8 sinais de que seu filho não é apenas "ativo", ele na verdade tem DDA

TDAH é um termo para descrever vários transtornos do comportamento. Falta de atenção e excesso de energia podem apontar para o problema.

4,646 views   |   40 shares
  • Você tem que tocar na criança, às vezes segurar o braço para que ela lhe dê atenção? Tem que falar olhando nos olhos? Seu filho parece um polvo com vários braços para pegar tudo que estiver ao alcance? Não para um minuto sequer?

  • Na escola o rendimento é baixo? Seu filho costuma ser uma criança gentil, mas simplesmente não consegue ficar quieto? Não presta atenção, perde o material escolar e nunca sabe se tem dever de casa ou não?

  • Passei por isso durante toda a infância do meu filho mais velho. Tinha que ir à escola várias vezes e ouvir a mesma frase: "Seu filho é uma criança adorável, inteligente, não é malcriado, não bate nos colegas, mas simplesmente não consegue ficar sentado e prestar atenção às aulas". Na adolescência não foi muito diferente. Repetência e dificuldades de concentração. Embora seja muito inteligente e talentoso, só se dedica ao que lhe interessa. Se sair para comprar 3 itens, tem que anotar, senão traz apenas dois, se claro, não perder a carteira. Também costuma perder as chaves, guarda-chuva, casacos...

  • É um diagnóstico difícil para qualquer pai/mãe. Saber que seu filho sofre o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) costuma ser difícil de se comprovar, sendo necessária uma equipe multidisciplinar. A incidência é de 3 a 5% da população infantil do Brasil, atingindo mais o sexo masculino. Também apresenta graus de gravidade, indo de leve à severa.

  • Não se sabe exatamente a(s) causa(s). Segundo a Sociedade Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), pode ser predisposição genética, substâncias ingeridas ou utilizadas na gravidez - como o tabaco; também pode originar-se de sofrimento fetal, exposição ao chumbo ou problemas psicológicos. De acordo com a ABDA, existem basicamente 3 tipos de TDAH:

  • 1. Combinado

  • Hiperativo, inquieto, desorganizado, desatento e impulsivo.

  • 2. Desatento

  • Desatento, lento, distraído, desmotivado e sonhador.

  • 3. Hiperativo

  • Hiperfocado, obsessivo, argumentativo, inquieto.

  • Quando não tratado, o TDAH pode levar à baixa autoestima, falta de autoconfiança e insegurança. Por isso, se seu filho apresenta alguns dos sinais abaixo, procure ajuda médica para um diagnóstico preciso.

  • 8 sinais de que seu filho pode ter TDAH

  • Advertisement
    1. Ele parece não ouvir, quando alguém fala com ele.

    2. Perde objetos escolares, brinquedos e outros constantemente.

    3. Tem dificuldades em se organizar ou organizar atividades.

    4. Não consegue ficar quieto, está sempre se remexendo, batucando ou "inventando" algo. Levanta-se da cadeira o tempo todo na escola ou em locais onde deveria permanecer sentado.

    5. Não consegue esperar a vez, seja para brincar ou falar. Atropela as falas dos outros ou completa suas frases.

    6. Interrompe ou se intromete nas conversas alheias; é mais curioso que o normal.

    7. Quer controlar tudo e todos, inclusive nas brincadeiras com outras crianças.

    8. Gosta de falar demais e busca atividades de risco como subir em árvores, descer pelo corrimão das escadas, etc.

  • Sintomas isolados podem não ser motivo de preocupação. Por exemplo, se seu filho vai mal na escola isso não quer dizer que ele tenha déficit de atenção, ou se é uma criança mais ativa, que tenha hiperatividade. É necessário apresentar mais de 6 sintomas para se suspeitar de hiperatividade. E, jamais, conclua ser TDAH sem que a criança tenha sido avaliada por profissionais capacitados.

  • Como lidar com a criança que tem TDAH, segundo a neuropsiquiatra Evelyn Vinocur

    • Evite a crítica, isso só piora o quadro

    • Crie rotinas e regras que ajudem a criança a se organizar

    • Trabalhe sua autoestima, elogie quando ela conseguir se comportar e reforce o positivo (sem exageros)

    • Use de empatia

    • Tenha uma dose extra de paciência e senso de humor

    • Jamais compare seu filho a outra criança (isso se aplica às que não tem TDAH também)

    • Siga o tratamento médico

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

8 sinais de que seu filho não é apenas "ativo", ele na verdade tem DDA

TDAH é um termo para descrever vários transtornos do comportamento. Falta de atenção e excesso de energia podem apontar para o problema.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr