5 coisas que casais não devem fazer nas redes sociais

Depois que caiu na rede, não tem mais volta. Por isso, cuide muito bem para não colocar seu relacionamento em risco dessa maneira!

5,561 views   |   29 shares
  • Depois de apertar o botão "enviar" é impossível impedir que outras pessoas vejam o que você postou, mesmo que você delete a postagem logo em seguida. Por isso, evite a todo custo fazer coisas como estas nas redes sociais!

  • 1. Troca de farpas

  • Existe coisa mais constrangedora do que ver um casal amigo (ou mesmo conhecido) trocando farpas, expondo seus problemas de relacionamento nas redes sociais? Roupa suja se lava em casa. É algo de que um casal jamais deveria se esquecer.

  • 2. Canalhices

  • Se você é casado(a) ou está em um namoro firme, comporte-se como alguém comprometido, inclusive, ou principalmente, nas redes sociais. Você está desrespeitando totalmente seu cônjuge/namorado quando fica de gracinha com pessoas do sexo oposto. Tenho visto pessoas comprometidas fazendo coisas inacreditáveis no Facebook. Desde tentar se aproximar de pessoas no Messenger, com segundas intenções, a cantá-las explicitamente.

  • Fazer isso é humilhar publicamente a pessoa com quem você tem um compromisso. Penso na tristeza de uma mulher ao ver o homem que ama agindo como um canalha nas redes sociais. Um homem não ficaria menos arrasado ao ver sua mulher dando corda a um canalha.

  • 3. Fotos reveladoras

  • Há alguns anos, uma amiga publicou todas as fotos de seu book de gravidez no Facebook. Ela estava usando lingeries bem sexys e o marido dela, pouca roupa. Aquelas fotos me deixaram muito inquieta. Aquela linda mulher e seu belo marido - a quem eu via somente de camisa branca e gravata na igreja aos domingos - tão expostos!

  • Aquilo me fez refletir sobre como a exposição exagerada nas redes sociais pode atrair problemas para um casamento. Quantos homens devem ter cobiçado minha amiga? Quantas mulheres devem ter cobiçado o marido dela? Será que as colegas de trabalho dele não passaram a desejá-lo, a sonhar com seu corpo atlético? Será que os colegas dela não começaram a fantasiar com ela?

  • Precisamos manter protegido de todo o mal aquilo que nos é mais valioso e sagrado, o nosso casamento e família.

  • 4. Excesso de postagens apaixonadas

  • O Facebook está repleto de casais apaixonados, que fazem questão de anunciar ao mundo o quanto se amam. Mas o que dizer dos exageros? Será que pessoas que postam fotos com seus parceiros e conteúdo carinhoso a todo instante se sentem realmente seguros em seus relacionamentos?

  • Uma pesquisa recente feita pelo Albright College, na Pensilvânia, sugere que isso é um sinal de insegurança. Esses casais podem usar o Facebook como maneira de diminuir seus medos de rejeição e ansiedade dentro do relacionamento. Gwendolyn Seidman, Ph.D em Psicologia, disse que eles "sentem a necessidade de mostrar aos outros, a seus parceiros e talvez a si mesmos que a sua relação está bem e, assim, eles estão bem".

  • Advertisement
  • A menos que você queira passar um atestado de insegurança, é bom diminuir a quantidade de postagens apaixonadas e fotos com o seu amor nas redes sociais. Todos já sabem o quanto vocês se dão bem, não há necessidade de tanta validação.

  • 5. Demarcar território

  • Qualquer elogio que uma pessoa do sexo oposto postar abaixo das fotos do seu amor, lá está você marcando presença, fazendo questão anunciar que ele tem dono(a). Isso quando você não se marca ou deixa um comentário em cada uma das fotos dele.

  • Esse é outro sinal de insegurança. Você precisa melhorar sua autoestima. E caso se depare com algum comentário constrangedor nas publicações dele, mostre-lhe primeiro, pois talvez ele ainda não tenha visto, depois deixe que ele decida o que fazer. Você não conseguirá ter tranquilidade e ser feliz se ficar fazendo marcação cerrada nas redes sociais.

  • Se a pessoa com quem você está costuma dar corda a pessoas atrevidas ou recusa-se a deletar comentários constrangedores, talvez você esteja mais engajado(a) nessa relação do que ela. Será que vale a pena continuar?

  • A terapeuta de casais Sheri Meyers afirma que é fundamental que um casal decida em conjunto, logo no início do relacionamento, que comportamentos são aceitáveis ou não nas redes sociais. Ela sugere, inclusive, um "acordo pré-nupcial de mídia social" para delimitar coisas como: o tempo gasto on-line, o conteúdo e informações sobre casal que podem ser compartilhados, a interação com pessoas do sexo oposto, entre outros.

  • Um acordo pré-nupcial sobre isso "diz a seu parceiro que seu relacionamento é de primordial importância", afirma a doutora Meyers. E ela conclui: "A próxima vez que você se sentir tentado a postar uma foto comprometedora de seu parceiro ou revelar um pouco demais sobre o que está acontecendo nos bastidores de seu relacionamento, certifique-se de estarem de mãos dadas enquanto você aperta o botão de envio."

  • Veja outros problemas causados pelo mau uso das redes sociais

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

5 coisas que casais não devem fazer nas redes sociais

Depois que caiu na rede, não tem mais volta. Por isso, cuide muito bem para não colocar seu relacionamento em risco dessa maneira!
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr