Quem gasta mais dinheiro? Filhos ou filhas?

Ao invés de nos preocuparmos se o filho ou a filha vai gastar mais dinheiro, é mais prudente nos atentarmos na maneira que estamos ensinando os filhos ao administrar nossas próprias finanças dentro de nossos lares.

913 views   |   11 shares
  • Quem é pai ou mãe sabe exatamente como é difícil ensinar aos filhos educação, respeito, amor e responsabilidades, pois cada filho é único e possui dons, talentos e habilidade diferentes. Para cada filho os pais precisam oferecer tempo e cuidados especiais.

  • Conversando com três casais de amigos, perguntei-lhes quais dos seus filhos gastava mais dinheiro: os meninos ou as meninas? O primeiro casal relatou-me que a filha era mais econômica e que o menino tinha problemas com cartões de crédito. O segundo casal me relatou que a filha era descontrolada e o filho bem econômico. Entretanto, foi o terceiro casal com cinco filhos que me trouxe a resposta exata para minhas dúvidas. Eles disseram: "Nossos filhos vivem aquilo que tentamos ensinar a eles, mas nem sempre funciona com todos."

  • Segundo o site Exame.Abril, a educadora financeira Cássia D'Aquino aponta os erros dos pais na educação financeira dos filhos. Sendo assim, podemos refletir nossas atitudes de pais na educação de nossos filhos antes de querermos imaginar se o filho ou a filha irá gastar mais. Segue abaixo alguns passos:

  • Impor limites

  • Um filho que acredita que pode ter tudo na infância de forma fácil sempre que desejar, crescerá acreditando que possui o direito de ter tudo na vida adulta e também não sentirá motivação de lutar para adquirir seus objetivos, se é que os terá.

  • "A criança não deve ganhar tudo porque vai achar que tem direito a tudo. Mas o principal problema de dar tudo de graça é que, com o tempo, ela vai parar de desejar as coisas."

  • Nós, pais, sabemos bem que a vida não funciona somente no "sim" e nem mesmo em função de nossos desejos ou de nossos filhos. O "não" virá, podemos ficar convictos disso. E não apenas uma vez, porém, muitas vezes.

  • Se nós pais não tivermos ensinado nossos filhos a ouvirem "não" e se não tivermos os incentivado a lutarem pelo que sonham, os filhos tornar-se-ão adultos frustrados, por perceberem que a vida não gira somente em torno deles.

  • Devemos prepará-los

  • A bicicleta prometida no Natal precisa ser entregue no Natal, se resolvermos antecipar o presente, mesmo que estejamos desejosos de fazê-lo, estamos tirando dos filhos a oportunidade de aprenderem a adquirir a virtude da paciência.

  • Advertisement
  • De acordo com Cássia D'Aquino, estudos apontam que toda criança que aprende a esperar pacientemente na infância, saberá se destacar na vida adulta, terá o melhor emprego, terá equilíbrio financeiro e conseguirá investir facilmente numa poupança.

  • A melhor forma de preparar os filhos para a vida financeira é ensiná-los, enquanto se pode aprender. A criança precisa entender desde a infância que o dinheiro dos pais vem através do trabalho e que o presente que ela tanto almeja precisa ser merecido e dado no tempo certo.

  • Seja exemplo

  • A vida nos ensinará algumas coisas que achávamos que não queríamos saber. Essas lições desagradáveis podem acabar revelando-se as mais preciosas de todas.

  • Um dos princípios fundamentais que os pais devem ensinar aos filhos é a importância de se trabalhar bem e de forma sábia com o dinheiro. Isso deve ser incutido desde a infância na vida dos filhos. Nem todas as lições são fáceis de serem ensinadas e acabam sendo mais difíceis ainda de serem aprendidas, principalmente quando o exemplo toma o lugar das palavras.

  • A importância de ensinar este valor se inicia no lar e cabe aos pais transmitir este princípio através do exemplo. Ou seja, a maneira como os pais usam suas finanças e como as administram, terá um poder muito grande de influenciar a vida adulta dos filhos.

  • Se houver pais trabalhadores, honestos e sábios financeiramente, na vida adulta seus filhos serão o reflexo deles e tornar-se-ão homens e mulheres seguros e maduros financeiramente.

  • LeiaTenha

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.

Quem gasta mais dinheiro? Filhos ou filhas?

Ao invés de nos preocuparmos se o filho ou a filha vai gastar mais dinheiro, é mais prudente nos atentarmos na maneira que estamos ensinando os filhos ao administrar nossas próprias finanças dentro de nossos lares.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr