Como ajudar os filhos a voltarem à rotina após as férias

Voltar às aulas e outras atividades cotidianas não precisa ser um tormento para pais e filhos.

544 views   |   8 shares
  • As crianças se acostumaram a dormir mais tarde, ficar mais tempo brincando e não ter aquela rotina do período de aulas. Uma hora tudo isso ia acabar e para que a volta ao normal aconteça sem maiores dificuldades, algumas ideias podem ser bem úteis.

  • Adaptação

  • Para evitar (muitos) resmungos no primeiro dia de aula, ao menos uma semana antes é bom colocar algumas das regras de volta ao cotidiano, como ir mudando o horário de dormir, retirar o tempo excessivo dos aparelhos eletrônicos. Retomar a rotina aos poucos, sempre com uma atitude alegre para que as crianças sintam que será divertido o reinício.

  • Empatia

  • Se é ruim para um adulto voltar a trabalhar depois das férias, imagina para uma criança. Ainda mais que o período de recesso é bem maior e os filhos costumam ficar meio perdidos sem rotina. Entender que não é muito fácil para eles ter de voltar à escola, conhecer pessoas novas, deixar de ver amigos do ano passado, conhecer novos professores (será que serão do bem ou do mal?) e que isso tudo pode gerar um estresse muito grande ajuda a não perder a paciência com eles, pois frequentemente nem eles sabem porque estão ansiosos, grudentos e chorões. Lembrar da própria infância e dos desafios enfrentados naquela época e tentar se colocar no lugar do filho ameniza discussões e desentendimentos. Ao perceber que a ansiedade é muito grande, os pais podem conversar calmamente com eles, dizer que já passaram por isso e que sabem como eles estão se sentindo. Incentivar novas aventuras e explicar que a vida é repleta de desafios também é um ótimo incentivo.

  • Preparação antecipada

  • Envolver os filhos na escolha de materiais escolares, permitir que eles organizem suas coisas para o início das aulas antes da volta ajuda a incentivar bons sentimentos de retorno. Uma preparação até causa certa ansiedade, mas é melhor esta do que a de que o prazo está terminando e eles nem têm lápis ainda. Quando controlada e bem orientada, esta preparação trará bons sentimentos de reinício. A preparação pode incluir organização de ambientes e gavetas, mudanças no lar e renovação de roupas ou uniformes.

  • Organização

  • Um calendário semanal pode ser elaborado com os horários de entrada e saída da escola e os dias e horários das atividades extracurriculares e colocado em um lugar estratégico, como a porta da geladeira. Assim, a ansiedade dos responsáveis pode ser amenizada, evitando o medo de perder horários e esquecer alguma atividade. Depois de algumas semanas, já é possível lembrar sem precisar consultar o papel. Como mãe de seis essa tática sempre foi muito útil, pois nem sempre todos estudavam no mesmo período ou horário e as atividades eram distintas entre si.

  • Advertisement
  • Regras

  • Com certeza elas serão mais rígidas do que as do período de férias. As regras de antes do recesso podem voltar a valer como as tarefas domésticas e horários de brincar e estudar. Algumas podem evoluir, dependendo da idade da criança e dos seus compromissos. Para amenizar ansiedades e preocupações, um painel pode ser feito pela criança ou por seus pais para iniciar a volta à rotina. Com isso ficará mais fácil se adaptar e evitar estresses. Um calendário semanal individual facilita a visualização e o lembrete das obrigações, horários de estudo, tarefas domésticas e tempo livre. Logo as crianças estarão adaptadas e nem precisarão olhar mais para o planejamento.

  • Com paciência e sabedoria é possível retornar à rotina sem maiores problemas e ainda ajudando os filhos a crescerem positivamente com seus próprios desafios. O apoio oferecido nestes momentos difíceis será para eles uma grande demonstração de amor.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Como ajudar os filhos a voltarem à rotina após as férias

Voltar às aulas e outras atividades cotidianas não precisa ser um tormento para pais e filhos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr