12 alimentos que ajudam no combate à depressão e 3 que pioram o quadro

Descubra se os alimentos que você está ingerindo estão melhorando ou piorando a sua depressão – e faça, imediatamente, os devidos ajustes.

10,627 views   |   109 shares
  • Os profissionais de saúde mental garantem que os alimentos que você ingere podem tanto ajudar no combate à depressão quanto atrapalhar o tratamento.

  • Neste site de psiquiatria lemos: "Muitas vitaminas e minerais implicam na conexão dieta-depressão, especialmente as vitaminas B que estão diretamente ligadas ao sistema nervoso e ao funcionamento mental. Muitos minerais têm uma função importante no combate à depressão, como o cálcio, magnésio, ferro, zinco e selênio. Não consumir quantidades ideais destes elementos básicos pode não ser a resposta à sua depressão, mas adicioná-los a sua dieta certamente vai ajudar."

  • Veja 12 alimentos que contêm os principais nutrientes necessários para ajudar no combate à doença:

  • 1. Fígado

  • Nutrientes: ferro, ácido fólico, vitaminas B1, B2, B6 e B12.

  • 2. Leite e derivados

  • Nutrientes: cálcio, triptofano (um dos nutrientes mais importantes), ferro e Vitamina B12.

  • 3. Peixe

  • Nutrientes: triptofano, zinco, vitaminas B1, B2 e B6.

  • 4. Banana

  • Nutrientes: vitamina B6, triptofano e ácido fólico.

  • 5. Castanhas e nozes

  • Nutrientes: Vitamina E, magnésio, selênio e zinco.

  • 6. Laranja

  • Nutrientes: ácido fólico e vitamina C.

  • 7. Brócolis

  • Nutrientes: vitamina E, cálcio, ferro e ácido fólico.

  • 8. Ovos

  • Nutrientes: ferro, ácido fólico, vitaminas B1 e B6.

  • 9. Folhas verde-escuras

  • Nutrientes: Vitaminas A, C e E, cálcio, ácido fólico e zinco.

  • 10. Amendoim

  • Nutrientes: magnésio e vitamina B6.

  • 11. Feijão

  • Nutrientes: triptofano e ferro.

  • 12. Aveia

  • Nutrientes: cálcio, ferro, magnésio, vitamina E e zinco.

  • Além de incluir os alimentos acima na dieta, ao escolher o que comer, dê sempre preferência a alimentos saudáveis, como frutas, verduras, legumes e grãos, que nutrem a células, melhoram o trânsito intestinal e promovem uma melhor disposição física e mental. E de nada adiantará ingerir todos os nutrientes indicados acima se não beber água em quantidades adequadas.

  • Advertisement
  • O que não ingerir

  • A nutricionista Lavoisiana Lacerda aponta os piores inimigos do paciente com depressão:

  • 1. Alimentos ricos em cafeína

  • Café, chá preto, refrigerantes, entre outros, fazem o nível de serotonina aumentar por um momento, mas, em seguida, provoca um aumento na ansiedade.

  • 2. Alimentos ricos em gordura trans

  • Essa gordura, encontrada em abundância em alimentos industrializados, destrói os neurônios, o que provoca uma queda nas atividades neurológicas e, consequentemente, aumenta a irritação e ansiedade do paciente.

  • 3. Bebidas alcoólicas

  • Impedem o organismo de absorver quantidades suficientes dos nutrientes benéficos.

  • Embora esses alimentos tenham potencial para evitar e melhorar os quadros de depressão, é imprescindível que o paciente continue com o acompanhamento psiquiátrico e não abandone o tratamento nem o altere sem orientação de seu médico.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

12 alimentos que ajudam no combate à depressão e 3 que pioram o quadro

Descubra se os alimentos que você está ingerindo estão melhorando ou piorando a sua depressão – e faça, imediatamente, os devidos ajustes.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr