13 questões que você deve saber as respostas antes de se casar

O amor pode tudo. Mas é necessário amadurecê-lo se quiser ter um casamento de sucesso.

83,637 views   |   148 shares
  • A partir de uma perspectiva psicológica, o amor é um bem-estar mental associado à satisfação afetiva, sexual, e por que não dizer, espiritual.

  • A história do amor irracional, a paixão e a loucura do desejo já foi ilustrada por grandes escritores como William Shakespeare com a história de Romeu e Julieta, por exemplo. Em dramas, novelas, filmes ou mesmo em contos de fada, lemos, vemos e sentimos que as dificuldades basicamente se acabam quando duas pessoas que se amam finalmente conseguem ficar juntas. Mas sabemos que o "felizes para sempre" traduz apenas o começo da história. A noção de que a força do amor é tão profunda que só acontecerá se os que se amam puderem estar juntos cria a impressão de que o amor é tudo o que é necessário para um casamento duradouro.

  • É comum vermos casais inexperientes ao se casarem justificarem o desejo de estar juntos com "o amor é lindo e tudo pode". Realmente, o amor tudo pode. Mas é necessário começar a amadurecer esse amor antes do casamento ou com urgência depois do casamento, dia a dia, antes que os problemas massacrem a relação, e outros problemas como abuso, traição, distância e desprezo, para não citar o divórcio, ocorram.

  • Algumas perguntas que você precisa responder afirmativamente ANTES de se casar, ou sem demora após o dia da sua união com outra pessoa:

  • 1. Você conhece a si mesmo?

  • É importante encontrar a pessoa certa, mas e você, considera-se a pessoa certa? Isso inclui saber o que gosta e o que não gosta, estar saudável psicologicamente, ser confiável, empático, altruísta e capaz de compartilhar e cuidar de outra pessoa. As qualidades que você busca no outro também se aplicam a você mesmo. Quanto mais você se conhece, mais saberá o que procurar no outro, e menos sofrerá as consequências do que você não espera que aconteça. Sinceramente, se você não se conhece, relação nenhuma lhe completará.

  • 2. Vocês se aceitam como realmente são?

  • Isso inclui aceitar que ninguém é perfeito, que todos possuem defeitos, limites e certos atributos que podem ser detestáveis para você. Os problemas conjugais começam basicamente da tentativa de um querer que o outro mude. Mas, a mudança é difícil e ninguém muda ninguém, mas cada um é responsável apenas pelas mudanças que pode fazer em si mesmo.

  • 3. Incluindo o período de namoro e noivado, sua vida de solteiro tem sido tranquila?

  • Isso envolve se dar bem com a outra pessoa, saber como resolver os problemas, conversar civilizadamente, aplicar empatia, tolerância e boa vontade. Discutir é normal em qualquer relação íntima, mas você precisa ter certeza que os argumentos dessas brigas são construtivos, resolvem os problemas e solucionam as questões. Se os conflitos são feios e desrespeitosos, não espere melhora significativa após o enlace.

  • Advertisement
  • 4. Você gosta de quem você é ou como se sente quando está com a outra pessoa?

  • A importância de conhecer a si mesmo e saber que pode ser você mesmo nessa relação é absoluta. Há harmonia quando você e a pessoa amada conectam-se em bons interesses, atitudes e valores e assim sentem-se confortáveis na presença e companhia da outra pessoa. É a força das semelhanças fortalecendo a relação.

  • 5. Você se sente espiritualmente confortável quando em companhia da pessoa?

  • Não é necessário ser religioso para saber que cedo ou tarde, como seu cônjuge pensa e age sobre o divino, influenciará na relação. Uma pessoa de coração aberto, bondosa, caridosa, humilde, que cultive a fé e a esperança a cada dia é uma companhia melhor do que alguém que repele toda e qualquer correção, que julga arrependimento e perdão "coisas de crente" apenas, ou que debocha de alguma religião alheia. Tome cuidado.

  • 6. Vocês possuem interesses, atitudes, valores e metas compatíveis?

  • Isso é fundamental. Se ambos estiverem focados na construção de uma vida e família juntos com os mesmos objetivos, a união necessária para sobrepujar os problemas do casamento será fortalecida. Isso pode incluir ainda níveis de autoestima, aparência física, nível acadêmico, situação familiar e outras habilidades que podem ser usadas para a formação de uma relação de sucesso.

  • 7. O que você espera de seu cônjuge após o casamento?

  • A vida moderna traz papéis não muito definidos nas relações amorosas entre marido e mulher. É necessário, porém, que cada um saiba exatamente o que esperar do outro. Num casamento somos parceiros, pais, companheiros, responsáveis pelo sustento da família, amantes, amigos, confidentes, ajudamos um ao outro, brincamos, limpamos, colaboramos. A compatibilidade é necessária para o desenvolvimento de um casamento saudável.

  • 8. Você se sente satisfatoriamente atraído sexualmente pelo outro?

  • Isso está longe de ser tudo num casamento, mas é uma parte importante onde humor, sociabilidade, carinho e confiança alimentarão o romantismo e contribuirão para a química entre o casal. Isso inclui a noção de que carinho e capacidade de estar junto não precisa incluir o sexo a todo instante.

  • 9. Você se sente confortável quando na presença dos familiares e amigos do seu companheiro?

  • Dizemos que casamos com a pessoa, não com sua família, mas se essa harmonia não for construída e desenvolvida, de preferência naturalmente, cedo ou tarde interferirá no relacionamento. Isso inclui como a pessoa amada se sente em relação às pessoas que são próximas a você.

  • Advertisement
  • 10. Você está interessado em fazer o outro feliz?

  • Isso abrange deixá-lo buscar seus sonhos, apoiá-lo, acreditar e admirar seu potencial. Enquanto um casamento de sucesso será importante na sua felicidade, também é verdade que você precisará fazer a sua parte na mesma proporção, e nem sempre seus próprios desejos como prioridade.

  • 11. Vocês possuem uma amizade sólida?

  • Isso requer lealdade, fidelidade, honestidade, confiança, que são as pedras de suporte de um casamento duradouro. Isso inclui ainda investir em comunicação. Afinal, gostamos de conversar e estar com nossos bons amigos, não é? Pense nisso.

  • 12. Vocês são compatíveis em hábitos higiênicos e pessoais?

  • Normalmente ninguém pensa nisso como requisito para um bom casamento, mas é necessário que cada um saiba se cuidar e como se apresentar, como contribuir para a limpeza dos locais onde conviverão juntos, até mesmo para a saúde do casal e dos filhos que virão.

  • 13. Você está disposto a aceitar a responsabilidade que lhe cabe em fazer seu casamento funcionar?

  • E não desistir quando os problemas surgirem? Atributos de personalidade relativos à autoestima como narcisismo podem minar uma relação amorosa e destruir uma família. Pergunte a outra pessoa se ela fará o mesmo.

  • Pondere e analise cada questão. Não é muito. Vocês também não precisam ser perfeitos em cada um desses requisitos para serem felizes no casamento, mas a boa vontade e a união para que melhorem em cada um desses pontos é importante para construírem um casamento de sucesso. Se a boa vontade não existir, somente um desses pontos pode virar uma bola de neve e destruir o bem-estar da relação e, consequentemente, toda a vida a dois.

  • O amor pode tudo. Um amor amadurecido, crescido junto, interessante, unido e forte, pode muito mais.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise. Visite seu website.

Website: http://caayres.com/

13 questões que você deve saber as respostas antes de se casar

O amor pode tudo. Mas é necessário amadurecê-lo se quiser ter um casamento de sucesso.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr