Estudo de Harvard descobre o segredo de como ser feliz e saudável agora

O que realmente mantém as pessoas saudáveis e felizes? - Estudo de Harvard resolve esse dilema de uma vez por todas.

1,096 views   |   28 shares
  • Ser feliz ou ser saudável? Claro que os dois. Esse é o desejo de 10 em 10 pessoas que você encontra hoje em dia. As pessoas buscam a felicidade, inclusive a preços altos, e querem ter saúde a todo custo.

  • Mas, na verdade, pare e pense:

  • O que seria ser feliz para você?

  • E o que lhe levaria a uma vida saudável?

  • Na cultura ocidental, a sociedade nos leva a acreditar que, para se dar bem na vida, precisamos estudar bastante enquanto jovens, trabalhar muito na fase adulta, buscar o máximo de dinheiro possível e ter sucesso profissional.

  • É, inclusive, o que os próprios pais passam como sendo o objetivo de vida que os filhos devem ter.

  • Seria esse o perfil de uma boa vida, que talvez até você pense para o seu filho.

  • Mas, será que é isso mesmo que é ter uma boa vida?

  • Sem querer lhe desestimular, descobrimos um estudo que mostra outro caminho.

  • Na verdade, o que leva as pessoas a esse objetivo é bem diferente e muito mais simples do que você imagina.

  • Segundo o psiquiatra Robert Waldinger, coordenador do Estudo do Desenvolvimento Adulto de Harvard, que é talvez o estudo mais prolongado da vida adulta, traz uma nova perspectiva sobre felicidade e vida saudável, apresentado em vídeo no TED.

  • Eles entrevistaram pessoas que nasceram entre os anos 80 e 90, e essas pessoas foram questionadas sobre quais seriam seus objetivos de vida mais importantes.

  • 80% das pessoas responderam que um importante objetivo de vida era enriquecer. Desses, 50% disseram que outro importante objetivo de vida era vir a ser famoso.

  • Durante 75 anos eles acompanharam a vida desses 724 homens. Eles dividiram os homens em dois grupos, um grupo de estudo ficou com homens que estavam se formando na Faculdade de Harvard, e um segundo grupo de homens de bairros pobres de Boston.

  • De um lado da pesquisa, pessoas super bem-sucedidas na vida, estudando em uma das melhores faculdades do mundo, e do outro, pessoas que viviam na linha de pobreza, em famílias problemáticas e passando necessidades.

  • Essas pessoas acompanhadas nesses anos todos, tiveram os mais variados estilos de vida, desde operários de fábricas, médicos, pedreiros e até um deles que foi presidente dos EUA.

  • Alguns se tornaram alcoólatras, outros enriqueceram mesmo sendo muito pobres no começo da pesquisa, e outros empobreceram mesmo tendo estudado em Harvard, um local onde é muito caro e difícil para entrar.

  • Advertisement
  • Independente de como a pessoa chegou ao estudo 75 anos atrás, o que se descobriu com o estudo foi: As boas relações mantêm-nos mais felizes e mais saudáveis.

  • Eles tiraram três grandes lições desse estudo que se você puder levar para sua vida vai lhe ajudar muito a ser feliz e saudável. Vamos compartilhar com você agora:

  • 1. As relações sociais são boas para nós, e a solidão mata

  • O que eles descobriram você pode notar também ao seu redor. Quem tem boas relações com a família, amigos e a comunidade vive melhor. São pessoas mais felizes e vivem mais tempo do que quem não tem boas relações.

  • Dica: Se você está ficando sozinho, se isolando, é chegada a hora de você mudar isso. Aumente seus relacionamentos e seja mais feliz.

  • 2. Não importa o número de amigos, mas a qualidade das relações íntimas

  • Na nossa infância tínhamos 5 ou 10 amigos na nossa rua, que brincávamos, brigávamos, que contávamos nossos segredos e que cresceram conosco. Hoje a geração de nossos filhos tem 1.000 amigos no Facebook, mas quantos desses são amigos de verdade?

  • Dica: Invista na qualidade dos seus relacionamentos. Cuide, cultive e regue suas relações, elas que irão sustentar você nos dias difíceis e fazer você sorrir nos dias de alegria.

  • 3. Boas relações protegem você

  • Quando as pessoas têm relações de qualidade que sabem que podem contar verdadeiramente com a outra pessoa, elas se sentem mais seguras. O cérebro processa melhor e se protege.

  • Dica: Crie um relacionamento que você possa contar de verdade, que a pessoa possa contar com você, para que depois, você possa ter a tranquilidade de saber que você pode contar verdadeiramente com ela.

  • Ao final do estudo conseguimos entender que ser feliz não é tão complicado assim, talvez sejamos nós mesmos que complicamos.

  • A partir de agora, invista nas boas relações, crie relações que possam ser íntimas ao ponto que você possa confiar.

  • Se você já tem alguém em vista que você quer estreitar essa relação o primeiro passo talvez já seja compartilhar este artigo com essa pessoa, dizer o quanto você quer investir nessa relação e que juntos vocês serão mais felizes, para sempre.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Darrell e Márcia são casados há 20 anos, tem 3 filhos e uma paixão por ajudar famílias. São escritores, conferencistas, criadores da #TvA2, que tem impactado milhares de vidas. Para contatá-los, visite:

Website: https://www.facebook.com/darrellemarcia

Estudo de Harvard descobre o segredo de como ser feliz e saudável agora

O que realmente mantém as pessoas saudáveis e felizes? - Estudo de Harvard resolve esse dilema de uma vez por todas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr