5 verdades sobre morar junto que ninguém te contou

Quando o casal decide morar junto descobre que a vida a dois não é como nos contos de fadas.

4,249 views   |   20 shares
  • Entre os grandes desafios da vida está o de morar junto. Sejam casados ou não, a convivência, as contas e as personalidades individuais atrapalham bastante no "viveram felizes para sempre", mesmo sem o casal perceber. Estar preparado para resolver tais conflitos é bastante útil a fim de ter uma vida mais agradável com a pessoa amada.

  • É muito comum as pessoas contarem o lado bom e romântico da convivência entre duas pessoas que se amam e isso é bom porque é possível perceber que o lado positivo sempre prevalece. Mas, abordar os principais motivos de brigas quando o casal decide dividir o mesmo teto também é importante para evitar que estes problemas se tornem maiores que o amor entre os dois.

  • 1. Privacidade individual

  • Um equilíbrio deverá ser encontrado entre o casal para que este não seja um tópico de estresse e problemas maiores. Afinal, são duas pessoas diferentes, nascidas e criadas em ambientes distintos e que se amam. Cada um precisa de um espaço para si mesmo, sair com os amigos, visitar seus familiares, ter sua vida on-line, enfim, continuar com suas opções pessoais. Há casais que conseguem definir o melhor para eles que pode ser diferente de outros casais. Como descrito neste artigo, assim como as pessoas são únicas, conversar e decidir juntos como será a vida privada de cada um é importante para a saúde conjugal. Ficar sozinho é importante tanto quanto ter alguém para voltar depois do trabalho.

  • 2. Tarefas domésticas

  • Normalmente, ninguém gosta de lidar com este item, mas ele é obrigatório para a felicidade no lar. Há homens que ainda acreditam que a casa é obrigação total da mulher. Na verdade, as tarefas domésticas pertencem a ambos e podem ser divididas e realizadas individualmente ou em conjunto. Isso pode ser divertido e pode aumentar a ligação entre os dois, afinal o trabalho sempre traz satisfação pessoal por pior que seja. Sobra mais tempo para que o casal possa se curtir, sair, fazer outras coisas mais agradáveis juntos. Conversar antes da união ajuda a saber se esta balança das tarefas será desigual ou divertida.

  • Advertisement
  • 3. O lado financeiro

  • Motivo de muita separação e brigas constantes, as finanças precisam ser resolvidas logo no início, acordadas entre o casal para que haja equilíbrio e que exista soma e não prejuízo para um dos lados. Há diversos estilos e formatos de organização financeira familiar e o melhor é descobrir qual estilo será perfeito para o casal. Quando ambos são comprometidos com o bem-estar financeiro da união, há progresso, economias e sonhos realizados. Como descrito neste artigo, os primeiros meses de união devem ser de cautela e adaptação para que o casal consiga entender a posição financeira um do outro, se adaptar com as contas familiares e se programar para viagens e outros gastos maiores.

  • 4. Regras

  • Não tem como fugir deste item. Toda instituição precisa de regras e com a formação de um casal não é diferente. Conversar e estabelecer o que for melhor e de ampla concordância para os dois é o caminho certo para que as regras sejam cumpridas e que individualmente não afetem a nenhum dos dois. Elas precisam ser de comum acordo e o pensamento de ceder para agradar ao outro não deveria existir, para não causar desequilíbrio. Devem ser justas e sensatas, servirão para unir e ajudar o casal no crescimento e aumento do amor e não para controle egoísta de um dos participantes. Há sugestõesna internet para que nenhum item seja esquecido.

  • 5. Rotina

  • Sim, ela existe e pode ser chata muitas vezes. Inclusive com a pessoa mais amada do mundo. A boa notícia é que ela pode ser quebrada e com este ato transformar o dia em um acontecimento mais belo. Criatividade e preocupação com interesses alheios ajudam a diminuir o fardo da monotonia da vida diária e desgastes no relacionamento.

  • Advertisement
  • Antes da decisão de juntar as escovas de dentes, uma boa conversa a respeito destes e outros tópicos pode ajudar a amenizar muitos problemas e transformar a vida a dois em momentos memoráveis. Não existe uma fórmula única, cada casal pode chegar a um consenso do que for melhor para eles e para que seu amor seja sempre nutrido.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

5 verdades sobre morar junto que ninguém te contou

Quando o casal decide morar junto descobre que a vida a dois não é como nos contos de fadas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr