5 maneiras de construir um relacionamento saudável com o seu filho adolescente

A adolescência não precisa ser uma fase tão complicada para pais e filhos. Este artigo mostra por quê.

1,887 views   |   27 shares
  • Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os limites cronológicos da adolescência são definidos entre os 10 e os 19 anos. A adolescência é uma fase marcada por muitas transformações que, comumente, geram conflitos entre pais e filhos.

  • Segundo afirma a especialista Sara Guelha nessa matéria: "O jovem desvia o interesse do mundo exterior, para se concentrar cada vez mais em si próprio. Procura diferenciar-se de tudo o resto e, por esse motivo, rompe com a autoridade, tanto dos pais como dos professores".

  • Embora pareçam se distanciar, o fato é que essa é uma fase onde os filhos precisam muito dos pais. Observar alguns cuidados é essencial para manter o bom relacionamento com o seu filho adolescente:

  • 1. Priorize estar com ele

  • Não se trata de quantidade, mas de qualidade no tempo junto. Tire um tempo para dedicar exclusivamente ao seu filho; um almoço ou jantar semanal, um passeio, enfim. Mostre interesse nisso e combine com ele o melhor dia e horário para ambos. O importante é que, nesses momentos, ele sinta a sua atenção e faça disso um hábito.

  • 2. Encontre assunto

  • Um pai me disse, certa vez, que ficava muito incomodado por viajar duas horas toda manhã com sua filha adolescente, pois, durante todo o trajeto ela ficava de fone de ouvido e olhos fechados. Infelizmente, isso é muito comum e o pior é que, com o tempo, fica mais difícil a aproximação. Por isso procure conversar sempre, seja no carro, assistindo TV ou mesmo num encontro rápido entre os afazeres de cada um. Procure saber dos interesses de seu filho e envolva-se nesses assuntos.

  • 3. Ouça mais e fale menos

  • Adolescentes não suportam discursos, conselhos e advertências que não acabam mais. Transforme afirmações em perguntas e ouça com atenção o que seu filho diz. Perguntas provocam a reflexão e incentivam o adolescente a perguntar também. À medida que você dá importância ao que seu filho fala, ele se torna mais receptivo a escutar a sua opinião.

  • 4. Cultive o bom humor

  • Muitos pais perdem a paciência e se tornam amargos, impertinentes e chatos. Você pode ter uma vida atribulada, mas o mau humor só piora tudo, azeda a relação com seu filho e ainda influencia negativamente o humor dele. Cultivar o bom humor é essencial para uma vida saudável e consequentemente facilita os relacionamentos. Todos têm a ganhar com isso.

  • Advertisement
  • 5. Estabeleça limites

  • Dois comportamentos são desastrosos no relacionamento com o adolescente: permitir tudo e não permitir nada. Regras e limites definem parâmetros e promovem maior segurança para o adolescente, mas há que se encontrar um equilíbrio. Segundo esse estudo: "Quando os pais impõem um limite rígido sem negociação, eles agem restringindo e impedindo a conduta, mas quando censuram, possibilitam que o adolescente entenda o sentido da reprovação permitindo que, futuramente, eles possam vir a reparar o erro".

  • As relações entre pais e adolescentes prosperam quando são baseadas no amor e no respeito, quando todos concordam que ninguém é perfeito e é possível lidar bem com isso. Essa harmonia vale o esforço!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

5 maneiras de construir um relacionamento saudável com o seu filho adolescente

A adolescência não precisa ser uma fase tão complicada para pais e filhos. Este artigo mostra por quê.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr