarelados

  • O fígado de um recém-nascido nem sempre funciona adequadamente e pode acontecer que não consigam metabolizar a bilirrubina, causando icterícia (tiriça) que deixa a pele ou os olhos amarelos. Ou por incompatibilidade sanguínea entre a mãe e o bebê.

  • Muitas vezes a icterícia não é grave e desaparece com banhos de sol. Mas, essa gravidade é avaliada por exames de sangue. Todo bebê com icterícia deve ser avaliado. A icterícia é algo sério e pode ter sequelas graves como danos cerebrais.

  • 9. Ronco

  • Nunca é normal um bebê roncar. Pode ser por uma gripe ou resfriado que fez acumular secreções nas vias aéreas, ou algo mais sério como adenoides, rinite ou apneia do sono. Seja qual for o motivo, o ronco deve ser investigado. Se for apneia ou adenoides, o esforço em respirar pode cansar o bebê, dificultar a amamentação e em longo prazo causar deformação facial, obesidade e hipertensão.

  • 10. Fraldas sempre molhadas e boca seca

  • Embora muito raro, a diabetes pode surgir nos primeiros meses de vida e ser de difícil detecção. Como diz o endocrinologista e pediatra Luis Eduardo Calliari, professor assistente da unidade de Endocrinologia do Departamento de Pediatria da Santa Casa de São Paulo, detectar diabetes em bebês é um trabalho de detetive.

  • O médico alerta para sintomas que são os mesmos dos adultos: Irritabilidade, sede intensa, excesso de urina, perda ou ganho de peso, hipoatividade e mal-estar.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

10 sintomas perigosos em bebês (vá ao médico o mais rápido possível)

Alguns sintomas parecem graves e não são; já outros parecem simples, mas são graves. Por isso, na dúvida, leve seu filho ao médico.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr