Revolta contra Deus: Como procurar a cura

Por que eu? Oh, Deus, por que você permitiu? Algumas dessas perguntas que fazemos aos céus, quando não respondidas, produzem sentimento de revolta e nos adoecem. Eis alguns passos para a cura.

1,909 views   |   16 shares
  • Quando a revolta invade nossa alma queremos pôr a culpa em alguém. E muitos culpam ao Pai Celestial por todos os infortúnios e tristezas que acontecem em suas vidas ou no mundo.

  • O sofrimento e a dor são universais e algumas pessoas entregam-se a eles tornando-se "cegas espiritualmente", são impedidas de enxergarem que ainda há motivos para ser feliz, por isso que a busca pela cura é fundamental para voltar a ter alegria e reconciliar-se com Deus.

  • Duas irmãs eram amarradas em suas cadeiras de rodas durante o dia e à noite em suas camas. A mais velha sofreu queimaduras de terceiro grau aos 14 anos. Após um ano, ela desenvolveu esclerose múltipla. Sua irmã caçula, aos 17 anos, também adquiriu a mesma doença.

  • Os pais faleceram quando a mais velha estava com 30 anos e a caçula com 25 anos. Elas passaram a viver sob cuidados dos irmãos, porém, moravam sozinhas na casa. Tinham 5 irmãos, mas cada um possuía família, assim sendo, combinavam rodízios nos fins de semana para alimentá-las e pagavam para cuidar durante a semana até às 18:00 à vizinha, que as colocava na cama.

  • Às vezes, os laços não a seguravam o suficiente e elas caíam da cama, passando a madrugada aos prantos, esperando o amanhecer para serem resgatadas. Outras vezes, os irmãos esqueciam o combinado e as deixavam sem almoço, isso não acontecia uma vez ou outra, foram muitas vezes.

  • Numa tarde de domingo a mais velha não parava de chorar dizendo que havia formigas picando ela, a cuidadora foi até lá e não acreditou, dizia ser manha dela, mas sua amiga que a visitava, enxergou as formigas, depois foi até o colchão e lá estavam muitas formigas mesmo. Depois de ajudá-la com as formigas, ela acalmou. A amiga sentiu revolta por vê-las naquela situação e perguntou a elas se elas não sentiam raiva ou tristeza por Deus permitir que elas passassem por tudo aquilo.

  • A mais nova respondeu que se sentia cuidada pelos anjos, já a mais velha disse que seu sofrimento não era único, havia pessoas com dores maiores que as dela e de sua irmã. Ela sabia que Deus as amava, sabia que Ele nunca havia esquecido delas e que por isso, elas permaneciam vivas e cheias de fé, suportando bem cada uma de suas provações.

  • Em 2014, ambas perderam a fala, a mais velha nesse mesmo ano morreu com 52 anos. No ano seguinte, a irmã caçula também partiu. Os testes delas foram muitos, elas enfrentaram dores que muitos não suportariam, mas nunca culparam os céus, porque elas sempre souberam o quanto Deus as amava.

  • Advertisement
  • Eis alguns passos para encontramos a cura quando estivermos revoltados com nossa situação e desejarmos pôr a culpa em Deus:

  • Ter a fé centralizada em Jesus Cristo

  • Sabemos que é difícil mudar nossa situação atual, no entanto, uma mudança positiva na maneira de pensar e agir, centralizando nossa fé em Jesus Cristo para vencer nossos desafios, resulta em bênçãos celestiais, assim sendo, encontramos a cura e alívio para vencermos nossas provações.

  • É preciso olhos espirituais para se ter essa fé centralizada no Salvador, agindo dessa forma, será possível olhar acima do sofrimento, como enxergar o arco-íris, depois da chuva ou o sol, após a tempestade.

  • Ponderar as provações

  • Provações são oportunidades com bênçãos disfarçadas. Através delas amadurecemos e crescemos. Muitos lamentam ou culpam ao Senhor pelas tragédias, ao invés de ponderar e perguntar a Ele: "O que o Senhor quer que eu faça nesta situação? "

  • Talvez seja difícil no primeiro momento ponderar o "problema", mas com um pouco mais de paciência, oração, estudo das escrituras e jejum, descobriremos nossas bênçãos ocultas.

  • Perseverar

  • Todos os desafios que enfrentamos fazem parte do teste da vida, eles nos dignificam para voltarmos a presença de nosso Deus.

  • Sabe-se que não há vitória sem sacrifício, todas as coisas que passamos tem um papel importante nesta vida. Vencer cada etapa "hoje" nos fará mais forte para as provas do "amanhã", por isso que jamais devemos desistir.

  • Aceitar a dor

  • Acredito eu que muitos já passaram por uma revolta, esse torna-se um momento de decisão na vida. A escolha de acreditar no amor Deus ou de desistir desse amor.

  • Algumas dores diminuem, mas não curam, elas permanecem conosco como a perda de um ente querido. Leva-se tempo para diminuir, ano após ano, depois amenizam e tornam-se saudade.

  • Acreditar que graças a Jesus Cristo teremos nossos entes queridos novamente, é o que dá sentido à vida e nos faz seguir em frente.

  • Ter esperança

  • É preciso esperança em meio às tristezas da vida, entregar-se à dor no primeiro instante não se trata de fraqueza, e sim de desespero, por isso que existe a esperança, ela tem o poder de nos fazer acreditar e sobrepujar tudo.

  • A esperança de acreditar que tudo ficará bem, mesmo quando tudo vai mal, é o que nos torna preciosos para Deus, e esse é um dos maiores motivos para Ele nunca desistir de nós, mesmo quando estivermos revoltados com Ele.

  • Confiar em Deus

  • Advertisement
  • Confiar no Pai Celestial, mesmo sabendo que:

    • Não há cura para o câncer de seu pai

    • Que seu casamento acabou

    • Que você foi caluniado

    • Está desempregado

  • Há inúmeras tribulações que muitos estão enfrentando e há muitos que sentem que foram esquecidos, que os céus se fecharam para eles. Entretanto, as janelas dos céus nunca se fecham, elas estarão abertas para cada joelho que se dobra, para cada mente que busca o Senhor e para cada coração que coloca sua confiança Nele.

  • A ajuda divina existirá sempre, porque o amor de Deus por nós é infinito, enquanto houver fé Nele, esse amor estará disponível para todos nós, não importa qual seja nossa situação, ele vai existir!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.

Revolta contra Deus: Como procurar a cura

Por que eu? Oh, Deus, por que você permitiu? Algumas dessas perguntas que fazemos aos céus, quando não respondidas, produzem sentimento de revolta e nos adoecem. Eis alguns passos para a cura.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr