5 sinais de que o seu relacionamento é doentio

Você pode pensar que é uma fase ruim, e as coisas vão entrar nos eixos. Ledo engano! Uma medida emergencial precisa ser tomada!

9,127 views   |   45 shares
  • Não, vocês não estão apenas passando por uma crise conjugal (ou de namoro), você está em um relacionamento tóxico se há pelo menos um desses sinais:

  • 1. Menosprezo

  • Seu cônjuge humilha, ofende, trata você como lixo. E você se sente constantemente triste e desanimado. Quando se olha no espelho, você vê uma pessoa sem brilho, depressiva, e está começando a acreditar que não tem valor. Mas isso é uma mentira, você tem valor, sim! E não pode permitir que ele destrua a sua autoestima e acabe deixando-o doente, porque é isso que irá acontecer se não for dado um basta nesse abuso.

  • 2. Ciúme excessivo

  • Há brigas constantes por ciúme, principalmente quando não há motivos para desconfiar. O ciúme é um sinal muito preocupante. Geralmente tem raízes bem profundas. O Ph.D. em Psicologia, Gwendolyn Seidman, disse que é um grande equívoco pensar que o ciúme seja sinal de amor. Ele é, na verdade, um dos principais problemas conjugais, e revela características obscuras, como baixa autoestima, possessividade, insegurança, sentimento de inadequação, entre outros.

  • 3. Tolerar traições

  • Muitas pessoas - a maioria, mulheres - decidem continuar na relação depois de descobrirem a traição do cônjuge, pois acreditam que é melhor permanecerem casadas com uma pessoa que trai a ficarem sozinhas. É um sinal preocupante.

  • Uma coisa é perdoar uma traição quando o cônjuge se compromete a mudar, abandonar o caso que está tendo; outra coisa é continuar com ele sabendo que as traições continuam, e ele sabe que você sabe que está sendo traída. Isso é sinal de que ele perdeu completamente o respeito por você. Você precisa aprender a se amar.

  • 4. Agressões físicas e outras não tão "escancaradas"

  • Em entrevista à Isto É, a especialista em violência doméstica, ex-diretora do departamento de Justiça americano, Cyndi Dier, disse a respeito do agressor: ele "usa a violência de forma pensada. E isso é só uma das partes do sistema que ele criou para manter o controle. Quase sempre há o controle por meio das finanças. A agressão emocional. Ele define quem a mulher pode ver, que amigas ela pode ter, quanto tempo fica com a família. A violência é um dos meios de controle."

  • Advertisement
  • Se a situação chegou ao ponto de você ser agredida fisicamente, ser torturada psicologicamente ou sofrer qualquer tipo de coação, é sinal mais do que claro de que é preciso, urgentemente, dar um basta nessa situação.

  • Perguntada a respeito da possibilidade de o agressor mudar, Dier disse: "Há programas que têm tido sucesso na modificação de comportamento dessas pessoas. Uma terapia para marido agressor é similar ao tratamento antidrogas. É igual e isso tem maior eficácia quando a pessoa sente que foi ao fundo do poço.". Ou seja, para que uma mudança ocorra de fato, ele precisa querer mudar e o tratamento correto deve ser aplicado.

  • Se isso for possível (isto é, ele tem a oportunidade de receber esse tipo de tratamento) e você quer lhe dar essa chance, vá em frente. Mas talvez fosse mais seguro manter-se afastada dele por tempo suficiente até ter evidências de uma mudança eficaz e duradoura em seu comportamento, algo, infelizmente, difícil de se alcançar. Não aceite menos do que isso!

  • 5. Dependência emocional

  • Se você precisa de alguém para se sentir bem e feliz, nem que seja essa pessoa que lhe causa tanto mal, é você que está com problemas e precisa de ajuda. Sempre haverá pessoas agressivas, traidoras, ciumentas e dominadoras por aí à procura de alguém para se relacionar. Então é você que precisa tomar a decisão de NÃO mais se envolver com esse tipo de pessoa.

  • O artigo abaixo explica por que os dependentes emocionais tendem a se envolver com parceiros problemáticos.

  • Veja alguns conselhos para ter um relacionamento realmente promissor

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

5 sinais de que o seu relacionamento é doentio

Você pode pensar que é uma fase ruim, e as coisas vão entrar nos eixos. Ledo engano! Uma medida emergencial precisa ser tomada!
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr