4 maneiras de manter seu relacionamento quando seu cônjuge lhe machuca

Amar também é tolerar os erros e fraquezas do parceiro, no entanto, é intolerável a violência e abuso no matrimônio, por isso é importante conhecer as 4 maneiras de manter a relação.

21,718 views   |   120 shares
  • Recentemente, eu soube que um amigo meu, talvez uma das pessoas mais fiéis que eu conheça e bondosa, estava passando por uma crise em seu casamento, sabe-se que casamento é feito de "altos e baixos". No entanto, meu amigo estava sendo agredido de forma muito violenta, várias vezes, pela própria esposa que ele tanto ama.

  • Quando soube, senti muita revolta, lembrei-me todas as vezes que eu o vi cuidar dela, a maneira como ele a tratava e ela mesma sempre dizia o quanto ele chegava a ser "bobo" de tão bondoso que era. Ponderei muito e perguntei a mim mesma: Como poderia alguém levantar a mão para agredir a pessoa que diz tanto amar? Que tipo de "amor" há no coração de alguém que espanca o cônjuge e os filhos?

  • Geralmente, pessoas frustradas consigo mesmas descontam na família suas frustrações e fracasso, ao invés de encará-los e buscar ajuda para superá-los.

  • Quando se está casado, o compromisso que o cônjuge tem pelo o outro é de apoiar, amar, cuidar e proteger. Ambos precisam estar dispostos a tolerar fraquezas e erros e não atos abusivos e covardes.

  • Existem 4 maneiras de manter o relacionamento quando o cônjuge lhe machuca, são elas:

  • 1. Buscar ajuda

  • Muitos acreditam que o cônjuge não irá machucar mais, mas, infelizmente, sabemos que sem ajuda de um profissional especializado, família e amigos, esses atos de violência sejam psicológicos, verbais ou físicos irão permanecer.

  • Tudo começa no namoro. Alguns traços do caráter não podem ser ocultados, por mais que a paixão seja intensa, é preciso se atentar à maneira como seu parceiro trata você diante das pessoas e das situações, pois o que começa no namoro vai refletir no casamento.

  • 2. Impor limites

  • Os limites são necessários em todas as situações, pois através deles o respeito é mantido na relação e os problemas podem ser superados. Numa relação sem limites as palavras duras são mais pronunciadas e a raiva assume o lugar do amor.

  • Um exemplo esclarecedor são os sinais de trânsito. Eles devem ser respeitados sempre e, por respeitar os sinais de trânsito, que muitos acidentes são evitados. Eles mantêm a ordem das coisas. Todavia, quando são ignorados, acidentes fatais acontecem. No casamento não é diferente, é preciso limite nas discussões, nas palavras e principalmente nas ações para evitar tragédias.

  • 3. Perdoe

  • Erros, fraquezas, todos nós temos e eles podem ser tolerados e superados com amor no lar. Às vezes, é bem difícil perdoar, principalmente o cônjuge, a pessoa que você nunca imaginou que poderia lhe ofender, menosprezar e até humilhar, mas se ele buscou ajuda, reconheceu o mal e tem se esforçado constantemente para lhe fazer feliz, pense bem, pode ser que seu cônjuge esteja sendo sincero e mereça uma segunda chance.

  • Advertisement
  • Tente se lembrar do início da relação, onde as qualidades deles superavam seus defeitos. Você sabe exatamente, porque o escolheu como seu companheiro, conhece suas qualidades e atributos, portanto, essa escolha é apenas sua.

  • 4. Denuncie

  • Geralmente, pessoas abusivas não aceitam ser contrariadas, principalmente se for de uma forma inesperada. Os maus-tratos aplicados por elas tendem a tornarem-se constantes e mais graves e podem surgir por pequenos conflitos do dia a dia.

  • Algumas decisões só precisam ser tomadas somente uma vez.

  • A falta de autocontrole, a violência e a ira são traços do caráter dessas pessoas. Se você realmente ama sua família, você vai denunciar os abusos de seu cônjuge, essa é a melhor forma de protegera si mesmo, proteger os filhos e proteger seu parceiro dele mesmo.

  • Denunciar abuso é uma forma de proteção e amor-próprio, é importante ressaltar que todo autocontrole, todo domínio injusto, toda maldade jamais deve ser tolerada.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.

4 maneiras de manter seu relacionamento quando seu cônjuge lhe machuca

Amar também é tolerar os erros e fraquezas do parceiro, no entanto, é intolerável a violência e abuso no matrimônio, por isso é importante conhecer as 4 maneiras de manter a relação.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr