5 sintomas que não parecem nada, mas que você deve visitar um médico com urgência

A correria do dia a dia nos faz ignorar muitos sintomas que aparentemente são inocentes, mas que de inocentes não têm nada.

249 views   |   1 shares
  • Na maioria das vezes ignoramos alguns sintomas que se repetem. Toma-se um analgésico, um antialérgico, descansa-se um pouco e já estamos prontos para as prioridades diárias. Geralmente são dores de cabeça, vertigens, coceiras diversas e outros que podem ser causados por estresse, um resfriado ou simplesmente cansaço.

  • Porém, há que se ter uma atenção especial aos sintomas que se repetem, comprometem a qualidade de vida ou a rotina.

  • Fique atento a estes 5 sintomas que não parecem nada, mas que dizem que você deve visitar um médico com urgência:

  • 1. Vertigem ou tontura

  • Cansaço, estresse ou outros podem ser causa de tonturas, mas dificilmente de vertigens. Segundo Dr. Pedro Pinheiro do MD Saúde, existe uma diferença entre uma e outra. A vertigem é caracterizada por tonturas (com sensação de se estar rodando, ou que o ambiente está rodando) que vai e vem. Uma tontura constante, que não melhora, dificilmente se trata de vertigem. A vertigem aponta para problemas chamados "vestibulares", ou seja, do ouvido interno em cerca de 40% dos casos. Geralmente causadas por inflamações ou infecções. Já a tontura ao acordar pode ser hipotensão (pressão baixa) ortostática. Tumores e doenças degenerativas, como Parkinson também podem provocar tonturas.

  • Doenças graves que causam vertigem:

    • Doença de Ménière - que pode levar à surdez

    • Labirintite

    • AVC (Derrame)

    • Intoxicação por medicamentos

    • Esclerose múltipla

  • Procure o médico com urgência se a vertigem vier acompanhada de febre, dor de cabeça (se não há caso anterior de enxaqueca), fraqueza nos membros, dificuldades de fala, dor no peito, desmaio, vômitos.

  • 2. Inchaço nos pés

  • Um acúmulo anormal de líquidos em qualquer parte do corpo é desagradável e pode ser apenas por compressão da circulação sanguínea, como a que acontece quando se fica muito tempo sentado ou em pé e pode ser da gravidez ou quando o clima está quente. Os tornozelos, pés e pernas incham, mas geralmente melhoram após descanso. Segundo o site Melhor com Saúde, o inchaço deve preocupar se for constante, não houver razões climáticas, gravidez, postura contínua e se for muito acentuado.

  • Advertisement
  • Doenças graves que podem causar inchaço

    • Insuficiência cardíaca congestiva

    • Doença renal

    • Trombose venosa profunda

    • Doenças hepáticas

    • Hipertensão

  • 3. Urinar frequentemente (Poliúria ou polaquiúria)

  • Quando o tempo esfria, a frequência urinária costuma aumentar, o que também é comum durante a gravidez e para pessoas que tomam muito líquido. De acordo com artigo do site Minha Vida, o problema geralmente se apresenta quando a micção frequente vem acompanhado de fraqueza. Se o volume é pouco e frequente e se há necessidade de urinar durante a noite (Nictúria).

  • Doenças graves que causam micção frequente

    • Diabetes - A micção é acompanhada de fraqueza, boca seca, cansaço e perda de peso.

    • Câncer ou hiperplasia benigna da próstata

    • AVC

    • Tumores pélvicos

    • Problemas renais

  • 4. Dores

  • Nenhuma dor vem sem razão. Pode ser desde uma reação natural de proteção do corpo, uma dor postural, uma compressão nervosa, uma inflamação até doenças graves. O que indica a gravidade é: localização, frequência, sintomas associados, intensidade e o quanto ela afeta a vida do paciente.

  • Doenças graves que causam dores comuns

  • Dor nas pernas, fraqueza, tontura (principalmente ao acordar), sensação de choques, dor nas nádegas (ciática). Dor nas costas ao curvar-se tanto para frente quanto para trás.

    • Infarto
  • Segundo o Dr. Drauzio Varela, dor no peito, dores ou ardência no estômago, que irradia para braços e costas pode ser infarto se vier acompanhado de falta de ar, sudorese, palidez e desmaio, ainda nos casos em que a dor seja apenas um leve desconforto.

  • Advertisement
  • Dores de cabeça podem ocorrer por um resfriado, gripe, febre ou tensão pré-menstrual. É muito raro uma dor de cabeça apontar para uma doença mais grave, mas fique atento se a dor ainda que fraca venha acompanhada de perda da sensibilidade em um dos lados do corpo, se mudou o padrão da dor de cabeça e há dificuldades com o equilíbrio.

  • 5. Resfriados e gripes constantes

  • Ambas são doenças virais e quando se repetem muitas vezes durante um ano é sinal de que o sistema imunológico não vai bem. Podem até ser outras doenças como alergia e sinusite que têm sintomas parecidos aos dos resfriados e gripes. Porém, doenças graves também deprimem o sistema imunológico e caso haja desconfiança ou o paciente está no grupo de risco, procure um médico.

  • Doenças graves que afetam o sistema imunológico:

    • AIDS

    • Câncer

    • Anemia

    • Diabetes

  • O importante é não ficar paranoico achando que qualquer dor ou desconforto é uma doença grave. Apenas analise, veja a frequência, a intensidade e se os sintomas persistem. Se for algo que atrapalha a vida e impede a rotina normal, surgiu de repente ou se vier como uma dor aguda, não pense duas vezes. Corra para o médico.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

5 sintomas que não parecem nada, mas que você deve visitar um médico com urgência

A correria do dia a dia nos faz ignorar muitos sintomas que aparentemente são inocentes, mas que de inocentes não têm nada.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr