Cientistas comprovam que esta estratégia vai lhe ajudar a parar de comer compulsivamente

Cientistas apontam que comer compulsivamente é tão viciante quanto o vício das drogas, eles dão dicas simples, porém essenciais, para perder o vício de comer compulsivamente.

3,554 views   |   11 shares
  • Lembro-me de ouvir meus pais dizerem muitas vezes para eu e meus irmãos que deveríamos "comer com a boca e não com os olhos". Era difícil entender naquele momento que aquela forma de educar também era uma maneira de nos proteger. E sabe por quê? Porque comer demais faz mal e torna-se um vício.

  • De acordo com o site G1, quando uma pessoa obesa diz não conseguir parar de comer e sente que isso é um vício, isso é uma grande verdade, pois uma pesquisa realizada nos Estados Unidos comprovou que tanto o vício em drogas como a compulsão alimentar são estimulados pelas mesmas partes no cérebro. E a médica neurocientista, Nora Volkow, após avaliar um homem que comia compulsivamente e uma mulher alcoólatra, também descobriu que há um neurotransmissor mais conhecido como dopamina que está ligado a diversos tipos de vícios. Ele age da mesma forma nos cérebros de viciados em comidas como viciados em drogas.

  • Observe as estratégias que os cientistas aconselham para pessoas vencerem o desejo de comer compulsivamente:

  • Terapia

  • Segundo o terapeuta Gene-Jack Wang, de Nova York, do Laboratório Nacional de Brookhaven, é possível que as mesmas terapias utilizadas em viciados possam ser benéficas para as pessoas que comem compulsivamente, já que as doenças afetam o mesmo lado do cérebro, tornando os sintomas muito parecidos.

  • Lembretes

  • De acordo com cientistas australianos há meios de proteger-se com lembretes lhe avisando do que você pode e deve comer, principalmente com dispositivos móveis que podem agendar o que é saudável e quais os horários para as refeições.

  • Disciplina

  • Disciplina é fundamental para se ter boa saúde e isso serve não só para os obesos, e sim para todos que desejam ter qualidade de vida.

  • Refeições saudáveis são necessárias diariamente, segundo pesquisas, ninguém deve deixar de comer, mas é preciso seguir a orientação médica quando o desejo de comer torna-se um vício. Ou seja, além de disciplina também é preciso ter responsabilidade sobre o problema, enxergar a situação de frente, buscando ajuda para si mesmo. Isso irá exigir muita força de vontade e ânimo para não desistir na primeira etapa do tratamento.

  • Advertisement
  • Todos nós temos nossas lutas, fraquezas, manias e há aqueles que enfrentam vícios terríveis. Essas lutas são travadas constantemente. Uns entregam-se sem nem mesmo tentar lutar, alguns desanimam, outros perdem a fé em Deus e em si mesmos. E, lamentavelmente, há aqueles que são rejeitados pelas pessoas mais próximas. Embora surjam batalhas cruéis, existem aqueles que perseveram, suportando com coragem e paciência seus vícios e eles o vencem.

  • Não importa qual seja seu vício, se você escolher ser forte, você poderá superá-lo. Sabe-se que nenhum vício pode ser curado "da noite para o dia", contudo, é possível superá-lo "um dia de cada vez", até que ele deixe de existir. Você só precisa dar o primeiro passo. Há profissionais especializados e pessoas prontas para ajudá-lo, busque e aceite ajuda.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.

Cientistas comprovam que esta estratégia vai lhe ajudar a parar de comer compulsivamente

Cientistas apontam que comer compulsivamente é tão viciante quanto o vício das drogas, eles dão dicas simples, porém essenciais, para perder o vício de comer compulsivamente.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr