Por que você deve se despedir de seu filho quando sair de casa (mesmo que ele fique chorando)

Eu sempre pensei que era melhor sair de casa quando meus filhos estivessem distraídos ou dormindo. Eu pensava que dessa forma, ao não ver quando eu estava saindo, eles não iriam sofrer, no entanto, eu estava errada.

97,962 views   |   1,196 shares
  • Eu sempre pensei que era melhor sair de casa quando meus filhos estivessem distraídos ou dormindo. Eu pensava que, dessa forma, ao não ver quando eu estava saindo, eles não iriam sofrer, no entanto, eu estava errada.

  • Quando os bebês são muito novos, é normal serem muito apegados à sua mãe. E eu digo que é normal porque é algo saudável e completamente natural para os mamíferos. Os bebês querem se sentir protegidos e, para isso, nada melhor do que estar perto de seus pais. É lógico que, se de um momento para o outro sua mãe desaparecer de sua vista, começará a chorar, por isso, sair de casa quando seu filho não está vendo só irá livrar você de ver isso acontecer, pois mais cedo ou mais tarde seu filho irá chorar quando não a estiver vendo.

  • Por que as crianças devem ver quando saímos de casa?

  • É essencial que, ao sair de casa, você se despeça dele, com um abraço, um beijo ou umas palavras de carinho. Mesmo que seja doloroso ver seu filho chorar, é o mais saudável a fazer, porque assim sua mãe não irá desaparecer em "um passe de mágica" e ao longo do tempo ele entenderá que quando você vai, você volta.

  • Levei um tempo para entender isto. Com meu filho mais novo eu estava saindo sem avisar e desaparecia de sua vista quando ele estava distraído, e ele ficou por muito tempo correndo pela casa toda me procurando quando eu ia apenas para a cozinha ou quintal. Ele não sabia se eu realmente estava dentro de casa ou se tinha desaparecido novamente. Quando eu entendi esta atitude egoísta de minha parte, eu comecei a tomar partido e reagir. Então, quando eu precisava sair de casa eu comecei a explicar para ele que sairia por alguns minutos e já iria voltar. Assim, quando ele estava brincando com seu pai na sala e não me via porque eu estava na cozinha, ele já não se desesperava, porque sabia que eu iria me despedir se fosse sair de casa.

  • Mas, ele não vai sofrer mais se me vir sair?

  • Dependendo da idade da criança e da relação com seus pais, esta reação de choro e angústia ao ver que sua mãe ou pai não está por perto, pode variar. No entanto, sempre será melhor se despedir ao sair porque ao não fazer isso, você está privando a criança de desenvolver as emoções que a separação gera naturalmente durante os primeiros anos de vida. No início da infância, a noção de tempo e espaço ainda não está completamente construída, por isso, para as crianças, 10 minutos pode significar horas. E aqui reside a importância de explicar ao seu filho por meio de palavras, gestos ou alguma outra forma, que a mamãe irá sair, mas irá voltar, já que quando você diz "logo eu volto", esse logo pode ser uma eternidade. Com o passar do tempo a criança irá entender que a mãe voltará depois de tudo. Se você desaparecer sem dizer nada, você pode desaparecer a qualquer momento, e é quando a criança não quer perder a mãe de vista por um minuto. Lembre-se que você é sua mãe e seu refúgio.

  • Advertisement
  • Ele vai parar de chorar alguma hora quando eu sair?

  • A capacidade de espera da criança e de processar a ausência de sua mãe ou pai vai normalizar à medida que a criança cresce e, juntamente ao seu processo de amadurecimento, seus pais saberão fornecer as condições necessárias para que esses processos aconteçam. Permitir que a criança se despeça de sua mãe, mesmo que chore, lhe permitirá processar sua ausência e assim favorecer uma regulação nas emoções da criança.

  • Desaparecer da vista da criança sem avisar pode gerar sensações de insegurança e vulnerabilidade. Nunca saia de casa sem se despedir do seu filho. Lembre-se que uma boa comunicação e ligação irão gerar um apoio emocional na criança que servirá para toda a sua vida.

  • Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original Por qué cuando salgas de casa, debes despirte de tu hijo (aunque quede llorando).

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Fernanda Gonzalez Casafús é argentina, mãe e formada em jornalismo. Ama os animais, daçar, ler e a vida em família. Escrever sobre a família e a maternidade se tornou sua paixão.

Por que você deve se despedir de seu filho quando sair de casa (mesmo que ele fique chorando)

Eu sempre pensei que era melhor sair de casa quando meus filhos estivessem distraídos ou dormindo. Eu pensava que dessa forma, ao não ver quando eu estava saindo, eles não iriam sofrer, no entanto, eu estava errada.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr