9 dicas que vão lhe ajudar a cozinhar com os filhos

Momentos inesquecíveis de aprendizado familiar serão proporcionados com estas experiências únicas entre pais e filhos.

434 views   |   7 shares
  • Especialistas deixam claro que filhos se alimentam melhor quando participam do preparo da refeição. É óbvio que para isso seus pais devem preparar alimentos saudáveis utilizando produtos frescos e da estação.

  • O aprendizado das crianças é muito rápido e estar na cozinha junto aos pais será algo que além de prazeroso, fortalecerá o vínculo familiar. Com esta prática, todos só têm a ganhar.

  • Algumas dicas para que a empreitada seja um sucesso:

  • Cuidados com o local

  • É importante que a criança esteja em um local que não ofereça riscos, longe do calor, facas e outros utensílios perigosos. Se ela precisar subir em algo para fazer suas tarefas, deve ser firme e resistente a fim de evitar qualquer tipo de acidente que poderá machucar e prejudicar o interesse.

  • Proporcionar tarefas possíveis

  • Para a criança começar a colocar a mão na massa é necessário passar tarefas simples, mas que sejam perfeitamente possíveis de serem realizadas. Vai depender do tamanho e maturidade da criança. Alguns exemplos são: separar os alimentos que serão utilizados, lavar os mesmos, medir ingredientes ou pegar utensílios. Sempre respeitando o potencial dela.

  • Resolver juntos o cardápio

  • Sim, eles vão querer batatas fritas todos os dias e nada de brócolis (com raras exceções). Por isso, preparar um cardápio balanceado, explicando a importância de conter todos os tipos de alimentos necessários ao organismo, falando sobre as cores e produtos da estação, fará com que eles comecem desde cedo a entender a importância de uma alimentação equilibrada e de balancear as opções. Ideias podem ser retiradas de livros de receitas e da internet. Eles vão adorar!

  • Elogiar

  • Tudo que as pessoas começam a fazer causa uma certa ansiedade. Elogiar o pequeno, mesmo que meio desajeitado, dizer que está ajudando muito, comentar o quanto é importante para os pais que ele esteja junto trabalhando para a refeição, será excelente para seu desenvolvimento e gosto por estas tarefas.

  • Limpeza

  • Ela também faz parte do preparo dos alimentos. Enquanto vai cozinhando ou ao final, incentivar a criança a ajudar na limpeza e desinfecção do ambiente é um ótimo aprendizado. Ela pode enxugar a louça, ou até lavar, dependendo da idade, descartar embalagens e cascas, trocar a sacola do lixo, enfim, há bastante opções.

  • Advertisement
  • Família unida

  • As tarefas ficam mais divertidas quando há muitas pessoas envolvidas. Se a família tiver muitos filhos, designar tarefas a cada um deles é interessante, e da próxima vez elas serão trocadas para que todos possam aprender todas as coisas. Se a criança não tem irmãos, aproveitar um dia com primos ou amigos e preparar uma refeição ou mesmo um bolo será muito divertido e educativo.

  • Contação de histórias

  • Isso mesmo, não é um tópico errado no artigo. A maioria dos preparos exige um tempo de espera, e o que fazer enquanto isso? Os pais podem contar sobre como surgiram os legumes, cereais, carnes, frutas, temperos, qual o nome da árvore ou país de origem, curiosidades e histórias familiares. Se não souberem, podem pesquisar juntos enquanto esperam.

  • Levar os pequenos às compras

  • Antes de sair de casa é importante explicar que ele irá ajudar a comprar o que realmente é necessário para o preparo das refeições de acordo com o cardápio que prepararam juntos. Assim, a ida ao supermercado deixa de ser um passeio onde ele pode ficar pedindo tudo o que tem vontade e se torna uma ótima lição de responsabilidade e aprendizado sobre diversos alimentos, especialmente aqueles que a criança não conhece por não ser hábito familiar. Pais podem se preparar para muitas perguntas e não precisam ter medo de responder que não conhecem aquele alimento, mas que eles podem pesquisar a respeito juntos quando chegarem em casa ou perguntar a respeito para um funcionário ali mesmo.

  • Não deixar o filho sozinho na cozinha

  • Muitas crianças acreditam que podem fazer o que seus pais fazem, e caso os responsáveis deixem o ambiente para atender ao telefone por exemplo, eles podem querer mexer o alimento na panela e correr riscos desnecessários. Se precisar sair, melhor levar o filho consigo ou permanecer o tempo todo ali com eles.

  • Momentos inesquecíveis de aprendizado familiar serão proporcionados com estas experiências únicas entre pais e filhos.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

9 dicas que vão lhe ajudar a cozinhar com os filhos

Momentos inesquecíveis de aprendizado familiar serão proporcionados com estas experiências únicas entre pais e filhos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr