5 sinais de que seu filho não está chorando por causa de fome à noite

O bebê chora, não há como evitar. Afinal é a única maneira que ele tem de comunicar suas necessidades. A questão é por que ele chora? Nem sempre é fome.

5,985 views   |   52 shares
  • As mães de primeira viagem podem ficar confusas quando o bebê começa a chorar, mas não devem se preocupar, pois em pouco tempo vencendo as tentativas e erros, toda mãe se torna especialista no choro do seu bebê. Apenas não o deixe chorar pensando que logo para. Ele pode estar realmente em necessidade ou desconforto. Nenhum choro é sem razão. Alguns psicólogos estão certos de que quando o choro de um bebê não é atendido depois de três minutos, "algo profundo se quebra na integridade deles, assim como na confiança em seu entorno."

  • Tipos de choros

  • Segundo estudiosos australianos, o tipo de choro diz o que o bebê precisa. Para saber o que cada choro diz, veja este vídeo.

  • Motivos

  • De acordo com cada fase, esses são geralmente os motivos que mais levam o bebê a chorar.

    • 0 a 3 meses:
  • Fome, cólicas, gases, calor ou frio e desejo de colo.

    • 4 a 6 meses
  • Fome, fralda suja, dores e assaduras. Cansaço e ou ansiedade.

    • 6 meses a 1 ano
  • Fome, fralda suja, dores, assaduras, sono e excitação. Por essa fase, o bebê pode chorar por birra ou manha.

  • Especialistas da revista Crescer aconselham a fazer um check list do choro lembrando que bebês não sabem fazer manha e nem birra até por volta de 1 ano. Portanto, vá checando causa após causa antes de começar a se preocupar. Geralmente é fome. Por isso a checagem deve começar por aí. Se não for fome verifique se não é:

  • 1. Desconforto

  • Nesse artigo da Johnson & Johnson, o conselho é: após verificar fome ou sede, e o bebê continua a chorar (chora de maneira irregular), verifique se há algum desconforto que podem ser coisas tão simples como um cabelo à volta de um dedo do pé ou uma etiqueta da roupa que faz comichão. Pode ser desejo de mudar de posição e também é bom verificar se seu bebê não está sentindo calor ou frio.

  • 2. Fralda suja, molhada, calor, frio

  • Ainda na investigação dos desconfortos, a fralda é motivo certo de choro. O choro costuma ser irregular (chora e para) e não cessa com colo. Dê especial atenção a problemas de assaduras.

  • Advertisement
  • 3. Cansaço ou ansiedade

  • Estes episódios geralmente não significam nada mais grave. O que acontece é que o bebê estava habituado ao ritmo da barriga da mãe e no final da tarde é o momento em que estava mais acordado e mais irrequieto. Ele pode estar tendo dificuldade em distinguir o dia da noite e chorar é uma maneira de se habituar ao novo ciclo de sono - vigília.

  • 4. Medo/solidão

  • Segundo a monitora perinatal Stephanie Sapin-lignieres no programa Ligado em Saúde, do Canal Saúde, o bebê humano nasce mais dependente que os outros mamíferos, é fofinho para estimular a mãe a dar colo (bebê que não recebe colo pode até morrer, afirma a monitora) - este dar colo é vital e afasta o medo, a ansiedade e a solidão que o bebê possa estar sentindo. Além disso, o tempo de atendimento ao bebê deve ser o mais imediato possível, pois o "deixar chorar" os transformará em adultos tristes.

  • 5. Mal-estar

  • Quando o bebê chora mais profundamente ele pode estar sentindo dor. É um choro que demora e preocupa. Verifique a temperatura, se ele se encolhe (cólicas), se ele está respirando bem, se tenta tocar o ouvido, etc. Se houver qualquer sintoma nesse sentido, dê o analgésico prescrito pelo pediatra e leve-o ao médico o mais rápido possível.

  • Se deixarmos nossos instintos nos guiar podemos reconhecer as necessidades do bebê e também através daquilo que sentimos em nosso íntimo quando um bebê chora. Independentemente do que digam as pessoas ao nosso redor o local do bebê é em nosso colo. Eles sabem disso e nós também.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

5 sinais de que seu filho não está chorando por causa de fome à noite

O bebê chora, não há como evitar. Afinal é a única maneira que ele tem de comunicar suas necessidades. A questão é por que ele chora? Nem sempre é fome.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr