O bebê está a caminho: Lidando com o estresse

A chegada de um bebê pode ser um momento de felicidade para o casal ou de muitos conflitos, desentendimentos, estresse e sofrimento. Não permita que a experiência mais celestial de sua vida seja transformada em algo traumático.

817 views   |   shares
  • A chegada de um filho é uma grande bênção, e como tal deve trazer alegrias para a família. Optar por ser mãe ou pai é um ato de coragem e abnegação, além da maravilhosa oportunidade de nos tornarmos pessoas melhores.

  • Quando decidimos ter filhos precisamos entender a dimensão que essa decisão tem, pois não se tratará mais de cuidar de nós mesmos e sim de cuidar de outro ser humano que será totalmente dependente de você por um bom tempo, mas que também lhe dedicará e despertará um amor jamais vivenciado. Uma experiência tão rica e sublime que modifica qualquer pessoa, ou seja, após a maternidade ou paternidade você nunca mais será a mesma, sua vida não será mais a mesma e seu olhar para o mundo também se modificará.

  • A experiência de ser mãe ou pai é a oportunidade mais enriquecedora que uma pessoa poderá vivenciar na vida, as possibilidades de aprendizado são inúmeras e as recompensas são ainda maiores. Não existem alegrias que se comparem com aquelas proporcionadas pela maternidade e paternidade.

  • Para que tão sublime momento seja aproveitado em sua totalidade será necessário preparo e entendimento. Pois apesar da maternidade e paternidade ser sim um mar de rosas dos mais perfumados, sabemos que todas as rosas têm seus espinhos. Todavia, assim como no caso das rosas em que os espinhos não tiram sua beleza e nem seu perfume, as dificuldades que enfrentamos com a chegada de um bebê e posteriormente sua criação não afetam em nada a alegria e maravilha de ser mãe ou pai.

  • A chegada de um bebê pode ser um momento de extrema felicidade para o casal ou de muitos conflitos, desentendimentos, estresse e sofrimento. Não permita que a experiência mais celestial de sua vida seja transformada em algo traumático.

  • Seguem 3 dicas que podem ajudar nesse sentido:

  • Preparação

  • Esta é a chave para que se atinja todo o potencial positivo que a maternidade e paternidade podem oferecer. A preparação deve começar no momento em que decidirem ter um filho e continuar durante toda a vida. De fato, nunca estaremos 100% preparados para todas as situações que se apresentarão, mas podemos nos preparar para boa parte dessas situações. Começando com a compreensão do real papel de mãe e pai e das responsabilidades inerentes a ambos. Se você está lendo este artigo já está no caminho certo!

  • Cumplicidade

  • Marido e mulher precisam estar em sintonia e serem cúmplices um do outro no que tange a maternidade e paternidade. Sozinhos a situação será bem mais difícil (infelizmente é comum vermos pais e mães solteiras e nesses casos será requerido muito mais esforço, mas esse é tema para um próximo artigo). Com o casal unido será mais fácil enfrentar os momentos de adaptação à nova vida. Quando tive meus filhos meu marido sempre me ajudava com trocas, banhos e alimentação. Como ele trabalhava durante a semana eu o poupava dos cuidados com o bebê durante as madrugadas, mas aos finais de semana ele é quem assumia o turno da noite para que eu pudesse descansar. Tal cumplicidade colaborou para que nossa adaptação à nova vida com um bebê fosse mais leve e muito mais agradável.

  • Advertisement
  • Toda ajuda é bem-vinda

  • Nesse momento não podemos ser orgulhosos e, embora queiramos mostrar ao mundo que damos conta do recado, toda ajuda é bem-vinda, desde que não atrapalhe. Descartadas aqui aquelas pessoas que atrapalham ao invés de ajudar, poder contar com a colaboração de terceiros pode ser uma contribuição bastante significativa. Por exemplo, quando tive meus filhos minha mãe passou uma semana comigo para me ajudar e foi primordial, ela cuidava da casa e roupas e ainda ficava com o bebê nos intervalos das mamadas para que eu pudesse descansar. Nem todos têm a mãe para ajudar, mas se houver alguém que lhe estenda a mão aceite de bom grado.

  • Dessa forma será bem mais fácil aproveitar o maravilhoso momento que é a chegada de um bebê em casa. Você experimentará a plenitude da felicidade a cada dia que estiver ao lado de seu bebê.

  • "Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira".

  • (Goethe)

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Taís Bonilha da Silva, estudante de Psicologia, atua na área da Saúde Mental. Participa do Programa de Monitoria na Universidade na disciplina de Análise do Comportamento. Esposa e mãe de 2 filhos.

O bebê está a caminho: Lidando com o estresse

A chegada de um bebê pode ser um momento de felicidade para o casal ou de muitos conflitos, desentendimentos, estresse e sofrimento. Não permita que a experiência mais celestial de sua vida seja transformada em algo traumático.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr