Atleta Olímpica americana é criticada na internet após dizer que "nasceu para ter filhos"

O que é melhor para a criança? Ter uma mãe que fica em casa ou uma mãe que trabalha fora?

3,811 views   |   5 shares
  • Kerri Walsh já virou uma lenda no vôlei de praia, ganhando 3 medalhas de ouro consecutivas junto de sua ex-parceira Misty May-Treanor. Quando ela ganhou sua terceira medalha de ouro, ela estava grávida de 5 semanas de sua terceira filha.

  • Advertisement
  • Em 2005 ela se casou com Casey Jenning, que também é jogador de vôlei de praia. Ela ganhou medalha de ouro nas Olimpíadas de 2004 e 2008, e em maio 2009 deu à luz ao seu primeiro filho, Joye. Um ano depois, ela teve seu segundo filho, Sundance.

  • Em uma entrevista recente com o NBC, Kerri diz que a família dela é a razão pela qual ela vive e acrescenta: "Eu sinto que nasci para ter bebês e jogar vôlei."

  • Mas nem todos gostaram de ouvir isso. Algumas pessoas criticaram o NBC e a Kerri. Uma mulher comentou no Twitter: "Você viu a matéria com a Kerri Walsh Jennings? 'Eu nasci para ter bebês...' O que a NBC está fazendo conosco?"

  • Outro comentário foi assim: "@NBC e agora a matéria com a Kerri Walsh Jennings: 'Eu nasci para ter bebês.' O Donald Trump está comandando a network agora? Façam melhor."

  • Em entrevista para o The Post Game, Kerri responde que seria "uma mamãe" se não fosse uma jogadora profissional de vôlei. "Eu estaria correndo atrás de uma medalha de ouro de outra maneira. Meus filhos me ensinaram muito. Eu quero ser melhor porque quero ser a mãe deles. Eu quero ser um exemplo para eles e quero representar o meu país no Rio. Em qualquer aspecto da minha vida eu quero ser ótima."

  • As críticas foram feitas por acharem o comentário da atleta muito conservador. Eles não aceitaram o fato dela colocar a família à frente da carreira e descrever a maternidade como algo crucial. Mas apesar das críticas, muitos a apoiam.

  • Advertisement
  • Cada mulher tem o direito de escolher

  • De acordo com a Time, ter uma carreira não lhe faz uma mãe pior, na realidade, lhe faz uma mãe melhor. Um estudo de 50 anos prova que filhos de mães que trabalham em tempo integral não apresentavam nenhum problema acadêmico ou comportamental comparado a filhos que tinham as mães em casa.

  • As mulheres muitas vezes têm o costume de julgar umas às outras por pensarem diferente ou por viverem de maneira diferente.

  • A questão não é a disputa entre quem é melhor ou pior mãe. Cada mãe vive de acordo com suas necessidades e da maneira que ela se sentir feliz. O amor, o carinho e a educação dados ao filho que devem ser os pontos principais da maternidade.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Rachel De Castro é esposa, escritora e gerente do Familia.com.br, com formação em ciência política. Acredita que o mundo já tem críticos demais por isso decidiu motivar e inspirar pessoas. Para contatá-la, visite seu website.

Website: http://instagram.com/racheldecastro

Atleta Olímpica americana é criticada na internet após dizer que "nasceu para ter filhos"

O que é melhor para a criança? Ter uma mãe que fica em casa ou uma mãe que trabalha fora?
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr