Mulher acusa companhia aérea de ter matado seu cachorro, mas eles negam acusação

Golden Retriever teve que esperar 20 horas a mais por voo, veja o que a companhia respondeu.

1,811 views   |   7 shares
  • Hi friends, I'm asking all DOG LOVER'S to please read and SHARE this post. The word needs to get out that airline travel...

    Posted by Kathleen Considine on Friday, February 10, 2017
  • Kathleen Considine expressou sua frustração e tristeza em post no Facebook que teve mais de 250 mil compartilhamentos em menos de 4 dias.

  • O veterinário do cachorro informou que ele morreu de uma dilatação gástrica que cortou o fluxo sanguíneo para seus órgãos internos. Essa condição é causada por problemas de alimentação e estresse. Kathleen afirmou que o cão passou por um exame físico um dia antes de viajar em voo da United Airlines e o exame mostrou que o animal estava bem e saudável.

  • Ele viajou de Detroit a Portland com uma parada em Chicago. O cão que pesava aproximadamente 36 quilos teve que usar uma caixa grande para ser transportado e a companhia assegurou que ele caberia em ambos os voos. Quando o voo aterrissou em Chicago, a linha aérea disse à dona que ele não caberia no voo para Portland e então ele teve que permanecer no aeroporto durante a noite, esperando 20 horas para pegar um outro avião.

  • A dona disse que o cachorro chegou desorientado e muito estranho em Portland, ela o levou ao veterinário e algumas horas depois ele morreu. Segundo a dona, a companhia não permitiu um saco extra de comida de cachorro porque a viagem seria curta. Ela disse ao site KATU News que um agente da companhia disse que podem ter dado algum medicamento ao cão. Mas a companhia nega e diz que apenas deram água a ele.

  • A resposta da companhia

  • "Nós ficamos entristecidos de saber do falecimento do Jacob após ele retornar para os cuidados de sua dona. A nossa equipe de cuidados para os pets (PetSafe) é comprometida com a segurança e conforto de todos os animais que viajam conosco.

  • Advertisement
  • Trabalhamos para garantir o conforto de Jacob ao longo de sua viagem e ele não mostrou sinais de angústia nem se comportou de uma forma que sugerisse que ele estava indisposto enquanto estava conosco. Entendemos que pouco pode aliviar o sofrimento que é perder um animal de estimação, mas nós entramos em contato com a Sra. Considine para oferecer nossas condolências e discutir o assunto.

  • Nós não medicamos o Jacob. Nós apenas oferecemos água para ele e cuidamos para que ele estivesse confortável durante suas viagens."

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Rachel De Castro é esposa, escritora e gerente do Familia.com.br, com formação em ciência política. Acredita que o mundo já tem críticos demais por isso decidiu motivar e inspirar pessoas. Para contatá-la, visite seu website.

Website: http://racheldecastro.com

Mulher acusa companhia aérea de ter matado seu cachorro, mas eles negam acusação

Golden Retriever teve que esperar 20 horas a mais por voo, veja o que a companhia respondeu.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr